Resenha: Conquista

12/09/2014


Título: Conquista
Subtítulo: Trilogia Sr. Estranho - Livro 02
Edição: 1
ISBN: 9788567028323
Editora: Única
Ano: 2014
Páginas: 288
Avaliação:  
Onde Comprar: Amazon / Saraiva / Submarino / Americanas
Sinopse: O segundo livro da trilogia Devoção best-seller do The New York Times, Wall Street Journal e USA Today. Encontrar Jett foi um verdadeiro azar. Perigoso, imprevisível. Um cara que era melhor evitar. Nesse jogo, porém, as apostas são altas. Vale a pena correr o risco? A continuação da história de Brooke e Jett mergulha de vez nas armadilhas do amor e da sensualidade.
Brooke Stweart sempre achou que esquecer é algo muito difícil. Entretanto, perdoar é impossível. Quando o homem em que ela confiava a traiu, a única opção que ela tinha era seguir em frente. Brooke está determinada a começar uma nova vida, até que encontra Jett novamente: aqueles olhos verdes, sexy como o pecado. O homem que ela desejava. O homem que jogava sujo. O homem que a enganou.
Lindo e arrogante, Jett Mayfield sabe que cometeu erros. Ele poderia ter qualquer outra mulher que desejasse, mas era Brooke que ele queria. Quando uma segunda chance colide com os segredos da alma e Brooke precisa confrontar seu passado, ele se vê determinado a protegê-la. Ela aceita sua ajuda não só porque precisa dele, mas também porque não resiste a seus encantos. Desta vez, porém, o jogo será do jeito que ela quiser.
Neste segundo livro da trilogia Senhor Estranho, J.C.Reed mergulha ainda mais fundo na história de Brooke e Jett. Com descrições ainda mais ousadas e sensuais, a autora traz um enredo envolvente e levando ao ápice o gênero erótico. Para esta resenha fique livro de spoilers, principalmente se você não leu o primeiro livro da série (Devoção), a resenha  vai focar apenas nas minhas impressões sobre a leitura. 

Normalmente, minhas resenhas começam com um resumo do livro em questão, mas para Conquista vou fazer diferente, afinal, não quero revelar nenhum dos segredos que Reed deixou neste livro e posso garantir, há muitas surpresas maravilhas em Conquista. Sinceramente, fiquei com um pouco de receio ao iniciar a leitura, pois fiquei com uma dúvida: Será que autora acabaria ficando na mesma história e consequentemente ficaria repetitiva?

No entanto, Reed me surpreendeu com suas palavras românticas, fortes e cheias de paixão. Jett continua um doce, provocante e tentador, é fácil se apaixonar por este homem; Eu somente pensava: “Brooke fica logo com ele, não deixa escapar!” Brooke, nossa mocinha e par romântico de Jett, a meu ver, mesmo desconfiada e indecisa, é uma personagem feminina das mais legais deste gênero. Ela não é aquela personagem boba e que se deixa influenciar, não é ingênua e  ou recatada, mesmo com as indecisões que são compreensivas, Brook tem uma presença marcante e sabe que deseja Jett mais do que nunca. 

Assim como seu antecessor, Conquista é recheado de cenas eróticas que Reed sabe como as descrever, mas não pense que o enredo é apenas isto, ele também é focado em manter a relação social dos personagens, mostrando uma história  fascinante; A autora sabe como inserir a relação sexual do casal sem parecer forçado ou repetitivo, além de deixar o leitor apreensivo querendo as respostas para as lacunas deixadas no decorrer dos capítulos. 

Conquista não é apenas um livro erótico, ele traz um enredo que cativa o leitor, uma escrita fluida e personagens bem delineados que dá gosto acompanhar. Para os fãs de um bom romance picante, a trilogia de Reed é a minha recomendação, tanto Devoção, como Conquista são ótimos! Aguardo ansiosa pelo terceiro livro, que com certeza fechará a serie maravilhosamente! 

***

Esta postagem conta pontos para o Top Comentarista de Setembro 2014. Se você esta participando, não deixe de comentar para garantir seus pontos e concorrer aos livros, A Maquina de Contar Histórias ou Perdendo-Me.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!