Retrospectiva Literária 2014 - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Retrospectiva Literária 2014

Retrospectiva Literária 2014

31/12/2014


O Retrospectiva Literária 2014 foi criado pela Angélica do Pensamento Tangencial, que corresponde a uma série de questões sobre as leituras do ano. Essa é a segunda vez que participo da Retrospectiva, eu ia fazer diferente esse ano, mas estava sem ideias, quando fui visitar o blog da Angélica, vi o banner e as regras de participação, então decidi participar, afinal, são questões ótimas para esse tipo de postagem.

A aventura que me tirou o fôlego


A duologia Casa de Segredos foi a aventura mais divertida e emocionante de 2014! Eis um livro juvenil, que todos deveriam ler, principalmente os amantes de livros, afinal, Brendon, Cordelia e Eleanor vivem aventuras nos mundos dos livros! E olha são aventuras perigosas, cheias de segredos e contagiante. Tanto o primeiro, quando o segundo livro são ótimos e ganharam a categoria "Aventura que me tirou o fôlego.

O terror que me deixou sem dormir


Prisioneiros do Inverno não é exatamente um livro de terror, ele contem mais suspense e mistério do que o terror, mas foi o livro que me tirou o sono. Eu tive pesadelos depois de ler esse livro. Minha curiosidade era tanta, que acabei lendo de madrugada, e quando terminei, fiquei impressionada e para dormir foi difícil. Até agora não consigo ler a palavra "Titia" sem sentir calafrios (somente quem leu vai saber o motivo).

O suspense mais eletrizante


Essa categoria não podia ser de outro livro! Nosferatu é intenso, um suspense sem igual, Joe Hill se superou neste livro, tanto a história quanto seus personagens são perfeitos, o final, de deixa de cabelo em pé! Não vejo a hora de ler outras obras dele, sem dúvidas ele herdou o talento do pai e com Nosferatu, o autor mostra seu grande talento.

O romance que me fez suspirar


A mais bela Estrela, o romance mais fofo, lindo e encantador! Estrela - Em busca do Amor Eterno é tão bonito! Inspirado na lenda da deusa Selene, a autora Josy Stoque me surpreendeu. Eu já conheci outras obras dela, mas Estrela é tão diferente, tem o jeito doce da escrita da Josy, mas tem um brilho a mais, perfeito do inicio ao fim!

A Saga que me conquistou


Uns amam, outros nem tanto, mas sou do time que amou a saga Encantadas! Meu favorito é Feitiço, mas tanto ele, quanto Veneno e Poder foram ótimos. Sarah remodelou os contos de fadas, os deixando mais sombrios, adultos e um tanto eróticos, com sua escrita acida, a autora ousou e claro, eu amei!

O livro que me fez rir


Cheio de atividades, dicas e lições de como ser uma pessoa azeda, o livro inspirado no sucesso Grumpy Cat me divertiu muito! Leve e rapinho de ler, Um livro azedo me fez rir assim que chegou (risos).

O livro que me fez chorar


Foi um pouco dificil encontrar um livro para essa categoria, mas Amigas para Sempre foi a minha escolha. Não digo que chorei de ficar sentida e tal, mas as lágrimas vieram, pois conforme a leitura seguia, me lembrei de uma amiga e foi complicado não me emocionar, já que estou longe dela e a falta que sinto é grande, ler um livro que fala sobre amizade, me fez lembrar dela e consequentemente ficar com os olhos cheios de lágrimas. Claro, a história também influenciou, mas a saudade da minha amiga foi o ponto alto e não deu para não lembrar dela ao ler Amigas para Sempre.

O livro de fantasia que me encantou


Esse ano li poucos livros de fantasia, mas mesmo assim, conheci um muito interessante, que me encantou tanto pela história como pela protagonista de língua afiada! A Guerra dos Fae - As Crianças Trocadas, ganhou a categoria de fantasia que me encantou! 

O livro que me decepcionou


Esse livro já apareceu recentemente aqui no blog, na Tag Chatices Literárias e sim, foi o livro que mais decepcionou em 2014. Infelizmente não vi originalidade no enredo, que aliais é idêntico a Harry Potter, se fosse uma inspiração, com alguns elementos parecidos, mas que tivesse algo de novo, alguma coisa que fosse única, eu relevaria, mas Firewitch's não conseguiu me conquistar, foi complicado ler esse livro e apesar ter eu ter o segundo no meu aplicativo Kindle, não pretendo ler. 

O livro que me surpreendeu


Proibido me surpreendeu de inúmeras formas. É um livro tenso, com um tabu difícil de discutir, mas que traz questionamentos para qualquer um que o lê. Não vou negar, Proibido não é para todo o tipo de leitor, é preciso ter mente aberta para compreender a história de Lochan e Maia, dois irmãos que se amam como homem e mulher. Foi tocada por essa leitura, fiquei com uma ressaca literária grande e eu não conseguia pensar em nada, apenas no final dessa leitura tão surpreendente. Recomendo!

