Resenha: Prisioneiros do Inverno

23/12/2014


Título: Prisioneiros do Inverno
Edição: 1
Autora: Jennifer McMahon
Editora: Record
ISBN: 9788501062949
Ano: 2014
Páginas: 350
Avaliação: 
Onde Comprar: Amazon (Versão Física)
Sinopse: Muitos acreditam que a pequena cidade de West Hall seja mal-assombrada. Ao longo de sua história, vários casos de pessoas desaparecidas foram registrados na região mistérios nunca desvendados. Alguns moradores inclusive juram que o espírito de Sara Harrison Shea, encontrada morta em 1908, ainda vague pelas ruas à noite.
A jovem Ruthie acredita que tudo não passa de uma grande bobagem. Porém, quando sua mãe desaparece sem deixar vestígios, ela começa a desconfiar de que aquela região guarda algum mistério, e suas suspeitas são reforçadas quando ela e a irmã encontram uma cópia do diário de Sara escondido em casa. Na busca pela mãe, Ruthie encontra respostas perturbadoras, e ela pode ser a única pessoa capaz de evitar que um grande mal aconteça.

West Hall é conhecida como uma cidade mal-assombrada, cercada de lendas e desaparecimentos sem solução. O mito mais assustador é o de Sara Harrison Shea, que após a morte da filha, foi brutalmente assassinada, os moradores de West Hall acreditam que Sara ainda caminha entre os vivos e para evitar que o espirito os assombre, é deixado oferendas para ela.

Mesmo tendo passado cem anos, a história de Sara ainda é motivo de temor, principalmente porque foram publicadas notas do diário da jovem, um livro cheio de segredos obscuros e perturbadores. Ruthie não sabe mais no que acreditar. Quando ela e a irmã encontram o diário de Sara escondido no quarto da mãe, elas partem em buscam de respostas, mas os segredos escondidos nesse caminho podem revelar um grande mal, algo que deve permanecer nas sombras...

Intenso e assustador, Prisioneiros do Inverno me deu medo, muito medo, foi um dos livros que mais assustadores desse ano no momento, sua história macabra e ao mesmo tempo evolvente é de arrepiar. Thrilles são os meus queridinhos e Prisioneiros do Inverno possui todas as qualidades que espero neste gênero, McMahon desenvolveu um enredo com mistério e suspense, que me fez ficar grudada na leitura do inicio ao fim, finalizei a leitura de madrugada, morrendo de medo de dormir (risos), a autora criou uma narrativa fluida, que prende a atenção de seu leitor, com muitos segredos e ótimos ganchos.

A narrativa é feita em terceira pessoa, na maior parte do tempo e em primeira nos relatos de Sara, que aliais foi à parte mais macabra de todo enredo. Sem dúvidas, Prisioneiros do Inverno é uma obra que envolve tanto por seus personagens, como por seus segredos. Leia e compreenda o motivo de querer deixar as luzes acessas após a conclusão de obra maravilhosamente assustadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!