Sonhos - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Sonhos

Sonhos

05/09/2011



Sonhos
Classificação: Livre
Gênero: Drama
Baseado em Bleach


Sonhos


Três e meia da manhã o sol ainda vai demorar a nascer, e mesmo assim eu continuo aqui... A lua ainda ilumina o céu lá fora. Seus raios brilhantes clareiam meu quarto de uma forma mágica. As poucas estrelas no céu parecem encabuladas pela fantástica e esplendorosa lua...

Jamais me cansaria de admirar a beleza desse astro misterioso, que contempla a noite com sua presença. 

Ah Lua, oh bela Lua...

Admirá-la me faz recordar o motivo de ainda estar acordado... Devia ser um sonho corriqueiro, desses em que você esquece assim que amanhece o dia. Mas o meu começou a ficar estranho e sempre se repetia. Todas as noites era a mesma imagem, o mesmo fato...

Eu a via em meus devaneios noturnos, no começo confesso que até gostava. Pois sentia que assim, ela estivesse novamente comigo. Nos sonhos até o perfume podia ser sentido. Seu aroma era como das flores desabrochando pelo campo, banhado pelo orvalho do novo dia. Exatamente como meu quarto costumava ficar com a presença dela...

Ela me havia dito que mesmo se eu pudesse não vê-la mais, ela ainda poderia... Jamais me conformei com isso! Durante esses meses, não houve qualquer sinal... Desde a nossa despedida tenho estado em alerta, somente esperando que algo aconteça... Que de alguma forma, eu possa saber que ela esta aqui... Só que é apenas o nada...

O nada que me segue como se um abismo que estivesse abrindo a cada passo que dou, pronto para me engolir por inteiro. E dentro dele, há apenas uma profunda escuridão...

Por isso os sonhos eram a única forma de senti-la, de vê-la uma vez mais...

Pude ver com clareza aqueles olhos ternos, aquela íris cativante, tão azul quanto uma pedra preciosa e tão meiga, a qual fazia meu coração acelerar pela doce lembrança dos nossos tempos juntos.

No início seu sorriso preenchia minha imaginação e acalmava minha alma. Ela costumava me observar com felicidade, e em cada sonho eu corria a seu encontro, mas foi aí que as coisas começaram a ficar ruins...

Ela se distanciava cada vez, não importava o quanto eu corria. Seus passos pareciam ser duas vezes mais rápidos e sempre em que a olhava sua expressão mudava... Pouco a pouco, os sorrisos, a alegria, iam se transformando em tristeza, em dor... E quando parava... Uma lágrima rolava... Ela olhava para o chão, nada era pronunciado de seus lábios... Eu tentava inutilmente chamá-la, mas nenhum som saia e quando minhas mãos se aproximavam dela, o pior acontecia...

Como pétalas de flores que voam com o acompanhar do vento, ela se desfazia em minha frente... Mais uma vez ela ia sumindo, desaparecendo... O que cortava meu coração e doía bem no fundo eram aqueles olhos... O olhar a qual ela me lançava antes definitivamente perdia-se pelo horizonte, era aflito, cheio de sofrimento... Eu implorava para que não me deixasse que ficasse comigo novamente... Desesperava-me pensar que até mesmo em sonhos eu a perdia... Só que as trevas a engolia. Tudo a minha volta se transformava.

O ambiente era escuro, solitário... E ao longe eu a sentia me chamar, mesmo sem ter escutado nada...

A chuva havia retornado... Seus pingos são frios. Frios o bastante para que eu acorde...

3 comentários:

  1. Olá,tudo bem?

    Encontrei o link do seu blog no orkut,muito legal o seu blog, eu adoro textos,poemas e reflexões ,enfim já estou te seguindo,assim que puder siga o meu também http://www.quatroestacoesdabeleza.blogspot.com.

    ResponderExcluir
  2. Yooo aqui é a Cherry do Luzes Cameras Animes! Parceria aceita simmmm! É só ir lá pegar o meu button e me passar o seu que eu não achei! *procura* Ah to seguindo Tambem! --' Mas adorei o blog!
    Kissus

    ResponderExcluir
  3. Olá Cherry! Já mandei o link do meu button no seu e-mail! Tb ja coloquei o seu no meu blog! Obrigada por seu comentário e por aceitar a parceria!
    Bjs

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!