Resenha - Sonhe Mais - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha - Sonhe Mais

Resenha - Sonhe Mais

30/05/2013


Título: Sonhe Mais
Autora: Jai Pausch
Editora: Novo Conceito
Skoob: (www)
Onde Comprar: (www)
Sinopse: Jai Pausch passou por um trauma: a perda do marido para um câncer de pâncreas. A enfermidade de Randy Pausch também destruiu as verdades e as certezas em que Jay acreditava. Pega de surpresa pela doença, que avançou rapidamente, Jay Pausch precisou inverter suas prioridades. Acostumada a cuidar da família, percebeu que aquele era, também, o momento de cuidar de si mesma, porque, do contrário — caso fraquejasse —, sua família não sobreviveria. E, apesar de todas as alterações pelas quais passou, foi capaz de registrar a maior parte de suas experiências, dúvidas e medos.
Este registro acabou se constituindo num relato vigoroso sobre como a morte muda o relacionamento entre as pessoas e sobre como é possível sobreviver, passo a passo, a essas mudanças.
Sonhe Mais é referência para todos os que estão vivendo uma fase de transição e é leitura obrigatória para aqueles que passaram, ou estão passando, por um momento de dor.

Ao longo de dois anos Randy Pausch e sua esposa Jai lutaram contra o câncer de pâncreas e nessa jornada, Jai teve a difícil missão de ser não apenas a esposa, mas também a cuidadora de seu marido durante esse luta, que mais tarde se mostrou um desafio sofrido e doloroso. Ambos se viam em um labirinto de dúvidas e tristezas, mas aprenderam juntos a contornar a dificuldade e caminhar para fazerem seu melhor.

Com essa grande tarefa a administrar, Jai ainda precisa ser uma boa mãe para os filhos do casal e aprender que em um futuro cada vez mais próximo ela estará sozinha... Mas Jai Pauch compreende que apesar da dor, ela pode sim viver sonhando novos sonhos!

***

Durante a leitura de Sonhe Mais, fiquei pensei sobre o que escrever na resenha. Várias idéias iam e viam em minha mente, e agora em frente à tela do netbook, as dúvidas pairam no ar. Sonhe Mais com certeza foi uma das leituras mais difíceis que tive. É um livro com uma carga emocional fortíssima, belas lições de vida, tristeza, dor e superação. Nos momentos mais sofridos do livro, tive que parar a leitura muitas vezes, me peguei aflita e com as lágrimas escorrendo, o aperto na garganta e no peito. Isso tudo por que já passei por uma situação semelhante à de Jai. Também sofri com a dor da perda, é uma cicatriz que nunca cura. Pensei que eu fosse forte para suportar ler alguns desses momentos, principalmente quando Jai precisa conversar com os filhos sobre Randy...

Livros que trazem o assunto morte, perda e ente querido em sua bagagem sempre irão me emocionar e conseqüentemente me fazer chorar. Sonhe Mais não foi diferente, mas elevou esse sentimento de perda e trouxe a tona lembranças de 16 anos atrás. Eu não via apenas a história de Jai Pausch, mas também minha própria história. Senti as mesmas dores desconcertantes que ela e seus filhos sentiram, compreendo bem como foi seguir em frente sem ter aquela pessoa especial, que faz seus dias serem mágicos. Perdi uma pessoa muito importante pela mesma doença e ler Sonhe Mais foi difícil, só que ao mesmo tempo um grande aprendizado. Jai Pausch nos traz uma bela lição, nos mostra que mesmo que nossos sonhos se vão, virem cacos, podemos sim sonhar novos sonhos, podemos seguir em frente apesar da tristeza. Ficar se lamentando não é o melhor a ser feito.

Creio que Sonhe mais é uma leitura fundamental para quem está passando por uma situação semelhante e também para aqueles que já viveram algo parecido, o de perder alguém especial. Pude ver e sentir Randy vivo durante a narrativa de Jai, vi seu amor incondicional pelo marido e filhos, ao chegar os momentos da partida, foi duro e sofrido. Passar por essa experiência é um choque para qualquer pessoa e as escolhas de Jai e seu modo de encarar tudo, achei muito compreensivo. Afinal, cada um reage de uma forma e Jai queria se mostrar forte em várias ocasiões, o que tornavam suas atitudes frias e muitas vezes egoístas, mas entendo seu modo de agir, ninguém está preparado fisicamente, nem psicologicamente para enfrentar a dor da morte...

Só posso concluir dizendo que vale a pena dar uma chance para Sonhe Mais, o aproveitamento que você terá durante a leitura desse livro será única, um aprendizado que você levará para toda a sua vida e verá a luta de mulher a enfrentar o desafio de não ter mais seu amado do seu lado...

