Resenha: Cores de Outono - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: Cores de Outono

Resenha: Cores de Outono

13/05/2014


Título: Cores de Outono
Edição: 1
ISBN: 9788576798422
Autora: Keila Gon
Editora: Novo Século (Selo Novos Talentos)
Ano: 2013
Páginas: 440
Skoob
Avaliação:  
Onde Comprar: Saraiva
Sinopse: O inesperado, o impossível, o destino... Quem ama escolhe seus caminhos, vence o medo, ultrapassa a razão, duela com a dúvida entre o certo e o fácil para seguir seu coração. Melissa encontrou em um olhar as revelações de toda uma vida e longe da lógica escolheu o caminho confuso, mas surpreendente do amor. Ela chegou à pequena cidade da montanha com a responsabilidade de cuidar de Alice, sua irmã caçula, esperando uma vida simples. Mas se viu envolvida por Vincent, um estranho arrogante, dono de irresistíveis olhos turquesa que vai levá-la através da sombra e da luz para revelar surpresas inimagináveis de um Mundo Mágico perigoso e fascinante. A cada encontro este homem misterioso amedronta e encanta; desperta sentimentos e a faz duvidar de sua coragem. Mas, antes que Melissa seja arrebatada por esse amor, ela precisa enfrentar elfos, magos e intrigas em um mundo inóspito que testará seu coração. Cores, de outono é o primeiro volume de uma saga mágica que vai instigar emoções e paixões.
Após a morte de sua mãe e de seu padrasto, Melissa decide ir morar com o avô em um vilarejo do interior. Acompanhada de sua pequenina irmã, Alice, Melissa tem que enfrentar as responsabilidades pela menina. Ela prometeu que protegeria Alice e não irá medir esforços para isto. Com a vida segundo seu rumo, Melissa passa a conhecer os mistérios que cercam seus vizinhos da montanha, há vários boatos sobre a família Von Berg, mas com certeza, o mais peculiar é sobre Vicent Dippel, um homem atraente e com humor instável. 

Dippel parece fazer gosto em atormentar Melissa, e ela não compreende o que fez para ter a antipatia desse fascinante homem, que acompanha seus pensamentos. Quando uma grande revelação é feita pelo próprio Vicent, em relação à Alice e os demais moradores da montanha, Melissa se apavora, afinal, como compreender os estranhos acontecimentos que cercam todos esses eventos? E o mais assustador, ela também faz parte dessa revelação, seu destino sempre esteve ligada ao homem de olhos turquesa e muito antes do que ela imaginava. 

Cores de Outono é uma deliciosa aventura mágica, cercada de romance e segredos obscuros. Apesar de no começo, a protagonista não ter conseguido minha simpatia, principalmente por conta do seu gênio forte e implicante, após a revelação, o enredo e os personagens passam praticamente por uma transformação e a narrativa passa ficar mais dinâmica e empolgante. O modo como à autora inseriu o mundo mágico foi cuidadoso e aos poucos, para que Melissa e o próprio leitor compreendessem a magia que cerca todo o enredo.

Além disso, Cores de Outono possui bons ganchos entre os capítulos e Keila vai preenchendo cada lacuna com uma nova novidade, onde a história fica ainda mais curiosa. Sendo narrado em primeira pessoa por Melissa, vemos como a autora conseguiu reproduzir bem sua personalidade; Mesmo eu não tendo simpatizado com ela de início, vejo Melissa como uma das mocinhas mais corajosas que conheci, ela não se deixa levar pelas provações e apesar do perigo, o enfrenta de frente. Vicent é outro destaque no livro, com seu jeito carrancudo e gentil de ser, descobrimos que existem dois lados em sua personalidade, que lutam para domina-lo, um mocinho de filme antigo, com características peculiares. 

Recheado de ótimas descrições, escrita ágil, Keila Gon transporta seu leitor por uma história romântica e cheia de fantasia, conflitos e mistérios. Nem preciso dizer o quanto recomendo, não é? As apaixonadas por um bom romance vão amar o livro, principalmente Vicent. Uma leitura carregada de boas emoções.

***

Esta postagem conta pontos para o Top Comentarista de Maio 2014. Se você esta participando, não deixe de comentar para garantir seus pontos e concorrer aos livros, A Casa do Céu ou Um conto do Destino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!