Resenha - A Estrada da Noite - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha - A Estrada da Noite

Resenha - A Estrada da Noite

13/09/2011



“Mais cedo ou mais tarde os mortos nos alcançam...”


Escrito pelo talentoso Joe Hill, A estrada da noite, foi destaque no New York Time, sendo um dos mais vendidos, e dando a Joe um fato raro!

Com seu primeiro livro de estréia, ele conseguiu algo surpreendente: Ser considerado um novo mestre do suspense e do terror!
Mas não é para menos! Afinal ser filho do Mestre do Suspense, não era de se esperar tamanho sucesso!

Joe Hill tem como pai o brilhante Stephen King, escritor de diversos contos de horror e considero o Mestre dessa área.

Mas nosso post na verdade é sobre o incrível livro de Joe Hill.

A Estrada da Noite narra à estória Jude Coyne, um cinqüentão que leva o titulo de Lenda do Rock Pesado.

Com seu jeito meio amargo, Jude possuiu uma mania um tanto estranha para seus amigos.

Ele tem como paixão colecionar objetos macabros! Alguns de seus muitos itens são:

Livro de receitas para canibais

Um laço usado em um enforcamento

Uma confissão de uma bruxa de 300 anos atrás.

E o mais macabro, um fita com cenas reais de assassinato!

Em meio de tantos objetos digamos “amaldiçoados”, Coney não pensa duas vezes ao se deparar com uma estranha oferta em um site de leilões.  

“Vou ‘vender’ o fantasma do meu padrasto pelo lance mais alto...”

Por mil dólares, o roqueiro vem a se tornar o feliz proprietário de um paletó assombrado por seu antigo dono morto!

Tendo seus próprios fantasmas pessoais (o pai violento, as mulheres que ele usou e descartou, os colegas de banda que traiu), Jude não teme encarar mais um.

No entanto tudo muda com a chegada do paletó! Entregado em uma caixa preta em formato de coração, vemos que não se trata de uma curiosidade inofensiva, muito menos de um fantasma imaginário! Sua presença é real e ameaçadora.

Balançando sua mão cadavérica em posse de uma lamina reluzente, o espírito esta a espreita, anunciando uma sentença de morte.



Partes do livro:

“Subiu a escada e começou a voltar pelo corredor em direção ao quarto. Seu olhar bateu num homem velho, sentado numa antiga cadeira Shaker encostada na parede. Assim que o viu, seu pulso disparou em sinal de alarme. Jude se virou para o lado, fixou o olhar na porta do quarto e só continuou a enxergar o velho pelo canto do olho. Nos momentos que se seguiram, ele sentiu que era questão de vida ou morte não estabelecer contato visual com o homem, não demonstrar que o via.
Ele não estava vendo nada, Jude disse a si mesmo. Não havia ninguém ali.

A cabeça do velho estava curvada. Seu chapéu descansava no joelho. O cabelo escovinha, cortando rente, tinha brilho de geada. Os botões na frente do paletó cintilavam no escuro, cromados pelo luar. Jude reconheceu num relance o paletó.

Da ultima vez que o vira, estava dobrado na caixa preta em forma de coração, uma caixa que tinha ido para o fundo do closet.”


Minha opinião: Um suspense de tirar o fôlego, onde cada palavra te prende até o final do capitulo. Os mistérios envolvendo o fantasma e o próprio Jude motivam o leitor a devorar as paginas seguintes, sempre em busca de resposta.

Com uma narrativa surpreende Joe Hill, mostra o porquê de tanto sucesso! Sua descrição com os acontecimentos e o suspense imposto, parece que estamos em frente a uma TV assistindo ao filme de terror, onde cada aparição do fantasma nosso coração vibra junto ao de Jude!

Somente uma única coisa: Jamais apague a luz e tenha ao seu lado o bom amigo cachorro, nunca se sabe quando uma assombração vem sentenciá-lo.


Avaliação:


3 comentários:

  1. Estou seguindo, amei tudo aqui, muito lindo! *-*
    Vou sempre passar por aqui (:
    Esse é o me blog, passa lá!
    http://katrynnachacon.blogspot.com/
    Beijo :*

    ResponderExcluir
  2. Olá, vim só pra avisar que o button já tá pronto, primeira postagem ok?!

    ResponderExcluir
  3. Olá Katrynna!
    Obrigada por visitar meu blog *-* e por comentar também! Ja sou sua seguidora também! Bjs

    olá Gabriel! Ja add seu button da competição. Eu tive que redimensiona-lo para caber no meu blog, mas o link dele vai diretamente a pagina da sua competição. ^^
    Boa sorte com a competição!Bjs

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!