Resenha: Memórias da Lua Cheia - Andressa Andrião


Edição: 1
Editora: Novo Século
ISBN: 9788576797500
Ano: 2012
Páginas: 552
Onde Comprar: Amazon
Avaliação: 
Sinopse: Ela estava sem memória e sozinha, perdida em uma floresta durante uma noite de lua cheia, em que os lobos uivavam perigosamente. A única informação que tinha sobre si mesma estava em um bilhete borrado pela chuva que dizia que seu nome era Alissa. Quando jurara que se tornaria comida de lobos, ele aparece. Um rapaz que em seu primeiro momento parece ter vontade de matá-la, mas logo em seguida resolve misteriosamente salvar sua vida e cuidar dela até que alguém apareça em sua procura. Por mais que ela tivesse expectativas, ninguém nota seu desaparecimento, levando-a a ter que morar com aquele rapaz repleto de segredos, que ela conhece na floresta. Com o tempo um romance começa a surgir entre eles, mas ainda havia um mistério: um homem enigmático e atraente que desenvolve um interesse imediato por ela. Alissa então descobre que sua perda de memória não era exatamente o que ela imaginava e que o mundo era muito mais cheio de mistérios e magia do que ela acreditava ser.
Depois de acordar em uma floresta sombria, sem memória e sozinha em uma noite de Lua cheia, a jovem sente que esta em perigo, sua única informação, um bilhete que diz que seu nome é Alissa. Confusa e sem saber o que fazer, ela finalmente encontra ajuda, um jovem do vilarejo próximo a encontra, mas para sua surpresa, ele mais parecia querer mata-la do que ajuda-la. Revelando sua estranha má sorte, Alissa teme, mas o jovem pode ser o único capaz de ajuda-la. Mesmo com receio, Seth sabe que precisa ajudar Alissa, há algo nela que ele precisa proteger, apesar das dúvidas, o jovem sabe que se não a auxiliar, ela pode virar comida de lobos. 

Com o tempo passando, Alissa se preocupa que ninguém veio a sua procura, nem mesmo foi dada como desaparecida, e para piorar, nenhum laço de sua memória parece estar voltando, a única pessoa que pode-lhe estender a mão é Seth, mas o jovem é cheio de segredos, com um humor estável e que estranhamente começa a ter um espaço em seu coração. Seth é capaz de tudo para proteger Alissa, mas sabe que jamais poderá se envolver com ela e caso isto ocorra, ela correrá um perigo ainda maior do que quando estava sozinha na floresta. 

A perda da memória de Alissa e seu surgimento na vila podem revelar um destino maior do que ela imaginava, sua vida anterior é cheia de segredos obscuros, é preciso que ela cumpra os desafios que lhe foram impostos, sua falta de memória, é apenas a ponta do iceberg, seu passado irá-lhe bater a porta e cabe a Alissa decidir qual o caminho certo a tomar.

Depois de ter paralisado a leitura em Dezembro de 2014, finalmente consigui concluir a leitura de Memórias da Lua Cheia. Foi complicada a leitura, mas a história criada por Andressa Andrião é muito boa, sua escrita é interessante e acredito que ambos, obra e escritora têm muito potenciais. Mas o que de fato acabou me incomodando e fazendo com que eu paralisasse a leitura, foi a “enrolação” que trama acaba tendo. Do inicio a metade do livro, quase nada acontece, são fatos do cotidiano e condições da Alissa que presenciamos, assim como o florescer de seu sentimento por Seth, compreendo que é preciso criar aquele mistério, fazer com que as respostas apareçam no momento certo, mas quando esses fatores são em excesso, a leitura passa a ser lenta e maçante, o leitor fica fadigado e a história não flui como deveria. 

Ressalto novamente, a Andressa é uma escritora com uma história ótima em mãos, quando voltei à leitura e finalmente começou a ação, eu fiquei entusiasmada com o livro, as respostas para os muitos segredos de Memórias da Lua Cheia, me surpreenderam, por tanto, acredito que falte uma lapidação maior no livro, afinal, muita coisa poderia ser “enxugada” para que a narrativa ficasse mais engajada e a história se tornasse ainda mais interessante.  Outro fator que acabou me distanciando de Memórias da Lua Cheia, foi a Alissa, por mais que ela não saiba quem é, tenha suas dúvidas e medos, confesso que fiquei muito irritada com seu modo de ser, Alissa é a típica donzela em apuros, que precisa sempre ser salva, eu até gosto desse tipo de clichê, mas Alissa acabou superando tudo, tornando-se uma personagem chata, ela somente acabou ganhando minha simpatia, quando alguns dos mistérios foram revelados e pude compreender mais o seu outro eu. O romance entre nossa protagonista e Seth, me agradou, achei bonito o envolvimento dos dois, temos também o inicio de um triangulo amoroso com Scorpio, um personagem que promete grandes reviravoltas, principalmente no segundo livro. 

