Resenha: Magia - Jéssica Macedo

15/09/2015


Edição: 1
Editora: Highlands
ISBN: 9788566340402
Ano: 2015
Páginas: 256
Avaliação: 
Sinopse: As pessoas desprezam aquilo que
não conseguem entender...
Ela não era normal, e todos sabiam disso...
Chorar, rir, sofrer por um amor platônico não correspondido pelo vizinho e amigo de infância é normal entre adolescentes de 16 anos. Mas ter olhos lilases, não. Já pensou em como seria ter uma vida assim, sendo uma aberração?
No entanto, a vida de Annabelle está prestes a mudar no momento em que seu pai diz quem ela verdadeiramente é. Será que ela estará preparada para aceitar o que lhe disseram a vida toda, que ela não era normal?
Magia, da autora Jéssica Macedo, chegou através de Book Tour, eu estava ansiosa para lê-lo, a arte da capa me chamou a atenção, é linda demais e a sinopse despertou minha curiosidade, afinal, histórias que reúnem elementos mágicos sempre chamam a minha atenção, adoro este gênero e Magia possui vários destes elementos, mas que infelizmente não me encantou tanto como eu gostaria. A obra é boa, possui um enredo interessante, o mundo magico criado pela autora é o ponto alto do livro, eu gostaria que tivesse sido mais abordado, os feitiços, poções e história por dentro do mundo mágico são fascinantes, gostei muito da parte fantástica de Magia e o que me incomodou foi a protagonista e o romance. 

Anabelle é a chacota da escola, por ser diferente, a jovem é alvo de piadinhas e humilhações por parte dos colegas, considerada como uma aberração por conta de seus olhos lilases, Belle tem que enfrentar todos os dias essas brincadeiras de mau gosto, seu único porto seguro, é Richard, seu amigo de infância. Apesar dos constantes obstáculos, Anabelle descobrirá um segredo inimaginável e o motivo de ser tão diferente.

Anabelle vem de uma linhagem poderosa de bruxos, e como tal, herdou grandes poderes, ela é filha de um dos Três Grandes Bruxos e por estar na idade em que a magia desperta, lhe é revelado este segredo. Com esta nova realidade, Belle precisará passar por um treinamento magico, onde aprenderá sobre o passado dos bruxos, a fazer feitiços e poções. Um mundo cheio de aventuras e magia a espera, Anabelle precisará ser forte para vencer essa nova etapa de sua vida e encarar sua realidade humana.

Magia é narrado em primeira pessoa por Belle, os capítulos possuem um tamanho muito bom e a escrita da Jéssica é envolvente, li Magia rapidamente e como citei no inicio desta resenha, os elementos mágicos me agradaram. No entanto, meu descontentamento foi por conta de dois pontos na história, o primeiro: Anabelle. Nossa protagonista é aquela típica “aborrecente”, reclamando de tudo e sendo grosseira. Compreendo que a intenção tenha sido mostrar que Anabelle é um jovem forte, realmente constatei isso, ela tem garra e força, mas o excesso que a personagem reclama e pragueja realmente me incomodou; Entendo como é ser a chacota da escola e ser tão humilhada, mas assim mesmo, senti que Belle descontava em todos, até mesmo com aqueles não mereciam, como sua mentora Liza, que aliais foi a minha personagem favorita. Os personagens secundários foram os mais interessantes em minha opinião, possuíam ótimas personalidades, até mesmo Linda, rival de Anabelle, foi uma boa personagem, mesmo com seus defeitos, mas Belle e Richard, sinceramente não me convenceram e eis que entra o segundo ponto que não gostei em Magia: O Romance.

Belle é apaixonada por Richard, em cada página, vemos esta constatação, mas não consegui acreditar neste “amor”, me parecia mais uma obsessão de Anabelle, eu não senti que ela realmente amava Richard, faltou mais emoção e profundidade neste sentimento. Richard, apesar de possuir todas as qualidades de um bom mocinho, não me conquistou, apesar das qualidades que a protagonista frisava, faltava alguma coisa a mais para mostrar que Richard realmente era tão especial, o único ponto que achei convincente, foi o namoro de Richard com Linda, pelos olhos de Belle dava para notar o quanto o rapaz gostava da moça; Era até previsível o rumo do namoro de Linda e Richard, mas assim mesmo, acreditei bem mais neste “romance” do que no “amor” que Anabelle nutria. 

