União - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: União

União

26/11/2011


União
Classificação: 18 anos
Gênero: Romance
Baseado em Harvest Moon Sunshine

*Aviso: Sexo


União


Suas mãos deslizavam sobre meu corpo nu, acariciando cada centímetro, cada extensão. Você sussurrava palavras gentis, elogiando minha beleza, meus cabelos e olhos.

Eu apenas me deixava levar por essa sensação, por esse amor incondicional por você. Talvez possa ser cedo, mas quero dar esse passo, unir nossos corpos em um só.

Sua voz esta pesada e assim como eu, você suspira de prazer. É um momento tão mágico, cheio de paixão e luxuria.

Você me cala com um beijo caloroso. O mel de sua boca é o alimento que eu esperei por meses. Sua língua roça na minha aprofundando esse gesto tão saboroso.

Deixando meus lábios, você mordisca minha orelha, sem agüentar esse calor, dou um gemido de puro prazer.

- Vaughn... – sussurro seu nome.

Sinto seu toque em meios seios, apertando-os, e em seguida os beliscando... Tenho em mente que sua função agora é apenas me provocar, deixar-me ainda mais louca de amor.

Sua língua percorre meu colo, até que vejo onde você decide pousar sua boca.

Você suga com força, geme entre as sugadas, se deliciando com o meu sabor. Seguro com força o lençol de nossa cama, me concentrando em seus movimentos, você realmente deixa-me maluca, sedenta de prazer.

Quando é chegada à hora, você para. Curiosa, encaro seus orbes violeta, que brilham de encontro aos meus olhos azuis.

- Você é linda! – declara-se para mim.

Sorrio e deparo o quanto essas palavras mexem com o meu coração. Minhas bochechas coram fazendo com que você ria.

Separando minhas pernas você me dá um beijo no joelho, enquanto pergunta se estou pronta.

Confiante, respondo que sim e devagar você vai entrando, com calma e carinho.

Quando finalmente nos encaixamos, você começa. No inicio vai devagarzinho e ao meu pedido o ritmo aumenta. Rápido, forte, com um vai e vem tentador e apaixonante.

Nossos gemidos frenéticos revelam o quão excitados estamos.

 Puxando meus cabelos, você aperta o passo, sua boca cala a minha em um misto de doçura e paixão.
Chegando ao clímax, grito satisfeita. Por sorte nossa casa é afastada de todos, podendo assim nos dar liberdade.

Exausto você deita ao meu lado, em seu rosto a alegria se encontra com a satisfação.

Encosto minha cabeça em seu peito, acariciando-o. Em meu interior, sei que a felicidade comanda e o coração agradece.

Hoje nos tornamos um. Consumimos o amor que tanto guardamos.

- Eu te amo Chelsea! – você falou antes de pegar no sono.  

Sammysam Rosa

Escrito por:

Sammy. 29 anos, casada e apaixonada por livros. Gosto de literatura policial, suspense e terror. Típica pisciana, sonhadora e curiosa.

2 comentários:

  1. *O* Muito bom, u.ú pensei que não falasse sobre esse tipo de assunto! u.u MUITO BOOOOM ><

    ResponderExcluir
  2. Oi Sammy,
    Adorei a shortfic.
    Bem fofa, rápida e romântica!!!

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!