Resenha: Inferno - Dan Brown - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: Inferno - Dan Brown

Resenha: Inferno - Dan Brown

22/09/2015


Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580411522
Ano: 2013
Páginas: 448
Avaliação: 
Onde Comprar: Amazon
Sinopse: Neste fascinante thriller, Dan Brown retoma a mistura magistral de história, arte, códigos e símbolos que o consagrou em "O Código Da Vinci", "Anjos e Demônios" e "O Símbolo Perdido" e faz de Inferno sua aposta mais alta até o momento.
No coração da Itália, Robert Langdon, o professor de Simbologia de Harvard, é arrastado para um mundo angustiante centrado numa das obras literárias mais duradouras e misteriosas da história: O Inferno, de Dante Alighieri.
Numa corrida contra o tempo, ele luta contra um adversário assustador e enfrenta um enigma engenhoso que o leva para uma clássica paisagem de arte, passagens secretas e ciência futurística. Tendo como pano de fundo poema de Dante, e mergulha numa caçada frenética para encontrar respostas e decidir em quem confiar, antes que o mundo que conhecemos seja destruído.
Se me perguntassem há três anos, se eu leria outras obras de Dan Brown, minha resposta seria: Não. Mas com a publicação de Inferno, inspirado na obra de Dante Alighieri, A Divina Comédia, eu fiquei curiosa e interessada nesta nova aventura do professor Robert Longdon. Inferno foi um presente de amigo secreto que ganhei ano retrasado e apesar da minha curiosidade sobre a história ter sido grande, a obra ficou parada em minha estante.

Não vou negar, eu ainda tinha duvidas se iria gostar desta trama de Brown e isto se deve ao fato de que ao ler O Código da Vince, fiquei frustrada com o ritmo lento da narrativa e ao fim, minha primeira experiência com o autor foi angustiante, eu esperava mais de O Código da Vince e por não ter gostado tanto da leitura, pensei que jamais leria algo de Dan novamente. No entanto, três anos depois, aqui estou resenhando a mais nova trama do autor: Inferno. Pode se dizer que literalmente, mordi a minha língua, como diz o ditado. 

Inferno traz mais uma vez o ilustre professor Robert Longdon, que acorda em um hospital após um pesadelo assustador em que uma mulher lhe implora para encontrar algo. Sem saber como chegou até o hospital e da razão de estar ali, Robert se surpreende ao constatar que não se lembra de nada das últimas 36 horas. A jovem médica Sienna Brooks lhe explica que sua situação era grave quando chegou ao hospital, sujo de sangue e repetindo apenas uma única palavra: Very Sorry. E o mais espantoso é saber que esta em Florença, sem ao menos ter ideia do motivo.

Quando uma assassina chega até o hospital, Robert não tem tempo de raciocinar sobre sua condição e com a ajuda de Sienna, ambos conseguem escapar, mas esse é apenas o inicio da jornada do professor. Ao revelar o estranho artefato que encontrou no paletó de Robert, Sienna perceberá que a missão dos dois não é apenas restaurar a memória de Longdon, mas também resolver um estranho quebra-cabeça relacionado com a Divina Comedia de Dante Alegheri. O tempo é escasso e Robert precisa juntar todas as peças antes que o inevitável aconteça. 

Inferno é recheado de investigação, mistério e ação. Os capítulos são intercalados entre Robert e os demais personagens, tudo narrado em terceira pessoa. Comparada ao O Código da Vince, o ritmo de Inferno é mais ágil e intenso, além de trazer muitas expectativas. Além disto, a ameaça que Robert enfrenta, convenceu-me muito mais do que a vista em O Código da Vince. Eu fiquei satisfeita com o desfecho que Dan deu a Inferno, não foi o que eu esperava e isto me surpreendeu. A inserção sobre a obra Dante ficou interessante e as referencias me agradou. Quanto ao trabalho editorial, a Arqueiro tem os meus parabéns, diagramação e revisão ótimas. Para quem é fã do autor, ou goste de livros com investigação e mistério, recomendo a leitura de Inferno.

9 comentários:

  1. Ainda não li O Código da Vince, gostei muito do filme, esse Inferno também está na lista de leitura e essa resenha me deixou ainda mais interessada em conferi esse livro.

    ResponderExcluir
  2. Ao contrário de você, eu gostei muito de O código da vince e Anjos e Demônios é o meu preferido do autor. Inferno eu gostei muito também, mas só tenho uma ressalva, que é o final. Meio que descobriu todo o mistério e ainda tinha muitas páginas para acabar hehe. Perdeu a graça hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  3. SAMMY!
    Já eu sou apaixonada por Robert Longdon, acho um personagem fenomenal.
    Li os livros anteriores e adorei, gostaria demais de ler Inferno, mas uma trama interessante e cheia de mistério, o que me conquista.
    “A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido e não na vitória propriamente dita.”(Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. Sammy! Dan Brown tem sido muito bem elogiado por leitores nos últimos anos, é uma pena que não tenha gostado de O Código Da Vinci, inclusive não o li ainda. Mas, com Inferno parece que houve novos ares. Investigação, mistério e ação é comigo mesmo, adoro livros com este conteúdo, logo estou curioso.

    ResponderExcluir
  5. Confesso que eu sempre tive um pouco de medo de começar a leitura desse livro e não gostar da história, mas depois de ler sua resenha e saber que tem investigação, mistério, ação, pois são coisas que me prendem muito na leitura, fiquei mega interessada pelo livro, e claro, adicionei em minha lista de leituras, sua resenha está muito boa e a história do livro parece ser super interessante.

    ResponderExcluir
  6. Já ouvi falar desse livro, mas nunca me interessei pelos livros dele. E também esse tipo de estória não é meu estilo, não gosto de thriller.

    ResponderExcluir
  7. Oie
    Eu acho o Código da Vinci um ótimo livro pelos detalhes mas a leitura foi super arrastada pra mim também,mas eu não cheguei a ficar com trauma do Dan Brown kkk.Eu ainda não li Inferno mas por ser inspirado em Dante sem dúvidas quero muito acompanhar o desenrolar de toda essa história.E só a leitura fluindo mais rápido que o outro livro do Dan já está de bom tamanho pra mim kk.E que bom que tu gostou,agora eu tenho que ler para saber se vou me identificar com a história ou não.

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li nenhum livro do Dan Brown, mas tenho muita vontade de ler, porém considero os livros dele uma leitura mais "Pesada" que requer de uma vibe mais forte, e no momento estou procurando ler coisas mais leves para tirar o estresse do dia a dia.

    ResponderExcluir
  9. Hello!!!
    Amooo Dan Brown, ja li todos os livros dele e sempre começo ja pensando que vou viciar!
    O bom dessa serie é q a gente aprende mtooo sobre artes e cultura, o modo como ele descreve tudo deixa a gente doido e querendo viajar.
    Gosto mto do professor Robert Longdon, ele é tao inteligente e consigo acompanhar o racicionio dele.
    Inferno é um livro excelente que recomendo mtooo...para quem ama investigação, mistério e ação ese livro é certo.
    Amei a resenha.
    Beijos.

    https://fuxixiu.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!