Resenha: Sugar - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: Sugar

Resenha: Sugar

20/03/2014


Título: Sugar
Edição: 1
Ano: 2013
Independente
Autora: Vanessa de Cássia
Páginas: 96
Avaliação:
Onde Comprar: Amazon
Sinopse: Se seu vizinho lindo de morrer batesse em sua porta pedindo um copo de açúcar, o que faria? Abra a porta, e descubra o que Flora fez... Um conto pra lá de açucarado... Um conto docemente sedutor! 

Flora já estava quase desistindo de encontrar o homem ideal. Há um ano ela não se sentia desejada ou sexy. Mas um dia, eis que seu sensual vizinho bate na sua porta, com a proposta mais indecente e ousada que ela já escutou. O pretexto de pedir um pouco de açúcar era apenas uma maneira de Paulo de aproximar de Flora, e agora que ambos estavam juntos as chamas seriam poucas perto da atração que os dois sentem. 

Quando eu iniciei a leitura de Sugar, eu já imaginava que seria uma história erótica, com cenas picantes e tudo mais. No entanto, achei o enredo extremamente vulgar, cheio de termos grosseiros e pouco envolventes. 

Não sou casta ou qualquer coisa semelhante, sei exatamente como são os livros eróticos, mas sinceramente, histórias em que o erótico é posto de lado, para dar espaço a algo mais pornográfico, não me agrada em nada! Eu já li outros títulos do gênero, como o próprio 50 tons de Cinza, que é citado em Sugar, como De repente, é ele, Só tenho olhos para você, 30 dias com Camila, Príncipe Rebelde, Destinos Marcados, Corações Traiçoeiros e outros mais, ou seja, eu tenho uma plena noção do que esperar desse tipo de leitura, mas Sugar não foi uma experiência boa, eu sentia-me mais constrangida do que realmente envolvida com o e-book. 

Para mim a relação sexual na literatura, precisa não ser apenas carnal, mas ter toques românticos, sensuais, e ser uma extensão dos sentimentos entre os personagens. Sim, eu gosto de eróticos em que o romance é mesclado, algo que não é encontrado em Sugar, visto que neste e-book em particular, eu apenas encontrei vulgaridade, e não gostei. 

Sugar não teve nada de hot para mim, não consegui visualizar os personagens, mesmo a narrativa sendo feita em primeira pessoa. As cenas e situações vividas pelos personagens mais me deixaram envergonhada do que estada lendo, do que a sensação de envolvimento que o e-book deveria passar ao leitor. 

Posso não ter uma lista extensa de leituras do gênero erótico, mas sei apreciar este tipo de livro, e gosto de lê-las para sair da minha zona de conforto, mas infelizmente Sugar não atendeu minhas expectativas. As personagens ainda citam e falam muitas frases em inglês para expor seus sentimentos ou situações vividas, achei essas atitudes simplesmente forçadas e desnecessárias. O termo baby é tão falado por Paulo, que me deu raiva, além disso, Flora fala tantos termos estrangeiros, como Oh my Goddness, Oh shit, Bitch e tantos outros, que deixou a narrativa chata; E sim, eu sei os significados de cada um que foi descrito em Sugar, mas os achei desnecessário. 

Eu tinha boas expectativas e esperava encontrar uma história sensual, e que te faz suspirar a cada linha que é lida, mas as vulgaridades do e-book tiveram o efeito contrário em mim, pois como descrevi acima, eu prefiro os eróticos mais romantizados, em que o sexo é algo ligado ao amor, que te deixa tão envolvido, que a cena passa a ser algo prazeroso, mas em Sugar, não é assim, é brutal e nada poético.

Sugar é uma leitura para maiores de 18 anos e recomendo apenas para aqueles que gostam ou apreciam o gênero erótico. Aconselho a tirarem suas próprias conclusões, pois mesmo que eu não tenha gostado da leitura, esta pode sim te agradar. 

***

Esta postagem conta pontos para o Top Comentarista de Março 2014. Se você esta participando, não deixe de comentar para garantir seus pontos e concorrer ao livro Enders.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!