Volte pra mim - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Volte pra mim

Volte pra mim

07/12/2011


Volte pra mim
Classificação: Livre
Genero: Drama
Baseado em Harvest Moon Sunshine


Volte pra mim


- Ela continua a vir para cá? – perguntou à senhora de cabelos curtos.

- Já faz uma semana. Ela tem que entender que isso esta lhe fazendo mal. – respondeu um senhor de meia idade.

- Devemos falar com ela? – novamente a senhora pergunta, em seu rosto um semblante triste era notado, estava preocupada com a jovem.

- Creio que isso será em vão Mirabelle. Chelsea ainda tem esperança e só o que podemos fazer é esperar e rezar por eles.

O vento começava a soprar, o sol brindava o céu com uma coloração alaranjada, em breve a lua daria o ar de sua graça. A jovem apenas suspirava tristonha, ela encarava o horizonte somente a espera de seu amado.

Fazia uma semana desde que Vaungh partirá, era o fim de terça-feira e nada dele voltar. Chelsea estava preocupada e ver o mar tão agitado não amenizava a situação.

As ondas batiam contra as pedras, sua espuma se dissipava antes mesmo de atingir a areia, seria esse um sinal de mais uma tempestade?

A dúvida rondava a mente da jovem, se as previsões de Taro estivessem certas, novamente Sunshine testemunharia outra revolta da natureza.

.

A chuva violenta do outono começou no exato dia que o cowboy deixou a ilha. Chelsea insistiu para que ele ficasse, foi previsto grandes ameaças pelo mar afora, mas Vaughn não se intimidou.

- O trabalho é importante Chelsea – dizia ele - Você sabe que se eu não for, Mirabelle corre o risco de ficar sem mercadoria.

A moça nada mais podia dizer suas palavras não conseguiam convencê-lo. Nem mesmo o céu cinzento daquele dia foi capaz de mudar a decisão de Vaughn.

- Eu vou voltar! – declarou ele com um singelo beijo nos lábios rosados de sua princesa.

Ela não foi capaz de lhe retribuir o carinho, tinha medo por ele. Ela somente lhe virou as costas, não queria se despedir.

As gotas de chuva caiam rapidamente, fortes e frias, batendo contra o chão de terra começando grandes poças de água.

Chelsea correu, nem se quer olhou para trás, deixou que o vento soprasse para longe o perfume rústico do cowboy. Suas lágrimas se misturavam com a chuva, o salgado com o doce...

O navio partiu, levando consigo um rapaz angustiado. Queria ele poder ficar ao lado dela... Mas seu trabalho falava alto, pessoas precisavam dele...

A jovem se jogou na cama, abafou o choro com a ajuda do travesseiro. Lá fora o vento uivava feroz, os relâmpagos iluminavam a janela do cômodo.

Chelsea não se lembrava quando conseguiu adormecer, no entanto já era tarde quando o relógio tocou. Na rádio, o locutor anunciava que inúmeros navios haviam se perdido no mar. Muitos trabalhadores foram resgatados, mas havia várias vitimas desaparecidas.

O coração da jovem bateu forte, pulsando em um ritmo frenético, ela sentia o ar faltar. O homem voltou a falar; inúmeras embarcações das ilhas vizinhas estavam perdidas, famílias desoladas apenas esperavam confirmações.

 Chelsea não pensou duas vezes saiu em desespero até a casa de Mirabelle. Qual foi a sua surpresa ao encontrar mãe e filha chorando ao lado do telefone. Os policiais na linha tentavam consolar Mirabelle, dizendo que ainda era cedo para se pensar no pior.

A jovem de cabelos cor mel passou o dia na companhia das duas, todas esperando noticias. Só que os dias foram passando, uma nova semana ia chegando e nada do rude cowboy.

Chelsea passou a esperar por ele, ficava até o sol raiar, sentada na ponte de madeira do píer. Teve momentos que a moça podia jurar ver a embarcação, no entanto, era apenas sua mente pregando uma peça.

A cada instante ela se culpava, deveria ter sido mais forte, devia tê-lo impedido de alguma maneira. Chelsea se amargurava, seu coração sofria com a ausência somente a espera de Vaughn.

Desejou ter correspondido ao beijo, que ele estivesse ao seu lado e não apenas a dúvida que pairava em seu ombro... 

Sammysam Rosa

Escrito por:

Sammy. Casada e apaixonada por livros. Gosto de literatura policial, suspense e terror. Típica pisciana, sonhadora e curiosa.

2 comentários:

  1. yo~~
    primeira vez que eu vejo esse blog ^^
    já de cara eu achei super kawaii^^
    e esse post é lindo e profundo *-*
    eu já estou te seguindo (/^-^)/
    e gostaria muito que me seguisse tbm <<sentiu a direta mesmo???
    adorei aqui!!!

    SAYO~~
    http://tudosobreanimeemanga.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Hello! É claro que aceito parceria!!!! E os primeiros pontos da minha parceria vai ser seguir e comentar!
    Eu amo a escrita! Adoro descrever e adoro desenhar! Daí fazer mangás! E escrevo textos... muitos!
    O que este comentário significa: terei muito gosto em fazer parceria!
    Kissus

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!