Resenha: Sete Cabeças

24/11/2014


Título: Sete Cabeças
Edição: 1
Autor: Bruno Godoi
Editora: Empríreo
ISBN: 9788567191058
Ano: 2014
Páginas: 304
Avaliação: 
Onde Comprar: Saraiva
Sinopse: Quem ama suspense sobrenatural vai encontrar em Sete Cabeças uma história intensa e cheia de mistérios. Para transportar o leitor para um mundo novo, onde as coisas nem sempre são o que parecem, Godoi usa uma das mais intrigantes ferramentas que um autor tem nas mãos: a alma humana. Sete Cabeças conta duas histórias paralelas, mas com profundas relações entre si. Em “Caso 132”, conhecemos Anton Levey, um detetive que precisa solucionar um bizarro assassinato e se vê em meio a um roteiro noir de sua própria vida. Em “Frigorífico” é a vez de Eric Blair desvendar perigosos segredos para tentar salvar a si mesmo. Depois de acordar em um ambiente desconhecido ao lado de duas pessoas estranhas, ele precisará aceitar participar de um jogo macabro se quiser tentar permanecer vivo.
O detetive Anton Levey foi designado para resolver um misterioso assassinato. Um corpo no banheiro em um restaurante e as evidencias na cena brutal são alarmantes, com inúmeros sinais estranhos, números e citações bíblicas, além de uma imagem... Uma cabeça, dez cifres...
Para desvendar esse mistério, Anton enfrentará a escuridão que o rodeia, a cada novo passo, uma incógnita, uma resposta assustadora...

O detetive Eric Blair é encarregado de assumir o caso do Frigorífico mal assombrado, no entanto, ao acordar em um local desconhecido e acompanhado de um professor e um açougueiro. Eric teme que os três acabassem sendo peças de um jogo macabro...
Um teste psicológico que colocara a vida do detetive, do professor e do açougueiro em risco. Serão eles capazes de resistir ao mal que espreita na escuridão?

Dois casos, dois detetives... O que Anton e Eric possuem em comum? O que os levou a serem meros peões neste jogo?

É difícil escolher palavras para descrever um livro que gostei tanto, acredito que muitos pensam assim, afinal, as frases vão e vem, mas na hora de escrever, eu fico em duvida se elas terão o mesmo impacto que senti ao ler Sete Cabeças, um livro que reúne suspense, mistério e que faz seu leitor ficar aflito a cada página, a cada palavra.

Como diz a chamada do livro: O escuro nunca foi tão surpreendente. Esta frase se encaixa perfeitamente na obra de Bruno Godoi, um autor que a meu ver é o nosso Stephen King brasileiro, com sua narrativa sombria, profunda e cheia de segredos, Godoi realmente surpreende em cada um de seus livros. Ano passo li O Grito Vermelho, também do Bruno e fiquei fascinada pelo enredo e aguardava ansiosa para ler mais histórias dele, até porque seu talento para o suspense é de tirar o folego!

Quando eu soube da publicação de Sete Cabeças, minhas expectativas estavam a mil e para minha surpresa, me deparei com um enredo tão bom e maravilhoso quanto O Grito Vermelho! Fui envolvida pela narrativa de Sete Cabeças, o enredo flui muito bem e o final foi uma surpresa de deixar o cabelo em pé! Um detalhe importante que devo mencionar é a respeito da narração e divisão da história. Como descrito acima, temos dois casos para acompanhar, um com Levey chamado de O Caso 132, e outro com Blair, Frigorífico, as duas histórias estão ligadas entre si apesar de terem suas diferenças. Para dividi-las, temos então Atos, seguidos por Cenas, esses dois elementos começam com o enredo de Anton e após terminar seu primeiro Ato, conhecemos a história de Eric, assim como seu primeiro Ato.

