Resenha: Desaparecida

17/11/2014


Título: Desaparecida
Autora: Catherine McKenzie
Editora: LeYa
Edição: 1
ISBN: 9788544100615
Páginas: 320
Ano de publicação: 2014
Onde Comprar: 
Sinopse: Emma Tupper não existe mais. E por que não, então, inventar uma nova Emma Tupper? “Só poeira. É como se eu tivesse sido apagada. Transformada em cinzas.” Quem nunca sonhou em recomeçar a própria vida do zero? A jovem advogada Emma Tupper se vê diante dessa oportunidade quando volta para casa, após passar seis meses desaparecida na África. Surpresa, percebe que todos acreditam que ela estava... morta. Emma descobre que sua antiga vida foi apagada. O apartamento onde vivia acaba de ser alugado para um novo inquilino, o misterioso fotógrafo Dominic. No escritório de advocacia, no qual construía uma carreira brilhante com chances de concorrer ao cargo de sócia, sua rival Sophie se apossou não só de seus clientes e de sua sala, mas também de seu namorado, Craig. Enquanto tenta resolver o caos no qual seu mundo se transformou, Emma se questiona: ela era feliz antes de sua viagem à África? Tinha valido a pena se sacrificar tanto em nome do trabalho? Amava Craig de verdade? Queria mesmo ter aquela vida de volta? Romântico e espirituoso, Desaparecida revela a envolvente trama de uma mulher à procura de si mesma.
Após a morte da mãe, Emma recebe uma peculiar herança, uma viagem à África. A mãe de Emma sempre foi apaixonada pelo continente africano e seu maior sonho era visita-lo. No entanto, o que deveria ser uma viagem de trinta dias acaba se alongando por meses. Sem poder entrar em contato com seus amigos e familiares por conta da catástrofe que abateu o continente, Emma não imaginava que todos esses eventos abalassem sua antiga vida.

Quando ela retorna para casa percebe que a chave a qual sempre usou não funcionava mais e que agora um homem desconhecido acabou de mudar para seu apartamento! Dominic não acreditou na história de Emma, mas ao confirmarem os fatos com Tara, vizinha de ambos e conhecida de Emma, ele não tem como deixar a recém-chegada na mão.

Convivendo no mesmo teto que Dominic, ela percebe que este é dos muitos desafios que enfrentara, já que foi dada como desaparecida supostamente morta! Toda a vida de Emma muda drasticamente, seus clientes na agencia de advocacia e seu namorado, agora pertencem a sua inimiga mortal: Sophie! Além disto, sua melhor amiga foi à África atrás dela e por mais estranho que pareça, ela não atende o celular.

Agora Emma precisa preencher cada lacuna deixada e encaixar seus passos de volta nos trilhos, mas será que é a vida antiga que ela deseja? Ou a melhor escolha seria encarar novas possibilidades?

Desaparecida foi uma leitura ótima! Eu fiquei apaixonada pelo enredo, a qual deixa aquela sensação maravilhosa ao ler. A autora criou uma obra tão cheia de sentimentos e reflexão que o leitor é estimulado a querer saber mais e mais sobre as escolhas de Emma. Fora isto, os personagens são tão reais e admiráveis que fosse impossível não ama-los e torcer por um final feliz, principalmente para Emma. Acredito que a autora foi feliz no desfecho do livro, no qual acabou sendo lindo e exatamente como eu esperava, mas conclui que ficaram algumas pontas soltas a serem respondidas, o que poderia ser feito em um conto, por exemplo, só para deixar o leitor matar a saudade. 

Li Desaparecida em e-book, por tanto, não tenho ressalvas sobre a diagramação, quanto a revisão, na versão digital está ótima! 

***

Esta postagem conta pontos para o Top Comentarista de Novembro 2014. Se você esta participando, não deixe de comentar para garantir seus pontos e concorrer ao livro, O Homem Perfeito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!