Resenha: A Donzela e a Rainha - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: A Donzela e a Rainha

Resenha: A Donzela e a Rainha

08/05/2014


Título: A Donzela e A Rainha
Subtítulo: A História Secreta de Joana d'Arc
Edição: 1
ISBN: 9788598903699
Autora: Nancy Goldstone
Editora: Seoman
Ano: 2014
Páginas: 312
Avaliação: 
Onde Comprar: Saraiva / Americanas / Submarino
Sinopse: Esta biografia histórica explora o vínculo misterioso e secreto entre a mundana e poderosa Iolanda de Aragão, rainha da Sicília, e a mística Joana d'Arc. Envolvida na complicada batalha dinástica da Guerra dos Cem Anos, Iolanda defendeu a causa do delfim contra as forças da Inglaterra e da Borgonha, valendo-se de sua inteligência, diplomacia e vasta rede de espiões. Mas o inimigo parecia invencível. E justamente quando as esperanças da França se esvaíam, Joana d'Arc surgiu dos confins do reino dizendo-se portadora de uma mensagem divina - mensagem que mudaria o curso da história, levando por fim à coroação de Carlos VII e ao triunfo da França.

A França estava devastada pelo exército inimigo, várias cidades sucumbiram pela dominação inglesa. A população perderá a fé em seu rei e os inimigos lançavam boatos sobre sua real linhagem. Acompanhado de pessoas de má estirpe e que apenas queria crescer a sua custa, Carlos VII, o delfim e herdeiro do trono, desanimava dia após dia. Os boatos de que era um bastardo e com sua tropa caindo pelas mãos dos ingleses, faziam que Carlos questionasse se era realmente destinado a ser o rei da França. Pedindo auxilio a Deus e que lhe desse um sinal de que fosse mesmo o legitimo herdeiro, o delfim espera que de alguma forma fosse atendido. 

Neste mesmo tempo, uma camponesa de família simples, em um vilarejo distante dos tormentos e informações da guerra, começa a ouvir vozes dos anjos, a qual lhe oriental a procurar o delfim, pois ela tinha sido a escolhida por Deus para expulsar os ingleses e devolver a França para seu legitimo rei. Depois de longos desafios e uma jornada árdua, Joana, a Donzela, finalmente chega até Carlos VII e no meio de tantas pessoas presentes, ela o reconhece e lhe diz o propósito de sua missão, confidenciando as respostas que o delfim pedira a Deus.

Daquele dia em diante, Joana passara a liderar as tropas francesas e um a um, seus inimigos iam sendo derrotados; Suas palavras passaram a ser ouvidas e todos acreditavam que Joana era realmente a escolhida, aquela que foi descrita nas profecias...

“A França, arruinada por uma mulher, será restaurada por uma virgem das marcas de Lorena. (...) Um virgem aparecerá... e, armada, libertará o reio da França de seus inimigos.”

Mas seriam apenas o auxilio celestial que ajudaram Joana a chegar até o delfim? Entre os aliados de Carlos VII, estava também uma mulher poderosa e que faria de tudo pela França, alguém que secretamente estava ali, em apoio a Joana e ao delfim: Iolanda de Aragão.

A peculiar e curiosa história de Joana D’Arc atraiu meu interesse há muito anos atrás. Esta personagem histórica retratada em filmes, jogos e até séries, me chamava muito a atenção, afinal, Joana foi uma guerreira real, sua trajetória foi impressionante e marcante, em A Donzela e a Rainha, Nancy Goldstone traz um relato impactante sobre Joana e os conflitos da França. Dividido em três partes (Antes de Joana, Joana D’Arc e Depois de Joana), este livro traz detalhes profundos sobre a Guerra dos Cem anos e seus principais personagens. 

Não vou mentir ao dizer que esta é uma leitura fácil, pois não é, afinal, é preciso ler com calma, para compreender cada fato ocorrido durante a luta entre ingleses e franceses. No entanto, a autora nos brinda com uma escrita agradável e que envolve a cada página virada. Sem dúvidas esta é a leitura mais diferente que li e também a primeira biografia que tive o prazer de conhecer. Até então, eu nunca havia lido um livro biográfico, mas A Donzela e a Rainha foi algo surpreendente e maravilhoso. A leitura flui bem e pude imaginar tudo que Nancy apresentava.

A melhor parte foi à chegada de Joana, que segundo as fontes e registros, era uma mulher corajosa, forte, cheia de fé e inspiradora. Foi ótimo acompanhar esta história, saber que tudo realmente aconteceu e como foi algo verdadeiro, dá uma sensação diferente ao ler. Joana é um marco extraordinário na história francesa, e não apenas ela, mas Iolanda também. 

Quem procura conhecer a fundo a história de Joana D’Arc, este livro é uma excelente escolha, que mostra a fundo os eventos dessa época. Os leitores de biografias vão adorar A Donzela e a Rainha, um livro recomendo a todos que querem uma excelente obra abundante de informação e envolvimento. 

***

Esta postagem conta pontos para o Top Comentarista de Maio 2014. Se você esta participando, não deixe de comentar para garantir seus pontos e concorrer aos livros, A Casa do Céu ou Um conto do Destino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!