Resenha: O Guardão Invisível

18/10/2014


Título: O Guardião Invisível
Subtítulo: Trilogia do Baztán - Livro 01
Edição: 1
ISBN: 9788501098764
Autora: Dolores Redondo
Editora: Record
Ano: 2014
Páginas: 364
Avaliação: 
Sinopse: O PRIMEIRO VOLUME DA TRILOGIA DAS INVESTIGAÇÕES DA INSPETORA AMAIA SALAZAR. Às margens do rio Baztán é encontrado o corpo de uma adolescente, assassinada em uma cerimônia macabra. No local, há pelos de diversos animais, vestígios de couro e rastros de algo não humano. Ela não foi a primeira vítima nem será a última. A imprensa logo responsabiliza o basajaun pelo crime, uma figura mítica guardiã dos bosques. Agora, Amaia Salazar, a investigadora responsável pelo caso, precisa retornar à sua cidade natal e lidar com fantasmas do passado enquanto busca um assassino em série muito mais aterrador do que pode imaginar.
Quando o corpo da jovem Ainhoa é encontrado, a polícia se depara com uma estranha cena, o corpo foi disposto de uma maneira peculiar e próximo ao ventre da vitima, foi deixado um item incomum. Com vários indícios, a polícia consegue traçar o perfil do assassino, mas Ainhoa não é a primeira a ser morta...

Ao ser designada para resolver esse misterioso caso, a inspetora Amaia Salazar é levada de volta a sua antiga cidade, o vale de Baztán, local onde as vitimas também residiam. Mas ao voltar, Amaia enfrentará mais do que um assassino cruel, ela terá que ter muita força para lutar contra os fantasmas de seu passado, que insistem em atormenta-la dia após dia. Com o caso ganhando destaque nos jornais, a imprensa atribuiu o assassino ao basajaum que segundo a lenda é um protetor das florestas.

Amaia não acredita em seres místicos, mas perceberá que o vale é mais do que se imagina, com seus segredos e mitos. Correndo contra o tempo, a inspetora juntará as peças de um quebra-cabeças minucioso e que lhe abalará para sempre.

Não é uma surpresa que livros policiais sempre serão alvos de minhas resenhas e Guardião Invisível não poderia ficar de fora. Além de contar com elementos típicos do gênero, esta obra tem um elemento a mais, mostrando a autopsia, a elaboração dos planos de ação da polícia, coleta de evidencias e um diferencial marcante, possuir uma segunda história de fundo que casa com o enredo principal maravilhosamente! Afinal, além de apresentar o mistérios dos assassinatos de Baztán, temos ainda a história de Amaia, que se mostrou profunda e com ainda mais segredos a medida que as páginas avançam.

Dolores Redondo criou uma história elaborada, detalhada e surpreendente. Com a narrativa fluida, a autora tece uma teia que prende o leitor desde o primeiro capítulo e não deixa brechas para revolvermos o mistério, que é apenas revelado nas páginas finais, deixando o leitor apreensivo. Uma trama fascinante, que eu adorei acompanhar. Guardião Invisível é primeiro livro da trilogia com a inspetora Amaia e estou ansiosa em saber mais (editora Record, aguardo os demais livros!). Trama ótima e atrativos fundamentais de um romance policial digno, sendo assim, Dolores ganhou um espaço dentre os meus autores favoritos!

***

Esta postagem conta pontos para o Top Comentarista de Outubro 2014. Se você esta participando, não deixe de comentar para garantir seus pontos e concorrer aos livros, Aconteceu em Veneza ou A Cidade dos Segredos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!