Resenha: Level 2

04/10/2014

Título: Level 2
Subtítulo: As Crônicas da Memória - Livro 01
Edição: 1
ISBN: 9788544100486
Autora: Lenore Appelhans
Editora: LeYa
Ano: 2014
Páginas: 336
Avaliação: 
Sinopse: "Mas, então, eu morri. E agora não consigo dormir. Exceto, porém, quanto tenho acesso às memórias do meu sono. Você não acredita em quantas vezes vasculhei os dezessete anos e 364 dias de minha vida em busca daqueles raros e ininterruptos períodos de letargia, livres de pesadelos. Porque dormir é minha única e verdadeira pausa neste eterno carretel de lembranças, tanto as minhas como as que aluguei."
Desde sua morte prematura, Felicia Ward está presa no Level 2, uma espécie de limbo localizado entre a Terra e o Céu. Junto com seus companheiros, a garota passa horas intermináveis plugada em uma espécie de câmara, revivendo lembranças de seu tempo na Terra e lamentando o que perdeu: família, amigos e Neil, o garoto que amava. Até que uma menina é encontrada morta em uma câmara vizinha e somente Felicia lembra de sua existência.
Ao mesmo tempo, Julian, um cara perigosamente encantador que ela conheceu em vida, aparece para oferecer uma saída. É quando Felicia descobre a verdade: juntando-se à rebelião para derrubar os Morati, anjos guardiões do Level 2, ela poderá estar com Neil novamente. Suspensa entre o Céu e a Terra, Felicia se encontra no centro de uma luta secular entre o bem e o mal.
As lembranças de sua vida voltam para assombrá-la e, com os Morati a caçá-la, a garota vai descobrir que não é apenas a sua própria redenção que está em jogo... Mas a salvação de toda a humanidade.
Apesar de não haver tempo físico, Felícia sabe que esta naquele lugar há uma eternidade. Todos os dias são iguais e apesar de estar morta, ela compartilha o mesmo espaço espiritual com outras garotas, todas possuem a mesma vestimenta e aparência, além de histórias para compartilhar. Mesmo com sua condição, Felícia tem a possibilidade de acessar momentos vividos em vida, cada uma dessas lembranças é assistida em uma câmara especial, projetada para cada uma das almas desse plano e é por meio delas que o tempo poder gasto.

Mesmo que tudo possa parecer igual, fenômenos estranhos começam a acontecer, primeiro um estranho alarme que corta as memórias, seguido pela aparição de Julian, rapaz que Felícia conheceu em vida e que diferente das demais pessoas, possui caraterísticas desiguais ao padrão espiritual dela e de suas companheiras. 

Julian conseguiu ficar apenas um instante, mas o suficiente para transmitir uma mensagem a Felícia. Era a primeira vez que um garoto transpassou as barreiras do plano espiritual. No entanto após uma de suas amigas ter tido acesso a memoria de morte, Felícia compreende que algo muito errado esta acontecendo. O alarme, Julian e agora Beckah, mesmo que ela se lembre desses acontecimentos, ninguém mais recorda. Felícia sabe o que viu e mesmo que esteja morta, louca é que não é. Existe uma grande cadeia de segredos na vida pós-morte e cabe a Felícia descobri-los. 

Cheguei a comentar uma vez que certo livro (este aqui) tinha sido o mais confuso que eu havia lido, mas Level 2 ganhou essa categoria. Ao solicita-lo, pensei que fosse encontrar algo diferente, mas ao finalizar a leitura, constatei que não compreendi nada que a autora queria passar com a história. Alguns pontos ficaram evidentes, como perdão, redenção e superação perante os pecados cometidos em vida. Mas infelizmente não consegui comprar a história de Level 2, que ao meu ver apenas deixou lacunas e dúvidas em suas páginas, apesar do final ter tido uma conclusão, não senti que os eventos foram de fatos explicados. Alguns pontos realmente foram satisfatórios, no decorrer da leitura, como as câmaras de memórias, a possibilidade de sabermos a vida de Felícia antes de sua morte e um cenário pouco explorado em livros (a vida pós-morte); Só que mesmo assim não me senti conectada a Level 2, eu lia em busca de respostas para compreender a leitura e quando pensava que finalmente havia chegada a hora, mais e mais dúvidas surgiam. Por conta dessas inúmeras brechas, que para mim não foram explicadas de uma maneira profunda, fizeram com que a obra ficasse confusa do inicio ao fim.

Ao finalizar Level 2, compreendi que não entendi absolutamente nada, mas não porque o livro tenha sido escrita de uma forma ruim ou algo do gênero, na verdade, eu gostei da escrita de Lenore Appelhans, afinal sua narrativa foram fluidas e me manteve ligada ao livro, mas acredito que apenas o desenvolvimento da obra não foram claros.  Quero terminar dizendo que recomendo que você tire suas próprias conclusões, afinal, Level 2 tem um plano de fundo bom e é provável que você venha a gostar mais do que eu, até porque a compreensão de um livro varia de cada leitor. 

***

Esta postagem conta pontos para o Top Comentarista de Outubro 2014. Se você esta participando, não deixe de comentar para garantir seus pontos e concorrer aos livros, Aconteceu em Veneza ou A Cidade dos Segredos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!