Resenha: O Lado mais Sombrio - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: O Lado mais Sombrio

Resenha: O Lado mais Sombrio

14/04/2014


Título: O Lado Mais Sombrio
Subtítulo: Splintered - Livro 01
Edição: 1
ISBN: 9788581633381
Autora: A.G. Howard
Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
Páginas: 368
Skoob
Avaliação: 
Sinopse: Alyssa Gardner ouve os pensamentos das plantas e animais. Por enquanto ela consegue esconder as alucinações, mas já conhece o seu destino: terminará num sanatório como sua mãe. A insanidade faz parte da família desde que a sua tataravó, Alice Liddell, falava a Lewis Carroll sobre os seus estranhos sonhos, inspirando-o a escrever o clássico Alice no País das Maravilhas. Mas talvez ela não seja louca. E talvez as histórias de Carroll não sejam tão fantasiosas quanto possam parecer. Para quebrar a maldição da loucura na família, Alyssa precisa entrar na toca do coelho e consertar alguns erros cometidos no País das Maravilhas, um lugar repleto de seres estranhos com intenções não reveladas. Alyssa leva consigo o seu amigo da vida real – o superprotetor Jeb –, mas, assim que a jornada começa, ela se vê dividida entre a sensatez deste e a magia perigosa e encantadora de Morfeu, o seu guia no País das Maravilhas. Ninguém é o que parece no País das Maravilhas. Nem mesmo Alyssa...
Sua família foi amaldiçoada, todas as mulheres consideradas loucas e para reverter o que foi imposto, Alyssa precisa consertar o erro cometido por sua tataravó, Alice... 

Alissa podia tentar, mas a similaridade entre sua mãe e sua avó estava estampada em seu ser. Ela podia abafar os zumbidos, as vozes, mas não a verdade. Para salvar sua mãe e a si própria, Alyssa terá que entrar na toca do coelho, seguir até o País das Maravilhas e reparar o que quer que tenha acontecido no passado. 

Mas no País das Maravilhas nada é o que parece ser e nessa jornada perigosa, ela conta com a ajuda de Jeb, seu amigo de infância e do enigmático Morfeu, seu guia na terra mágica. Alyssa compreenderá que o verdadeiro País das Maravilhas é muito mais sombrio... 

O retorno ao País das Maravilhas revela um ambiente assombroso, cheio de segredos e boas aventuras. Desde que a editora Novo Conceito divulgou o Book Trailer de O Lado mais sombrio, eu fiquei encantada pela magia e envolvimento que o livro prometia e claro, uma história em que a decente de Alice vai até o País das Maravilhas, chama a atenção de qualquer leitor, principalmente se estiver familiarizado com a história de Lewis Carrol. 

Em O Lado mais Sombrio, a autora A.G Howard, traz uma visão mais “dark” sobre a aventura de Alice e sua tataraneta, junto com uma maldição que foi imposta para a garotinha curiosa e as mulheres de sua descendência. Personagens como A Lagarta, O Gato de Cheshire, Chapeleiro e tantos outros, estão de volta e Alyssa, nossa protagonista, terá uma árdua tarefa pela frente, ou melhor, tarefas. 

Apesar de o enredo ser bem intercalado, dinâmico e marcante, alguns pontos deixaram a desejar, como a revisão, que está bem mais ou menos, com nomes trocados, falta de pontuação e palavras que não condizem com o texto. Além disso, outro ponto que não apreciei, foi o modo superprotetor de Jeb, que deixou a trama sufocante em alguns momentos, com todo o seu cuidado e proteção que era destinado a Alyssa, como se ela fosse de porcelana... O triangulo amoroso entre Morfeu, Alyssa e Jeb, também não me convenceu, soou forçado e sem química, na verdade, Jeb, foi o personagem que menos gostei durante a leitura. 

No entanto, O Lado mais Sombrio cumpre com seu papel de nos mostrar um lado oculto do País das Maravilhas, um lado nem tão bonzinho ou cheio de flóreos, com certeza esse é o ponto mais alto do enredo, que me cativou bastante, apesar das ressalvas descritas. Vale lembrar que é fundamental ter uma noção da história de Alice no País das Maravilhas, já que a autora utiliza muitos elementos do mesmo, como passagens, personagens, cenas e afins. 

Muito leitores vão se deliciar com essa obra, que entrelaça magia, aventura, mistério e romance.

***

Esta postagem conta pontos para o Top Comentarista de Abril 2014. Se você esta participando, não deixe de comentar para garantir seus pontos e concorrer ao livro O Pessegueiro ou Na companhia das Estrelas.



Sammysam Rosa

Escrito por:

Sammy. Casada e apaixonada por livros. Gosto de literatura policial, suspense e terror. Típica pisciana, sonhadora e curiosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!