Resenha: Montanha da Lua - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: Montanha da Lua

Resenha: Montanha da Lua

30/03/2015


Título: Montanha da Lua
Edição: 1
Publicação Independente
Autora: Mari Scotti
Ano: 2014
Páginas: 200
Avaliação:  
Sinopse: Há séculos uma verdade acompanha cada herdeiro do ducado de Bousquet: A Maldição dos Hallinson’s.
Conta-se que a tragédia os acompanha, levando à morte as esposas em seu primeiro ano de matrimônio. Geração após geração, aprendem sua sina e a regra a seguir para possuir uma união frutífera e longa.
Octávio Hallinson Segundo sofre as consequências de não seguir estes ensinamentos. Viúvo, isolou-se da sociedade, fugindo da responsabilidade de casar-se novamente para providenciar um herdeiro para seu título. 
Um homem marcado pela dor.
Mical Baudelaire Nashgan sempre foi uma mulher decidida, enfrentando as ordens de sua tia e negando-se a seguir o protocolo que obrigava mulheres a procurar maridos apenas por posse de títulos e dinheiro e não por amor.
O posicionamento contraditório aos costumes afastou os candidatos, tornando-a uma das únicas solteironas que sua província conheceu. A mais bela dentre elas.
Uma tragédia a coloca frente aos perigos da floresta aos pés da Montanha da Lua e seu futuro torna-se incerto e assustador.
Já citei algumas vezes no blogue e jamais cansarei de afirmar o quanto admiro o trabalho de Mari Scotti, minha escritora predileta e a criadora de histórias tão marcantes! Mari escreveu a série Híbrida e a série Nifilins, li Insônia, Sonhos e Híbrida, além de contos escrito por ela e agora venho trazer minha opinião sobre o novo enredo criado pela Mari. Diferente das séries Híbrida e Nifilins que são livros com pegada sobrenatural, Montanha da Lua é um romance de época e muito bem elaborado! A diferença entre gêneros tão distintos me fez apreciar ainda mais o trabalho da Mari, conhecendo sua escrita nos livros anteriores, vejo em Montanha da Lua uma evolução diferente e ainda esplêndida! Fiquei extremamente contente ao constatar uma escrita fluída, personagens apaixonantes e enredo tão cativante, características que Mari conduz em seus livros e que em Montanha da Lua fica ainda mais evidente.

Quando me aproximei da metade da história, pensei em parar a leitura para o dia seguinte, mas quem disse que consegui aguentar! O envolvimento que o leitor tem o enredo é forte e você quer saber cada detalhe sobre Mical e Octávio, sendo difícil pausar a leitura. Terminei Montanha da Lua querendo muito mais, é uma trama graciosa e muito envolvente, que fica complicado dizer adeus. Montanha da Lua foi publicado capítulo por capítulo no Wattpad, e ler essa história inédita da Mari, deixou-me alegre! Afinal, nada melhor do que um bom romance de época, que junto com personagens fortes, momentos hots e muitos segredos, tende a conquistar o leitor por completo!

Mical é uma jovem forte e decidida, jamais aceitou casar-se por obrigação, ela queria um casamento por amor e recusou todos os pretendentes que sua tia arrumava. Com tantas recusas, Mical tornou-se uma solteirona, era cobiçada por sua beleza, mas já havia passado da idade de casar-se e até gerar um filho. Acostumada com a solidão, julgou que jamais iria se apaixonar, no entanto, o destino teima em lhe dar surpresas e ao conhecer Octávio, sua vida muda completamente.

Octávio Hallison é um homem amargo, sua vida tinha sido devastada pela culpa e dor, tudo porque a maldição de sua família, jamais deixou de lhe acompanhar. Há séculos os Hallison’s são fadados a terem que escolher o amor ou a infelicidade. Toda amada esposa de um Hallison é fadada a morte, se ele a ama, ela morre, todo o homem da família carrega consigo esta sina, nunca lhes é permitido amar e quando acontece, a morte lhe tira sua felicidade. Octávio amará uma jovem e esta teve um final trágico assim como qualquer outra mulher Hallison e por conta desta dor e de não conseguir proteger quem ama, Octávio fechou-se para o mundo, mas em um dia de muita neve, seu caminho cruza o de Mical e o que deveria ser apenas uma peça do destino, lhe abala o coração.

Com sua personalidade tempestuosa e seu gênio forte, Mical acaba conquistando a atenção de Octávio e este por sua bravura e generosidade em salvar, cuidar e ampara-la, lhe torna a pessoa mais importante. Mical havia se apaixonado, mas entenderá que Octávio jamais iria se casar por amor, a maldição é um marco que os assola e o empecilho de lhes dar a felicidade.

Séria esse amor forte o bastante para vencer as provações e medo? Se algo acontecesse a Mical, Octávio jamais iria se perdoar, mas até que ponto ele poderia afastar a maldição? Havia somente uma escolha, mesmo que isto lhe fizesse infeliz, ele não deixaria que Mical sucumbisse.

Montanha da Lua é narrado em primeira pessoa, em sua boa parte por Mical e o mais interessante é que Mari ainda disponibilizou a perspectiva da história por outros personagens, como Octávio e até mesmo a tia de Mical ganha sua narrativa, o segredo que ela guarda com certeza foi o mais chocante! Os capítulos estão em um tamanho ótimo e com a escrita fluida da autora, a leitura torna-se envolvente. Gostei bastante do cuidado da Mari a respeito da época, costumes e falas, afinal, em um romance desse gênero é fundamental que esses tipos de detalhes sejam contrastantes, e por ser seu primeiro romance de época, a autora se saiu maravilhosamente bem!

Não posso negar, envolvi-me com o belo, porém turbulento romance de Mical e Octávio, eles são lindos juntos! Mari criou mais um casal literário que amamos torcer e suas cenas juntos foram lindas, isto sem contar os momentos quentes e sensuais, que a meu ver ficaram bem escritos, hot na medida certa! Enfim, eu não poderia deixar de expor minha opinião sobre mais uma cativante obra de Mari Scotti, mas quero dizer que a cada nova história criada por ela, fico ainda mais admirada por seu talento, seu modo de expressar de criar um enredo, a elaboração e personagens, são tão marcantes, vividos, que me surpreendo mais e mais!

Para quem ama um romance de época, recomendo demais a leitura de Montanha da Lua e prepare-se para ser arrebatado por uma história formidável!

Quem quiser o exemplar físico de Montanha da Lua (sim a Mari irá imprimir alguns exemplares!), mande um e-mail para: (mari.scotti@hotmail.com). A autora explicará via e-mail como funcionará a aquisão do exemplar físico.

Um comentário:

  1. Meu comentário sumiu, mas vou comentar de novo então. Obrigada pela resenha, por ler e por apoiar mais esta história! Vc é demais Sam!!

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!