Um dia para o amor - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Um dia para o amor

Um dia para o amor

12/06/2012


Título: Um dia para o amor
Classificação: Livre
Gênero: Romance (Capítulo único - Oneshot)
Baseado em Bleach

Um dia para o amor
por Sammy


Ele encarava o teto pensativo, passou mais um noite em claro, imaginando o que faria nesse dia. Um parte sua desejava aquela ocasião durante meses, mas agora que finalmente havia chegado, nada do que planejava parecia ser o suficiente para comemorar esse dia especial.

Doze de junho, o ferido dos namorados, uma celebração acompanhada de amor e carinho, mas que para ele deveria ser muito mais que isso. Ele queria algo grande, pois tudo que fizesse ainda seria pouco se comparado ao amor que nutria por ela. Ela era sua vida, sua esperança, a luz brilhante em meio as trevas tempestuosas e nada parecia ser bom o bastante para presenteá-la nessa data. Ele praguejou com raiva, não adiantaria passar a manhã deitado esperando que algo caísse do céu, tinha que pensar em algo e rápido! 


Seguindo até a sua escrivaninha no canto esquerdo do quarto, ele puxou a gaveta, tirando uma caixa de veludo vermelha. Talvez fosse o presente mais inusitado e cliché que poderia existir, mas era o único que tinha e talvez o mais apropriado. Abrindo a pequena caixa, duas alianças reluziram com a ajuda dos raios do sol, que já preenchiam o comodo com seu calor. Eram de prata com detalhes em dourado, algo bem simples, porém singelo e bonito. Ele sorri observando as alianças, desejando que ela viesse a aceitar seu pedido, se seu coração realmente estiver certo, ele sabia que a resposta seria sim!

*** 

O sol já estava no seu auge, só que para o mês do renascimento do inverno, o clima era agradável, não estava quente e sufocante como o verão, mas sim aconchegante, com a mistura do calor e o frio da época. O vento ainda ajudava aquele tempo, soprando devagar, abanando os fios negros e curtos da bela dama sentada na grama do parque. Ela aguardava o rapaz de madeixas alaranjadas, que ligou a convidando para um passeio ao ar livre. Seus orbes violetas contemplavam as nuvens brancas, que moviam lentamente pela imensidão azul. Sentia tanta falta de dias assim, da alegria que emanava em cada orvalho. 

- Atrasado! - declarou ela ao sentir o perfume silvestre que chegava com a brisa. Aquele aroma sempre denunciava o rapaz.

Ele corou sem jeito, não pelo fato da moça chamar sua atenção e sim quando ela se virou para encara-lo. A pele branca como a neve, o olhar grandioso, os lábios rosados e aqueles negros cabelos emoldurando sua face angelical. Ela era linda, a mais bela lua que o sol poderia querer.

- Ichigo? - ela chamou ao ver o rapaz em silencio, nem ao menos notou que ele estava hipnotizado por sua presença.

O rapaz sorri, se ajoelha ao lado da jovem, suas mãos um pouco tremulas quase não conseguem retirar o presente do bolso. Ela admira a caixa de veludo, um vermelho vivo, seu coração vibrando de emoção. O ar parecia faltar para ambos, mas nada importava naquele momento. Ichigo abre o presente, revelando as alianças.

- Rukia... - ele começa, as palavras pareciam embaralhar em sua mente, somente o nome da amada conseguia falar.

Rukia leva suas mãos a face de Ichigo, seus olhares se cruzam. Frases não precisam ser ditas entre eles, seus gestos já respondiam todas as questões do coração. Era  o dia dos namorados, a data perfeita que ele esperou para finalmente declarar seu amor. 

Sammysam Rosa

Escrito por:

Sammy. Casada e apaixonada por livros. Gosto de literatura policial, suspense e terror. Típica pisciana, sonhadora e curiosa.

9 comentários:

  1. Wowwwn... muito lindo, eles eram japoneses, acho que sim, pelos nomes! kkkk.. adorei o final, sem necessidade de palavras, os gestos fizeram todo o trabalho, o final até rimou! AMEI!

    http://acessopermitidoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. oiee..
    adorei seu blog..
    muito interessante..
    te sigo, dp me siga de volta..bjus

    http://www.helenageral.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Como sempre eu fico encantada com esses seus contos de Bleach como eu amo de paixão!!!


    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Own, que lindo! Adorei o texto.

    Glaucia
    www.leitorait.com

    ResponderExcluir
  5. Awn, que lindo conto *O* Ichigo todo nervoso pra se declarar e dar o presente a amada <3

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  6. Tii fofinho o texto! Adorei demais!^^ Ah...o amor <3
    Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. proprio para o dia dos namorados, é tão lindo ^^

    http://garotoonerd.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. tão lindo, que história linda...encantada com Ichigo todo nervoso pra declarar o amor...o final foi cheio de amor e ternura... te fofo *-*

    ahhh, caso você esteja interessada, a VIVARA EDITORA abriu inscrição para o “Concurso Nacional, Novos Poetas 2012, Prêmio Rima Rara”.

    o link é esse aqui, flor, espero q te sirva! http://www.rimarara.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ai, muito fofo! Simples, mas detalhado, e muito romântico!
    Bjos...

    http://sammysacional.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!