Discussão Literária? Sim, Não, Talvez? Blogueiro realmente só quer livros de graça? - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Discussão Literária? Sim, Não, Talvez? Blogueiro realmente só quer livros de graça?

Discussão Literária? Sim, Não, Talvez? Blogueiro realmente só quer livros de graça?

21/11/2013

Sinceramente, eu não gosto de criar post polêmicos, que podem sim (ou não), virar discussões. Mas, ao fazer a minha visita diária pela net, eis que eu leio um desabafo um tanto curioso, mas que não é novo, e que acho que muitos aqui já sabem, seja leitor, blogueiro e escritores.

Com este post não quero promover uma discussão, mas uma reflexão. Eu sei, que nem todos pensam assim, que nem todos são assim, mas cabe generalizar? Não, claro que não. Sempre que eu acabo lendo (acabo por que eu evito me distanciar desses assuntos, pois sempre há um querendo briga, e bem, eu não gosto de brigar, pois cada um tem sua opinião), esses desabafos, eu fico bem chateada e com isso me veio em mente deixar essas palavras, mas volto a repetir, não quero causar discussões, apenas deixar a minha opinião e mostrar que nem todos os blogueiros são uns sugadores de livros alheios.

Bem, antes de tudo, quero dizer que estou há dois anos com o Diae e desde 2008 estou na blogosfera. Como blogueira literária, ganhar livros realmente é ótimo, eu estaria sendo hipócrita se dissesse que não gosto. Sim, eu gosto, assim com muitos outros colegas gostam de ganhar seus livros de graça, seja por editoras ou escritores. Só que isso não quer dizer que os blogueiros querem apenas livros de graça, claro que existe e sempre vai existir aqueles que só querem isso, mas fico realmente chateada quando generalizarão todos os blogueiros, dizendo que nós só queremos livros de graça.

Vejam bem essa foto:


Esses são os meus instrumentos de trabalho. Uma caneta, um bloco de notas, um caderno, uma caderneta, um netbook e claro, o livro. Ser blogueiro, não é apenas ganhar livro, ser blogueiro é um trabalho, um emprego, praticamente uma profissão! A diferença de um blogueiro para um trabalhador com carteira assinada? Bem, não recebemos pagamento (em dinheiro), não tiremos férias, não temos 13° salário, não temos direito a convênios e por ai vai. 

Ser blogueiro, dá trabalho. Um blogueiro que se preze, e estou falando daqueles que realmente levam seu trabalho a sério, ocupam horas do seu dia, e muitas vezes o dia com o seu blog, seja lendo, seja criando um post, seja criando uma resenha, ou respondendo os leitores. 

Ser blogueiro é uma tarefa difícil, que requer esforço e determinação, a mesma que ao escrever um livro, que ao publicar um livro, que fazer um marketing. Ou seja, será que um blogueiro é apenas um ser que quer livros de graça? Mas volto a dizer, tem uns que realmente só querem isso, que enganam escritores e editoras, mas esses são as maçãs poderes e o engraçado é são sempre esses os que conseguem parceria seja com escritor ou editora, estranho isso não? E eu me pergunto, então por que na hora de expor sua opinião, ela tem que generalizar a todos? 

Um blog é o meio mais rentável e barato de conseguir divulgação, todos sabem disso, mas me pergunto, por que apostar na ficha errada? Custa pesquisar tal blog, tal blogueiro? E custa pesquisar tal editora, ou escritor? Não, mas sempre acontece de um pisar na bola, ai, rende aquelas discussões generalizadas, aonde o blogueiro é culpado de ser apenas um sugador de livros, que quer apenas livros de graça enfeitando a estante, que blogueiro não compra seus livros. Bem, se é para atingir a pessoa que realmente lhe causou mal, por que não conversa com ela ou invés de generalizar?

Não estou falando que todos generalizam, longe disso, mas sempre tem aquele um, aquele que quer confusão e é com você, que eu quero deixar essa reflexão. 

Blogueiros tem sim e muito trabalho quando vão resenhar um livro ou fazer um post. Sabem quando tempo eu demoro para fazer uma resenha? Cerca de uma hora e meia. E olha que minhas resenhas, nem são tão boas como eu gostaria, mas retratam minha opinião de maneira clara e sem ofensas. Sempre que eu vou resenhar, eu pego minha caneta, meus cadernos e escrevo o que achei de tal leitura. No meio do caminho antes de finalizar o livro, eu anoto o que estou achando, o resumo e pontos importantes da história. Quando a resenha esta pronta no papel, passo tudo para o PC, em seguida, eu leio e reviso, depois vou em um revisor online e coloco partes por partes da minha resenha, para ver se esta tudo certo. Por último, publico no Skoob e no Blog. Quanto tempo foi gasto nisso tudo? Mais de duas horas, isso eu posso garantir!

Então, eu digo, será que o blogueiro é uma pessoa que realmente só se importa com os livros de graça? Será que não existe blogueiros sérios? 

Os blogueiros sérios existem, e estão ai, sempre dispostos a ler e resenhar, fazer um trabalho de verdade, mas que muitas vezes perdem por conta da generalização de alguns. Tem a maçã podre? Lógico que tem, afinal o mundo esta cheio deles, mas é preciso escolher, vasculhar, pois existe sim aquela maçã vermelhinha e pronta para você!

Como eu falei, eu não quero discutir ou brigar, esse post não é nem para um nem para outro escritor ou editora, é apenas uma reflexão. Ah, e antes de eu terminar esse post, quero dizer que aquele livro ali na foto, eu comprei, não é uma "cortesia". Ou seja, será que realmente os blogueiros não compram seus livros?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!