Enfim, apesar das ressalvas, Memórias da Lua Cheia possui um potencial incrível, eu gostaria de poder revelar mais sobre o enredo, principalmente sobre a descoberta de Alissa, que aliais foi o ponto alto da trama, mas garanto, Memórias da Lua Cheia, é um misto de romance e magia, um livro interessante e que com certeza irá agradar muitos leitores. 

11 comentários:

  1. Hello!!!
    Nao conhecia o livro Memórias da Lua Cheia da Andressa Andrião e conheci agora pelo blog.
    A capa está linda demais e a sinopse mto boa.
    Lendo a sua resenha que vi que o livro quaseee que nao é lido na integtra, hehe...mas eu tb odeio livros que ficam enrolando, a autora escreve 50 páginas, mas nao tem nada de util.
    Animei de conhecer o livro pelo seu potencial.
    Beijos

    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu baixei esse livro de grátis, mas ainda não li ele hehe. Imagino que pelo nome tenha alguma coisa a ver com lobisomens hehe. Não suporto protagonista assim, mas mesmo com suas ressalvas, eu vou ler. Ainda não conheço a escrita da autora e tenho interesse em conhecer.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Olá, Smmy. Memórias da Lua Cheia me surpreendeu com sua estória, já que a capa não me agradou tanto. Apesar das excessivas narrações da autora, minha animação para o livro ainda continua, mesmo que mínima. P.S.: Confesso que preferia que o Seth fosse um malvado desde o começo até sua morte, haha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrs, desculpa, errei seu nome, :x. Sammy!*

      Excluir
  4. Oi, Sammy!

    Não conhecia o livro e, pena que acontece erros desta forma, mas vou dar uma chance e vou ler este livro.
    Espero não me decepcionar com ele.

    Beijos!
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  5. Oi Sammy, estou super ansiosa para esse livro e tenho enrolado ele a um tempão. Sabe quando a expectativa é tão alta que você sente medo? Então, fiquei até temerosa depois de ler sua resenha, porque detesto enrolação em livros. Principalmente se a mocinha em questão precisa ser salva a cada minuto. Bem .... eu espero gostar da leitura quando surgir a coragem.

    Beijos,
    http://miiheomundoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie
    Você ficou um bom tempo com a história parada hein.Na maioria das vezes eu não consigo concluir uma leitura que seja tão lenta,a não ser que eu queira muito saber como a história terminar.Mesmo a partir de certo ponto esse livro trazendo uma história bem mais dinâmica ,não tenho muito interesse em o ler.Já estou saturada de romances mesclados com magia e esse é bem longo né.Mas pelo menos pra você a leitura não acabou sendo desagradável e pelo jeito o final foi bem convincente.

    ResponderExcluir
  7. Nossa Sammy!
    Após ler a sinopse e o início de sua resenha, tive a impressão que seria uma grande história com um enredo fascinante.
    E fiquei triste em saber que a segunda parte do livro é mais um enrolação...
    Que anda havendo com esses escritores, hein?
    A capa é belíssima.
    “A vida só pode ser compreendida, olhando-se para trás; mas só pode ser vivida, olhando-se para frente.”(Soren Kierkegaard)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  8. Oii
    Gostei um pouco do enredo do livro porém acho que não seria o tipo de livro que eu leria agora, não me conquistou tanto como deveria.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Este livro sempre me chamou muito a atenção, pela capa tão bonita, e gostei muito de conferir sua resenha. Parece ser uma boa leitura, com um enredo instigante! Acho que só não leria por causa da personagem ser assim, tão frágil sempre. Isso me irritaria demais hahaha
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Bom, lendo sua resenha acredito que essa história não seja o tipo que me agrada, pois não me chamou muito a atenção e não fiquei muito curiosa, mas quem sabe futuramente eu resolva ler.

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!

Instagram