Resenha - 30 Dias com Camila - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha - 30 Dias com Camila

Resenha - 30 Dias com Camila

11/11/2013

Título: 30 dias com Camila
Autora: Silvia Fernanda
ISBN: 9788580131987
Editora: Schoba
Skoob
Avaliação: 2 Estrelas (Regular)

Sinopse: A vida de Camila estava um caos. Acabou de completar 30 anos. Perdeu a mãe. Sua melhor amiga se mudou para o outro lado do país. Está apaixonada pelo filho do chefe, que além de ser seu colega de trabalho é noivo de uma mulher que atormenta sua vida. Está entediada, deprimida e a ponto de fazer uma besteira com a própria vida. É uma pessoa que nada tem a perder. E pessoas que não tem nada a perder são muito perigosas... Edgar tinha vida perfeita. Noivo. Bem sucedido. E finalmente de férias para curtir sua lua de mel em paz. Porém do dia para noite tudo muda: sua noiva foge com outro e para piorar a situação no dia seguinte acorda vendado e algemado a uma cama por uma louca, que após fazer loucuras com seu corpo, lhe faz uma proposta muito chocante: 30 dias de muito sexo, sem regras, sem compromissos.

Após acordar amarrado e nu em uma cama, Edgar Bolivatto recebe a proposta mais insana de sua vida: 30 dias de sexo, sem compromisso ou regras e ainda por cima com a mulher que ele sempre pensou ser “certinha” e “santinha”, Camila Torres;

Camila esta com 30 anos e sua vida é um caos. Ela perdeu os pais, sua melhor amiga se muda, seu trabalho é estressante e ainda tem que conviver com uma mulher que a atormenta. Mas o pior de tudo é a atração que sente pelo filho do seu chefe, ou melhor, obsessão!

Disposta a mudar, Camila decide começar a realizar seus mais obscuros desejos e o mais perverso deles é sequestrar Edgar e ter 30 dias do mais puro e selvagem sexo! Mas ela não contatava que ao estar ao lado dele, tudo acabaria de uma forma totalmente diferente do que ela planejou...

Totalizando 303 páginas, 23 capítulos, prólogo e epílogo, 30 dias com Camila foi escrito pela autora Silvia Fernandes e publicado em 2012 pela editora Schoba. Com folhas amarelas, uma linda diagramação e boa revisão, 30 dias com Camila promete uma experiência excitante e prazerosa, mas não foi isso que eu encontrei.

O enredo é fantasioso e não me convenceu, pois sequestrar alguém para fins meramente sexuais é totalmente surreal, além de egoísta. Dois pontos, ou melhor, três pontos para ser exata, me desagradaram nesse livro.

Primeiramente o narrador. 30 dias com Camila é narrado em terceira pessoa e não que eu não goste desse tipo de narrativa, na verdade é a que mais aprecio, mas neste livro achei confuso e rápido. Confuso por que o narrador muitas vezes responde o pensamento ou atitudes dos personagens e a rapidez dos acontecimentos deixou o livro vago, mesmo tendo mais de 300 páginas. O final foi ainda mais apressado e ficou desconexo, além de pouco atrativo.

O segundo ponto foi os personagens. Camila é deprimente, chata e egoísta, o livro todo foi ela mandando, resmungando e reclamando, além de ser muito grosseira; E isso tornou a leitura cansativa. Edgar é o típico personagem que não sabe exatamente o que quer, é covarde e quando decide mudar e se torna corajoso, ele se deprime com a recusa de sua parceira, ou seja, um homem mimado e infantil. Eu simplesmente não consegui aceitar os dois e não simpatizei com eles.

O terceiro ponto: O erotismo. Um livro que promete ser erótico, mas que não o tem; isso é bom de certa maneira, principalmente se o leitor gosta. Mas para mim, um enredo que promete 30 dias de prazer, deveria equilibrar entre o erotismo e a história, só que não é isso que acontece em 30 dias com Camila e sim, isso me decepcionou muito, pois eu esperei algo que não tinha e mesmo que os personagens tenham suas cenas quentes, essas foram ofuscadas pelos problemas pessoais mal resolvidos e suas trajetórias de vidas.

Claro que eu não esperava que o livro fosse apenas sexo, mas acho que faltou equilibrar os dois, pois a sinopse me prometeu algo que não existe no livro e de verdade, não senti aquela pegada, aquela chama entre Camila e Edgar, que são apenas duas pessoas problemáticas com os nervos a flor da pele.

Não estou dizendo que o livro é de todo ruim, mas definitivamente o enredo não funcionou para mim e talvez eu tenha interpretado errado o que a autora diz mostrar. No entanto, aconselho você mesmo ler e tirar suas próprias conclusões, pois do mesmo jeito que 30 dias com Camila, não tenha funcionado para mim, ele pode sim te conquistar.


***

Esta postagem conta pontos para o Top Comentarista Novembro 2013, se você esta participando, não deixe de comentar para garantir seus pontos e levar o livro A outra vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!