O thriller psicológico que me arrepiou


Vários livros podiam entrar nessa categoria, mas escolhi Os Três por ser o mais diferente, aquele que deixou mais perguntas do que respostas e que foi um daqueles que me arrepiou. 

O livro mais criativo


Todo Geek tinha que ler esse livro, que além de criativo, vai dar ótimas dicas tanto para as garotas, como para os garotos que procuram seu Player 2!

O infanto-juvenil que se superou


Ambos, enredo e autora se superaram neste volume. Tempestade de Areia veio para deixar Crônicas de Myríade mais intenso e até mais adulto. Para mim, já é um livro mais juvenil que seu antecessor, que mesmo tendo sido muito bom, é ofuscado pela continuação que está grandiosa. Estou ansiosa pelo terceiro livro.

A capa mais bonita


Capas bonitas ganham o público e sim, eu amo capas bonitas e julgo um livro pela sua capa, afinal, ela é o chamariz, a entrada do leitor para a história. Dentre as obras que tenho, sem dúvidas O Lado mais sombrio, da editora Novo Conceito, ganha esta categoria! Parabéns ao capista pela arte deslumbrante!

O livro que li em um dia


Contendo quatro contos de diferentes autores, O Livro dos Vilões foi uma leitura fluída e que terminei em um dia, mesmo sendo um pouquinho grande, tem mais de 300 páginas se não me engano, li rapidamente, pois os contos são envolvente e por serem histórias únicas, é a leitura que facilmente dá para ler em um dia.

O primeiro livro que li no ano


Comecei muito bem 2014 com o livro Intueri, da autora Paula Vendramini! A leitura foi ótima, respondeu várias questões do livro um e ainda deixou pontas abertas para o terceiro livro, que já estou louca para ler (risos).

O último livro que terminei


Fechando 2014 com chave de ouro, terminei o segundo livro das Crônicas das Irmãs Bruxas! É muito amor por essa série e este livro ficou ainda melhor que o primeiro, recomendo a leitura!

O livro que abandonei


O motivo de Memórias da Lua Cheia estar aqui, é pela razão de ter sido o último livro que abandonei em 2014, mas não é um abandono definitivo, pois irie voltar a lê-lo em 2015, me recuso a deixar esse livro para trás, pois é uma obra que eu queria a tempos, foi presente, conheço a autora e tenho para mim que ainda vou me surpreender com ele. Parei a leitura pois estava muito parado e como fazia parte da maratona, decidi dar um tempo para concluir a primeira fase do desafio. No entanto, Memórias da Lua cheia não foi o único que abandonei, (teve o livro Um conto do Destino e Absoluto que são os únicos que não tenho intenção de ler novamente), mas Memórias será aquele que vou sim continuar pelos motivos que já citei e só o incluir porque eu queria explicar o motivo para tal feito.

O(a) personagem do ano


Forte, determinada, Virgília é a personagem do ano! Para conhece-la? Basta ler O Medo de Virgília, novo romance da autora Rosa Mattos. Virgília é uma das minhas queridas personagens, e não foi difícil escolhe-la, ela me cativou com seu jeito, com seus medos e modos tão reais.

O casal perfeito


O casal de 2014, os mais perfeitos para mim foram: Alexia e Lord Maccon, só de pensar neles já suspiro! Gente que amor esses dois, tão lindos juntos! Não vejo a hora de ler Metamorfese? e Inocência? para revê-los! Detalhe, a arte acima é referente ao mangá Alma?, e bem, eu achei linda demais essa arte, é bem como imaginei os dois (risos).

O melhor livro nacional


Muitos nacionais me surpreenderam esse ano, só que Sete Cabeças do autor Bruno Godoi foi o meu escolhido, como sabem, suspense, mistério e tudo que tiver o sobrenatural, vai entrar na minha lista de leitura, já que são elementos que adoro! Sete cabeças traz tudo que amo e não podia faltar na retrospectiva e claro, foi um dos melhores livros que li em 2014.

O melhor livro que li em 2014


Sim, Proibido ganhou mais uma categoria aqui no blog! Tive leituras excelentes neste ano, só que Proibido foi sim o melhor de todos, por toda carga dramática, por sua história, por seus personagens, pelo talento da autora, Proibido mereceu estar aqui como o melhor livro de 2014 que eu li!

Li em 2014 ....... livros



Li em 2014 ....... páginas



Comprei em 2014 ....... livros



A minha meta literária para 2015 é:



***

Então pessoal, é isso! Espero que tenham gostado da minha retrospectiva! Agora quero saber a de vocês, comentem e digam qual a sua meta, o livro que mais gostou, o que menos gostou e etc, vou adorar saber!

Feliz ano novo para todos! Até 2015!

Sammysam Rosa

Escrito por:

Sammy. Casada e apaixonada por livros. Gosto de literatura policial, suspense e terror. Típica pisciana, sonhadora e curiosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!