Resenha - Coração Traiçoeiro - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha - Coração Traiçoeiro

Resenha - Coração Traiçoeiro

15/08/2012


Título: Coração Traiçoeiro
Autora: Margo Maguire
Editora: Harlequin
Sinopse: Nicholas Hawken estava tão apaixonado, desejava-a tanto… como não a mar? Ele jamais encontrara uma mulher tão receptiva a suas carícias, a seus beijos, a seu próprio ser comolady Maria Burton.Mas se o pai dela fosse mesmo um traidor, tinha o dever de desmascará-lo… mesmo que isso colocasse em risco a forte atração que começava a surgir entre eles! De humilde criada a filha de um duque, Maria Burton passou por uma produnda transformação. Mas nada abalou tanto sua alma como tudo o que viveu com Nicholas Hawken, canalha, patife, infame… e o homem a quem ela entregou seu coração.



Ria sempre foi um estorvo para sua tia Olivia, a filha de uma rameira, daquela que traiu o rei, uma criança bastarda. Vivendo como empregada para sua própria família, Ria sofreu desde cedo os castigos impostos por aqueles que deviam cuidar dela. No entanto nada lhe tirou o encanto e beleza, uma jovem doce, que traz consigo o medalhão que foi de sua mãe Sarah, a única lembrança que tem dela.

Certo dia, espiando a tia e seu convidado, Ria ouve algo que lhe tira os pés do chão, uma revelação que muda seu mundo: Sua mãe era Lady Sarah Burton, uma duquesa, que ao morrer deixa para sua única filha Maria toda sua fortuna e propriedades. Podia ser uma coincidência, mas o fato de sua mãe ter o mesmo nome da duquesa, já lhe dava esperança, e claro, Ria podia ser apenas um apelido para Maria. Decidida a se ver livre de tanta injustiça, Ria parte para seu verdadeiro lar, as terras de sua mãe Sarah. Mas os caminhos para sua nova vida é cheio de curvas, e entre a estrada de terra, ela conhece o adorável, porém patife Nicholas Hawken.

Nicholas possui fama de mulherengo, um canalha quando se trata de mulheres, só que ao se deparar com a doce Maria, ele se vê sedento para tê-la apenas para si. Maria é tão bela, receptiva a seus carinhos, que é difícil não querer possui-la a toda momento. Mas Nicholas não pode se envolver tanto, há trabalho a ser feito, é sua obrigação descobrir o traidor que esta mandando informações a França e tudo leva a querer que o pai de Maria é o informante! Entre o amor e o dever, Nicholas precisa achar um jeito de confirmar suas suspeitas, sem ferir Lady Maria Burton, aquela que pouco a pouco conquistou seu coração.

***

Coração Traiçoeiro, escrito por Margo Maguire, é narrado em terceira pessoa, onde dá ao leitor uma visão ampla de tudo que ocorre com os personagens, mostrando os sentimentos que ambos parecem ignorar, mas que estão presentes a cada capítulo.

Um livro gostoso de ler, que flui rápido, deixando o leitor aprofundado em uma época de duques, lady e cavalheiros. Somos apresentados a Maria, ou Ria, como era chamada no inicio da estória, que de empregada, se transforma da filha de um duque. E a Nicholas, um marques, que apesar da má fama, possui um bom coração. Todos os personagens que cercam Coração Traiçoeiro são bem centrados e com personalidades únicas, todos tem um papel fundamental na trama. As cenas mais quentes entre o casal são cheias de sensualidade, mas um tanto fracas se comparados a livros do mesmo gênero, acho que faltou uma pitada a mais de romantismo nessas horas, que muitas vezes são compensadas pelas belas frases de Nicholas, que se mostrou um homem charmoso, que sabe como conquistar sua amada.

Coração Traiçoeiro é um bom romance, que leva sensualismo, mistério e ação em algumas partes, contendo 219 páginas o leitor vai se encantar pela doçura e força de Maria, e admirar Nicholas, que apesar dos fantasmas que lhe rondam, é um personagem pronto a lutar por aquilo que ama. Um dos pontos altos sem dúvidas é o mistério que ronda o pai de Maria, ele é ou não é um traidor? Fiquei surpresa com o desfecho em relação ao traidor, e o final foi satisfatório, sem tantas emoções, mas bonito.

" Ele se ajeitou melhor, debruçou-se e beijou-a na boca.
- O que exatamente, você pretende terminar, minha linda? - perguntou num tom baixo, sedutor, sem se afastar.
- De comer, é claro - um sorriso maroto curvou os lábios de Maria. Ela ofereceu a boca para um outro beijo e foi recompensada com um lascivo encontro de dentes e línguas que a fez perde o fôlego." - página 219.


Avaliação:


10 comentários:

  1. Boa tarde :)
    Como vai Sammy?
    Esse livro...eu não conhecia :O
    Parece ser bom mas é romance...não estou num bom momento pra ler livros assim rsrs

    Beijos e cuide-se
    RIMAS DO PRETO

    ResponderExcluir
  2. Hey, ainda não tinha ouvido falar dessa livro, mas amo histórias com enredo medieval, ainda mais com romance contido nele, com certeza me interessei em lê-lo *O*

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro romances de banca e faz um bom tempo que eu não leio, to precisando parar um pouco com as parcerias e ler minha pilha de livros de banca que tenho aqui em casa. Meu gênero favorito são os históricos. Boa dica a sua!

    Vanessa - Balaio

    http://balaiodelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. oii!
    adorei o post.
    vou sempre ter um carinho especial por esse blog tão lindo e divertido!!! X3
    beijinhos; PP
    oblogdapp.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Já li bastante romance de banca, são divertidos pra passar o tempo!

    ResponderExcluir
  6. Oi Sammy!
    Gosto muito de romances de banca,apesar de não t~e-los lido muito ultimamente,gosto da simplicidade de tuas resenhas,passam muito bem o que esperar do livro.
    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Adoro romances de banca. Esse parece ser bom.

    Beijos,

    Carissa
    http://artearoundtheworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Nossa, eu não conhecia esse livro. Parece interessante. Comecei uma leitura hoje, mas nunca parei pra ler esse estilo de livro. :/


    http://vitaminadepimenta.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Sammy!!!!
    Amiga o tipico romance de banca neh, com todos aqueles ingredientes que faz a gente ler tudo em menos de uma hora rsrsrs
    Eu comia livros de banca na adolescencia, comia acho que nem foi um termo legal mas tudo bem srrsrs depois disso nunca mais li. Estes dias que fiquei sabendo que eles tem uma pimenta na capa para os que tem cenas sexuais, gente achei isso tão genial hahahahahaha
    Aqui perto da minha casa tem um sebo que é 70% desses romances, nunca vi tantos no mesmo lugar. ainda cabo comprando um =D
    bjosssss

    ResponderExcluir
  10. Apesar do livro aparentar ser antigo a capa é mto bonita e o enredo bastante legal. Pela resenha a estória parece ser bem estruturada, gosto de livros assim. Boa dica.

    Bjus, @dnisin
    http://diamanteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!