Antes de finalizar a resenha, tenho que parabenizar a Editora Novo Conceito pelo ótimo trabalho com o livro. Não encontrei nenhum erro que me atrapalhasse na leitura, as folhas são amareladas, a tipográfica de um bom tamanho. Um fato que notei após terminar de ler Sonhe Mais, foi o desenho de folhas no início de cada página, para quem leu, sabe que as folhas simbolizam algo muito especial e achei muito lindo essa atenção a esse detalhe que a editora incluiu no livro.

Avaliação:








***

Esta postagem conta pontos para o Top Comentaristas - Maio 2013. Se você esta participando, não deixe de comentar para validar seus pontos e concorrer ao livro Parperboy.

Sammysam Rosa

Escrito por:

Sammy. Casada e apaixonada por livros. Gosto de literatura policial, suspense e terror. Típica pisciana, sonhadora e curiosa.

17 comentários:

  1. Eu já queria lê-lo depois da sua resenha então, agora mais ainda.

    ResponderExcluir
  2. Oi Sammy! Toda leitura que nos faz lembrar nossa própria vida é muito boa, nos identificamos mais com a história e nunca esquecemos o livro. Achei um livro tocante e sensível.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Várias pessoas já me deixaram com vontade de ler *-*

    ResponderExcluir
  4. as resenhas que vi são só elogios. O livro deve ser bem bom mesmo! Adorei essa história, bem, registro né. É bem verdadeiro.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo este livro, adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  6. A Novo Conceito tem lançado livros excelentes nos últimos meses. Adoro histórias que envolvem doenças, porque geralmente elas deixam uma lição muito bonita e alguma coisa para refletir. Fora que é linda a força que essas pessoas acham nessas horas. Que bom que você gostou, espero ler logo e gostar como você =)

    ResponderExcluir
  7. Oi querida,
    O que posso dizer, fiquei emocionada com tua resenha. Me deu um aperto no peito quando comecei a ler. Eu não perdi ninguém que fosse muito próximo a mim, mas creio que deve ser horrível.
    Eu comprei Sonhe Mais, porém ainda não chegou. Acho que vou demorar para ler, por ser um livro cheio de emoções, estou num momento que preciso ler algo para me distrair, não algo que me deixe com o coração aflito. Acredito sim que será uma grande aprendizagem, como todos os livros desse tipo são.
    Beijos,
    Katielle
    http://www.leituramaravilhosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu não tinha me interessado pelo livro até ler sua resenha, gosto de livros tocantes, e acho que ia gostar desse. Principalmente se o livro traz alguma lição, ou algo assim. Vou ver se leio ele ^^

    ResponderExcluir
  9. Sua resenha ficou perfeita , quando passamos por algum parecido do que lemos em um livro a emoção é certa, ganhei o livro em uma promoção e mal posso esperar que ele chegue para eu começar logo a leitura ;D

    ResponderExcluir
  10. Esse livro parece bom, mas já li tantos livros sobre superação da morte que já estou um pouco cansada. Mas talvez no futuro isso mude e eu resolva lê-lo.

    ResponderExcluir
  11. Não lembrava de conhecer esse livro, parece mt bom *-*
    Adorei a resenha :D Me deixou bem curiosa por ele
    bjs
    apenas-um-vicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu descobri há pouco tempo sobre esse livro e se apenas o visse nas prateleiras da livraria, com certeza não me interessaria em compra-lo, mas depois de ler a sinopse e a resenha, fiquei bastante curiosa pra conhecer melhor a história.
    Principalmente pq li A lição final (o livro do Randy Paush) e achei muito bom. Fiquei realmente surpresa em descobrir que esse livro é da esposa dele.

    Bjok

    ResponderExcluir
  13. A Novo Conceito tem lançado livros ótimos, amei este.

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro ainda, mas eu simplesmente amei essa capa. Ela é bem simples e ficou e ficou ótima.
    Sua resenha também está muito boa, deu até vontade de ler. :)
    Beijos!

    Café com Leituras!
    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Sua resenha me emocionou. Eu até então não perdi nenhum ente muito querido, mas imagino como seja difícil viver com a dor da perda pro resto da vida, e arrumar maneiras de seguir em frente, mesmo sofrendo. Essa é a segunda resenha que leio acerca do livro, e eu fico cada vez mais induzida a correr a procura desse livro e tê-los em mãos, para desfrutar dos momentos pelo qual a Jai passa.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  16. Ah esse livro parece ser muito legal e bonito eu adoraria ler ele, pois tenho certeza de que eu não ia me decepcionar, pois sinto que ele é muito bom, tenho muita expectativas sobre ele.

    ResponderExcluir
  17. nossa eu acho que fui a unica que nao curtiu mt esse livro

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!