O final entre o casal protagonista foi apressado, poderia ter tido um desenvolvimento melhor, talvez se fosse deixado para os demais livros, seria mais convincente, afinal, subitamente Richard descobriu quem realmente ama... A meu ver, Anabelle e Richard precisam de um aprofundamento maior, assim como os sentimentos vividos por eles, falta amadurecimento em ambos, principalmente em Anabelle.

Mas volto a frisar, Magia, têm pontos ótimos, a autora foi criativa no mundo mágico, as aulas de Belle com Liza foram sensacionais, a ação, principalmente nos momentos finais, me agradou bastante, assim como o passado do mundo mágico, e o motivo de Angust ser tão importante, são passagens incríveis no enredo de Magia, a história possui um potencial grande para ser explorada. Apesar das criticas que citei, Magia foi uma leitura agradável, me diverti em vários momentos e nem preciso afirmar novamente o quanto gostei do universo mágico, não é? Enfim, estou ansiosa para ler o livro dois, Encanto, já adquiri o meu na Amazon! 

Para quem gosta de fantasia, magia e bruxos, recomendo conhecerem Magia.

7 comentários:

  1. Nunca tinha ouvido falar nesse livro mas fiquei curiosa. A capa é realmente lindíssima :)
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  2. Já tinha visto o livro antes e me interessado por ele. O nome já me conquista. Adoro livros de magia, bruxos essas coisas. E mesmo com os pontos negativos que você levantou, eu ainda assim quero ler ele. Sei que aguentar essas protagonistas aborrecentes não é fácil, mas talvez valha a pena pelo contexto da história.

    ResponderExcluir
  3. Oie
    Fui dar uma olhada na Amazon e a capa do próximo livro está tão linda quanto essa.Eu gosto de livros que tragam magia nas suas histórias mas esse elemento não é o fundamental num enredo pra mim.A história da Belle não me chamou muita atenção,e eu não gosto muito quando a química entre os personagens não convence.Como ainda não li não posso afirmar que isso vá acontecer comigo mas de qualquer forma já estou avisada.Espero que você se surpreenda com o próximo volume.

    ResponderExcluir
  4. Sammy, apesar de eu não gostar de romances, Magia me interessou pelo pouco toque misterioso presente na sinopse e comentado em sua resenha. Fiquei curioso para ir mais a fundo sobre o que realmente a garota é. Apesar do final "apressado" continuo curioso com a estória geral.

    ResponderExcluir
  5. Hello Sammy!!
    Conhecia a Jéssica Macedo em um encontro literário e achei ela mto simpatica, tao nova e com tantos livros publicados.
    Também gostei mto da sinopse e enredos que envolvem magia sempre acho bem legais.
    Se alguem da minha escola tivesse olhos lilases e fosse tipo a modelo da capa ela nao ia ser chacota nuncaaa, ia era ganhar todos os gatinhos, hahaha.
    Mas entao, gostei do que falou do livro, apesar dos 2 pontos nao terem te agradado mto e te entendo totalmente. Nao gosto de menininhas chatas que so reclamam e se fazem de coitada, me irritam demais. A personagem pode ser forte sem ser chata ne?
    E uma pena que o romance tb nao tenha te convecido, pq eu adoro um casal que nos deixam apaixonadas.
    Animei de ler o livro, acho q tem mais prós do que contra.
    Beijos.

    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia esse livro, a capa me chamou muito a atenção, está linda mesmo, como gosto de livros com história de magia, fiquei bem curiosa em relação a esse livro e depois de sua resenha super positiva, pretendo lê-lo.

    ResponderExcluir
  7. Ainda não tinha ouvido falar nesse livro, a premissa me encantou bastante, só que o desenrolar da história não me parece ser tão bom, portanto não seria uma leitura que leria agora!

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!