Motivos de um Taichou - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Motivos de um Taichou

Motivos de um Taichou

12/09/2011


Motivos de um Taichou
Classificação: Livre
Gênero: Drama
Baeado em Bleach

Motivos de um Taichou


“Lutar com a espada motivada apenas pela responsabilidade é o que significa ser um

Taichou! Empunhar a espada só com ódio é nada que uma violência sem sentido... É justamente isso que um Taichou não chama de Luta. “

Minhas palavras parecem não fazer sentido. Seu significado parece se misturar com tudo a minha volta... Mesmo que eu acredite, o ódio permanece na lâmina de minha espada.

O dragão expele uma raiva intensa. Em seus olhos, o vermelho emite fúria. O rancor surge com violência em meu corpo. Apenas quero matar aquele que esta na minha frente.


A arrogância com a qual ele nos encara, dobra a fúria crescente pelos centímetros que nos separa... Segurando com ainda mais força, chego a me machucar com a espada. Pensar que um dia o considerei como igual é frustrante...

Não terei pena alguma. Cravarei muita arma naquele coração, não o deixarei machucar mais ninguém.  

Sei que seu poder é imenso, e sua técnica devastadora. Tremo só de sentir o poder espiritual vindo daquele corpo... No entanto, não hesitarei! Irei fazer com seu sangue escorra por entre as garras de gelo da minha espada!

Sem ao mesmo esperar um movimento de meus companheiros, vou até o encontro desse monstro em forma de gente! Aquele que um dia disse que sentaria no trono dos Deuses receberá a punição da lamina que carrego!

 O vento sopra conforme avanço. Toda a força empenhada em minhas mãos corta o ar a nossa volta... Em segundos nossas armas cruzam o destino nas quais foram seladas...

Farei com que seja por mim a derrota daquele maldito! O olhar de desdém e superioridade é refletido naquela íris castanha. Sorrindo maliciosamente, ele ri da minha investida...

Afastando-nos, o encaro friamente... Preciso conter o rancor que nasce a cada instante...

- Aizen... – minha voz sai firme, ao mesmo tempo no qual repito as mesmas palavras empregadas por ele... – Você costumava dizer, uma espada sem ódio é como uma águia sem asas para voar. Você não me matará apenas com senso de responsabilidade. – respirando fundo, a ira começa a tomar conta – Mas parece que há uma coisa que você não sabe, por isso vou lhe ensinar!

Abaixando a espada por um breve momento, digo à frase que resume tudo em que sempre acreditarei...

- Lutar com a espada motivada apenas pela responsabilidade, isto que significa ser um Taichou! – não sei por que, mas sinto cada letra e significado se extinguirem na atmosfera ao meu redor. A hostilidade, o ressentimento e todo o sentimento negativo que nutro, é o alimento para o ódio crescente... Mesmo assim, direi o que acredito ser uma verdadeira luta para um Taichou! – Empunhar a espada apenas com ódio é nada além de uma violência sem sentido! É justamente isso que um Taichou não chama de Luta!

Surpreso, ele ouve tudo com atenção... Implacável, meus olhos parecem estar em puras chamas brancas...

-... Aizen, você nunca teve o que é preciso para ser um Taichou!

Debochando, ele dá um breve sorriso.

- Interessante... Isso é uma surpresa vinda da pessoa que mais me odeia em todo o Gotei 13...

A provocação por mais barata que seja começa a fazer efeito. Tremendo por dentro, empunho a lâmina da espada para mais perto. É como se ao fizer isso, eu me sentisse protegido... Um erro, principalmente ao escutar o restante do que o desgraçado diz...

- Em outras palavras você! Esta falando sério, que não há um resquício de ódio nessa espada que esta segurando? Ou talvez... – ele para. Ao rir com desprezo, noto a indiferença com que prossegue: - Todo esse ódio tenha desaparecido quando a Hinamori-kun se recuperou e veio aqui para lutar?

Agora sim o sangue me havia subido a cabeça. A audácia com que Aizen se refere à Hinamori faz com perco o foco e o sentido dessa guerra...

- Bankai! – mesmo aparentando tranqüilidade, por dentro a cólera se alastra como uma tempestade enlouquecida. – DAIGUREN HYOURINMARU!

Os cristais de gelo surgem em frações de segundos, as asas do dragão elevam meu poder. Atacarei com toda a força...

-... E suponho que você vai me contar que se ódio é tudo que minha espada sente, então eu também não tenho o que é preciso para ser um Taichou?

Mesmo que doía, entendo que neste exato momento, meus motivos já não são mais os mesmos... Se for para sacrificar o que considero certo, então o farei de bom grado!

- Esta bem... – sem me intimidar, abro mão daquilo que sempre lutei para conseguir...
– Se perder a posição de Taichou é o que preciso fazer para matá-lo, então esse é o preço que irei pagar!

Investindo sem misericórdia, apenas sinto o quente sangue derreter as assas que me sustentam... 



*Taichou - palavra japonesa para Capitão.

O termo Kun, pode indicar hierarquia. Por exemplo: Quando um homem de posição de comando utiliza-o dirigindo-se a uma mulher subordinada.

2 comentários:

  1. Obrigada Sammy!!! Fiquei feliz ao ver seu comentário no DSM!!! Que bom que você gostou do meu desenho... Mais uma vez, obrigada!!!

    Mil Sweetkisses \o/

    ResponderExcluir
  2. Olá Sheila!

    Eu que agradeço sua visita! Pode deixar que irei mais vez ao DSM!
    Bjs

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!