Resenha: Príncipe da Noite - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: Príncipe da Noite

Resenha: Príncipe da Noite

17/12/2013

Título: Príncipe da noite
Subtítulo: Sete mulheres e meia
ISBN: 9788581633428
Autor: Germano Pereira
Editora: Novo Conceito
Ano: 2013
Páginas: 368
Skoob
Avaliação: 4 Estrelas (Muito Bom!)

Sinopse: Toda manhã, o psicanalista Gabriel se surpreende ao acordar: sempre encontra uma mulher diferente dormindo ao seu lado. Ele nunca se lembra do seu nome, nem da maneira como a conheceu. A única coisa que resta de suas aventuras noturnas é um lapso de memória. Mas esta noite tudo se repetirá: quando cruzar com uma bela mulher, na noite seguinte, perderá o controle de quem é, porque o seu outro “eu” é capaz de tudo para satisfazer seus desejos mais primitivos. Mantendo esse segredo somente para si, Gabriel leva uma vida aparentemente normal na grande Londres, ouvindo diariamente os problemas de seus pacientes, enquanto tenta fugir das loucuras de sua ex-namorada. Mas nada é verdadeiramente normal para um homem que pode ser controlado pelo Príncipe da Noite...

A mercê do governante da Vontade, Gabriel tem que suportar as investidas que o Príncipe da Noite faz com as mulheres. Sem consciência de como ele age, Gabriel sempre acorda ao lado de uma mulher diferente todas as noites. Duas personalidades presas em um corpo só e se não bastasse, o jovem psicanalista ainda tem que suportar a magoa que seu algoz lança em suas vitimas inocentes. 

Mas o Príncipe não é o seu único problema, atormentado pelos erros de um passado angustiante, Gabriel tenta viver uma vida normal, mas como seguir esse caminho se uma outra "pessoa" domina seu corpo e mente sem dar escapatória? 

Um homem selvagem, livre de qualquer remorso, só a espreita do momento certo de levar sua próxima vítima para a cama. Com uma estranha obsessão de colecionar sapatos de suas amantes, o Príncipe da Noite surpreende deixando seus itens colecionaveis com sangue. Cabe a Gabriel lutar contra seus próprios tormentos e isso inclui o soberano das trevas.

O primeiro romance escrito pelo escritor Germano Pereira e publicado pelo grupo editorial Novo Conceito, com o selo Novas Páginas. Nesse primeiro contato com a obra do autor, uma palavra define exatamente tudo que senti perante as 366 páginas: Intenso! Príncipe da Noite é um típico livro em que o leitor se perguntará o que é real e o que no é, aonde o autor mexe com o psicológico, não apenas do seu personagem, mas também daquele que esta lendo sua obra.

Uma leitura diferente, com toques de realidade e um personagem com seus medos, fraqueza e coragem, que busca compreender seu alter-ego, ao mesmo tempo em que incansavelmente tenta conviver com ele. Durante os 56 capítulos, o autor brinda com bons ganchos, que fazem com que as páginas sejam viradas até o seu final. Sua escrita flui rapidamente e sendo narrada em primeira pessoa, temos um maior convívio com a experiência que Gabriel vive junto com o Príncipe da Noite. 

Esta é uma leitura diferente, surpreendente e com uma estrutura bem desenvolvida, com mistérios que chegam a confundir e nos fazer refletir sobre o que o personagem principal esta vivendo. Simplesmente intrigante e complexo, um enredo maduro e com investidas que deixam qualquer leitor sedento por mais! 

No entanto, senti faltou uma discriminação entre as cenas que eram narradas por Gabriel e o Príncipe, afinal, se o leitor não for atento pode acabar se confundido sobre quem é quem, já que temos sim capítulos com o ponto de vista do Príncipe, que muitas vezes se mistura com os pensamentos de Gabriel. Talvez uma fonte diferente, iria suprir esse pequeno ponto. Mas mesmo assim, não se deixe enganar, pois este livro é audacioso, uma ficção que se assemelha a nosso cotidiano. 

Príncipe da Noite ainda possui capítulos curtos e uma diagramação muito boa, com folhas amareladas, fonte de bom tamanho e arte no início das páginas de abertura. A revisão deixou um pouco a desejar, pois eu encontrei alguns erros simples, mas mesmo assim não interferem na leitura como um todo. A respeito da capa, admito que eu não gostei de sua arte e acredito que a editora podia ter dado uma atenção especial, pois esse é primeiro item que chama a atenção em qualquer leitor. 

Concluído, a obra de Germano Pereira flui com facilidade, as cenas são de tirar o fôlego, sua ideia ao criar essa história foi inteligente, fazendo com que seu livro se tornasse uma leitura surpreendente. Acreditem, vale muito à pena conhecer Príncipe da Noite e adentrar em seus segredos mais obscuros! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!