Resenha: Legado de Sangue - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: Legado de Sangue

Resenha: Legado de Sangue

15/11/2014


Título: Legado de Sangue
Edição: 1
Autora: Raquel Pagno
Editora: Idependente
Páginas: 373
Ano de publicação: 2013
Avaliação: 
Sinopse: Carmem sempre ouvira as tristes histórias de Francesca. Adorava cada frase saída da boca enrugada da avó, mas sentia que a verdade estava escondida nas linhas de seu rosto, presa em um coração saturado de sofrimentos. Foi em uma noite de lua cheia que ela finalmente lhe contara a verdade: seu antepassado era um vampiro, Carmem era a herdeira do Rubi de Sangue e do poderoso sangue das bruxas, o único alimento capaz de saciá-lo completamente, e que ao mesmo tempo era para ele mais letal do que qualquer veneno; e era a única capaz de gerar um filho para salvá-lo da extinção. Apaixonada, Carmem segue o seu caminho rumo ao destino que a aguarda. Miguel deseja o seu sangue, e ela, a imortalidade dele.
Fugindo dos horrores da guerra, Francesca parte com seus dois filhos para a América, mas o que deveria ser uma viagem para liberdade e esperança torna-se um pesadelo que parece não ter fim. Tratados em condições deploráveis, Francesca vê a sim mesma e suas crianças definharem dia após dia.

Quando finalmente a viagem chega ao seu destino, todos os fugitivos da guerra passam por uma escolha pelos donos de fazendas, para trabalharem em troca de comida e abrigo. Como a situação que Francesca passou foi alarmante, ela não suporta e desmaia naquelas terras desconhecidas. Ao despertar, a surpresa, tanto ela como seus dois filhos, Teresa e Marco, foram levados para um casarão esplendoroso, cheio de riquezas, criadagem e fartura. Tudo parecia irreal, um sonho, como um conto de fadas, no entanto, essa realidade tinha um preço, um custo tão alto, que amaldiçoou Francesca e sua família até os dias de hoje.

Carmem não conseguia acreditar nas palavras da avó, só que algo dentro dela tinha convicção naquele relato e somando com a forte sensação que ela sentia em relação ao casarão da família, a qual clamava por sua presença, Carmem tinha somente uma única maneira de descobrir a verdade. Teresa tentou, mas infelizmente não conseguiu afastar sua menina do mal que habita aquelas paredes.

Carmem perceberá que é a única capaz de cumprir o pacto feito por sua avó Francesca a muito tempo atrás, afinal, em seu sangue corre uma linhagem poderosa, capaz de saciar o desejo insano da sombra presente no passado de Miguel...

É a primeira vez que leio a obra de Raquel Pagno que me surpreendeu com sua escrita fluida, com seus personagens bem estruturados e trama envolvente. Legado de Sangue é arrepiante, cruel e sedutor, uma obra cativante, com ganchos interligados e narrativa admirável, a qual o leitor rapidamente é encantado pelas palavras da autora e ao fim, chega a conclusão que a obra é arrebatadora.

Legado de Sangue é um livro intenso que recomendo a leitura, principalmente para os fãs de histórias vampirescas.

***

Esta postagem conta pontos para o Top Comentarista de Novembro 2014. Se você esta participando, não deixe de comentar para garantir seus pontos e concorrer ao livro, O Homem Perfeito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!