O livro vai decorrendo entre os atos e cenas, em cada um, temos a ambientação dos personagens, os segredos, suspense e mistério, apenas no final, é respondido a ligação entre eles. Quanto à narrativa, tenho que dizer que gostei muito, o autor fez de um modo diferente do que normalmente encontramos em um livro, Bruno reuniu o estilo lírico e o teatral para compor a narrativa de Sete Cabeças, fazendo com que a atmosfera da obra ficasse poeticamente sombria e espetacular! Mesmo sendo uma narrativa diferente da convencional, Bruno Godoi fez com que a leitura fosse tão envolvente que você acostuma-se rapidamente com o estilo proposto.

Para terminar está resenha, quero parabenizar a editora Empíreo pela edição de Sete Cabeças, que esta impecável! Diagramação linda e revisão dez! E claro, parabéns ao autor por mais um livro sensacional! 

***

Esta postagem conta pontos para o Top Comentarista de Novembro 2014. Se você esta participando, não deixe de comentar para garantir seus pontos e concorrer ao livro, O Homem Perfeito.

16 comentários:

  1. Amei a capa desse livro. Ele parece ser muito interesante!
    Bjss..
    http://stylishsgirls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um ótimo livro, gostei demais. :D

      Excluir
  2. Sammy, fiquei com muita vontade de ler o livro por causa de sua premissa ser bem diferentes dos livros que estou acostumada a ler! Quando eu ler, venho te contar o que achei :)

    Beijos,
    Caroline, do criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba! Conta sim, estou ansiosa para saber o que você irá achar de Sete Cabeças. :D

      Excluir
  3. Olá Sammy, como vai? Nossa, que resenha e que livro perfeitos poxa! Estou apaixonada pela capa e a premissa dele me fascinou. Sou simplesmente apaixonada por suspense, mistérios para descobrir e este com certeza entrou na minha lista. Com certeza irei querer ler em breve. Parece ser bem interessante mesmo.
    Parabéns pela resenha e fico feliz que tenha gostado da leitura.
    Beijos e sucesso.
    chuvaelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como você gosta do gênero, tenho certeza que vai amar Sete Cabeças! :D

      Excluir
  4. Interessante o jeito que ele fez a narrativa, essa coisa de atos e cenas não é muito comum pra gente né? Desde quando lançou esse livro eu to super interessada nele, parece ser um livro de extrema qualidade, com esses dois casos super estranhos. O do frigorífico até me lembrou jogos Mortais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei a mesma coisa quando li Frigorífico. xD Demorei um pouco para acostumar com a narrativa, mas depois conclui que foi uma ótima escolha para dar mais enfase ao enredo. :3

      Excluir
  5. Nossa esse livro parece ser ótimo, curto muito suspense sobrenatural, fiquei doida pra ler!
    Milena Soares

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, fico feliz em saber. :D

      Excluir
  6. Olá Sammy tudo bem, quando vc mencionou O grito vermelho lembrei do enredo e lembro de ter gostado da história, e desse livro Sete Cabeças o autor explora muito o suspense e enigmas, eu até gosto desse gênero apesar de não ser minha zona do conforto, mas é um livro que instiga a imaginação né!
    Bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem diferente de O Grito Vermelho, mas com a mesma essência que o Bruno dá aos suspense, muito bom, espero mais livros dele. :D

      Excluir
  7. Oi Sammy!
    Parece ter sido uma leitura bem gostosa não. Com sinceridade, eu ainda não compraria pela capa. Achei muito feia D: e suspense não é muito comigo.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo, rs. Foi uma leitura muito gostosa, li em pouco tempo. xD

      Excluir
  8. nao curto mt suspense sobrenatural e a capa deixa mt a desejar !

    ResponderExcluir
  9. O livro tem um ar misterioso e com suspense que gosto muito nos livros, eu adoro um livro policial, e ja estava de olho no livro, mas tinha duvidas se comprava ou não, mas agora eu quero ler.
    Achei legal ter dois narradores ou me enganei....o livro parece ser bom, adorei a sua dica, beijos.

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!