Resenha: Mulheres de Água - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: Mulheres de Água

Resenha: Mulheres de Água

30/03/2014


Título: Mulheres de Água
Subtítulo: Contos sobre o universo feminino
Edição: 1
ISBN: 9788542201093
Autor: Gabriel Chalita
Editora: Planeta
Ano: 2014
Páginas: 142
Avaliação:  
Onde Comprar: Saraiva / Amazon
Sinopse: As mulheres são as personagens principais em cada um dos 22 contos que compõem este livro de Gabriel Chalita. Apesar de as histórias serem independentes umas das outras, o elo ou o fio que as une é a sensibilidade feminina, tantas vezes representada através de versos, canções e outras manifestações artísticas ou literárias. Os contos curtos, tendência da literatura contemporânea, na sua forma e simplicidade estética traduzem na sua essência a complexidade de cada uma das Maria das Dores, Anésias, Joaninhas, Gorettis, Judiths, Loretas, Virgínias e todas as outras personagens que encantam e se revelam. O livro Mulheres de água é uma verdadeira homenagem do autor a todos os seus leitores, homens ou mulheres, que conhecem ou se reconhecem através da alma feminina.

Totalizando 22 contos protagonizados por mulheres distintas, mas com histórias que se completam, Mulheres de Água é um livro divertido e uma boa companhia. Nesta segunda edição de seu livro, Gabriel Chalita nos faz conhecer diversos tipos de mulheres, tem as sofridas, as bobas, as que deliram e aquelas que buscam a felicidade dia após dias. 

Com sua escrita simples e discreta, o autor traz histórias bem legais sobre o universo feminino e suas consequências. Gostei especialmente dos seguintes contos: Quatro, A Sabedoria de Joaninha e Um dia com Goretti. Alguns contos, eu achei um pouco confusos e não compreendi muito bem suas mensagens, além disso, achei que em outros, faltou um detalhamento maior e envolvimento. 

Mulheres de Água é um bom livro, me diverti e apreciei a escrita de Gabriel, além disso, a edição da editora Planeta conta com uma linda diagramação, com detalhes nas folhas finais de cada conto e uma ótima revisão. Com contos bem peculiares, com diversos sentimentos a serem mostrados, Gabriel Chalita mostra o quanto é complexo e exigente o universo feminino. 

***

Esta postagem conta pontos para o Top Comentarista de Março 2014. Se você esta participando, não deixe de comentar para garantir seus pontos e concorrer ao livro Enders.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!