Resenha: Sobrenatural - Paige McKenzie e Alyssa Sheinmel - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: Sobrenatural - Paige McKenzie e Alyssa Sheinmel

Resenha: Sobrenatural - Paige McKenzie e Alyssa Sheinmel

01/02/2016


Edição: 1
Editora: Rocco
ISBN: 9788568432396
Ano: 2015
Páginas: 304
Avaliação:        
Onde Comprar: Amazon
Sinopse: Aos 16 anos, Paige Mckenzie criou, produziu e estrelou uma série no YouTube que virou um hit na internet e ganhou milhões de seguidores em seu canal The Haunting of Sunshine Girl. Primeiro livro da websérie de sucesso, que também será adaptada para o cinema, Sobrenatural – The Haunting of Sunshine Girl chega ao Brasil pelo selo Fábrica231. Escrito em parceria com Alyssa Sheinmel, o livro conta a história de Sunshine, uma garota de 16 anos que se muda com a mãe da ensolarada Austin, no Texas, para a chuvosa Ridgemont, no estado de Washington. Mas a poeira e o aspecto sombrio do lugar logo se tornam os menores dos problemas de Sunshine. Vozes no meio da noite, portas se fechando sozinhas, risadas... aos poucos a garota percebe que ela e sua mãe correm sérios riscos ali. E ela terá que encarar seus maiores medos antes que seja tarde demais.
Quando bati o olho em Sobrenatural, eu sabia que tinha que ler esse livro. A capa me chamou muito a atenção, mas foi sua sinopse o chamariz para me fazer querer conhecer essa história. Adoro o gênero paranormal, histórias de fantasmas e todos elementos do suspense e terror, são os meus favoritos, gosto de obras que são focadas nisto e Sobrenatural, de Paige McKenzie e Alyssa Sheinmel, traz bastante desses elementos que tanto gosto, além de ser um Young Adult envolvente e carismático, daqueles que você não larga até acabar!

Sunshine e sua mãe, Kate, mudam-se para a cidade de Ridgemont, em Washington. O clima frio e pouco acolhedor, deixa a jovem apreensiva, mas ela compreende que esta mudança é benéfica, sua mãe finalmente conseguiu o emprego dos sonhos e mesmo que isto custe se afastar de sua melhor amiga e de seu antigo lar, Sunshine apoia totalmente a mãe. No entanto, o clima da cidade, nada se compara com a sensação que a garota tem ao chegar na nova casa, o cheio bolorento, o frio e o pavor que emanam das paredes, deixa Sunshine preocupada, há algo de errado na casa, ela sente que alguma coisa peculiar se enconde naquele local. 

Com os dias passando, a sensação de pavor fica ainda mais presente em Sunshine, barulhos assustadores, passos, risadas e o cheiro de bolor a incomoda, mas sua mãe insiste que é apenas uma fase, que sua saudade do antigo lar está afetando sua nova vida, só que jovem tem plena certeza do que está acontecendo e que de alguma forma, há uma garotinha na casa, ao lado delas, ou melhor um fantasma. Sunshine está disposta a provar que existe algo sobrenatural na casa, afinal, seus pertences sempre ficam em locais diferentes dos deixados e os sons cada vez mais constantes, fazem com que ela saiba que não é apenas uma fase, ou na pior das hipóteses, que está maluca. 

Mas Sunshine está preparada para a verdade? Em uma luta contra o tempo para ajudar Kate, que estranhamente mudou desde que foram para Ridgemont, Sunshine terá que lutar com todas as suas forças, compreender o que está em sua casa e consequentemente, entender a si própria. 

Sobrenatural, foi uma experiência maravilhosa, adoro quando um livro me envolvente tanto e que os personagens me conquistam, neste livro tive tudo isso e um pouco mais, Sunshine é a nossa narradora, mas também temos alguns partes narradas por uma pessoa misteriosa, que está acompanhando passo a passo a vida de Sunshine e o melhor, para diferenciar da narrativa da protagonista, estas partes são em itálico e sempre após algum capítulo importante, Sunshine é uma garota incrível, facilmente vai conquistar o leitor, ela não é perfeita, possui temores, mas é corajosa, além de possuir traços únicos e aos mesmo tempo comuns em alguns adolescentes, os leitores mais jovens vão se identificar com ela e por ser a narradora, é como se Sunshine conversasse conosco, raramente gosto desse tipo de narrativa, mas em Sobrenatural é tão fluído, tão dinâmico, que sentimos parte do que a protagonista vive, como se ela estivesse nos contato um segredo, ou melhor, a parte de sua vida, que somente revelaria a quem mais confia. Além de Sunshine, temos personagens secundários incríveis, como Nolan, melhor amigo dele, Kate, Victoria e Anne.

Por mais que possa parecer ser um livro de terror, Sobrenatural não se qualifica nesta categoria, pelo menos para mim, há momentos tensos que vão deixar o leitor frio na barriga, mas assim mesmo, é algo bem leve, um suspense brando, ou seja, se você está a procura de uma história de dar medo, talvez Sobrenatural não atenda suas expectativas; Não digo que isto é um ponto ruim, ou que o livro não é bom, pelo contrário, a obra é ótima, leve e com muito mistério, além de ser YA, um gênero que está-me conquistando cada vez mais, só que para os leitores que já leram outras obras do gênero terror e suspense, Sobrenatural pode sim acabar frustrando por ser leve. No entanto, se assim como eu, você gosta de histórias de fantasmas e todos os elementos sobrenaturais, este livro vai sim te conquistar, principalmente por conta de seus personagens, além da trama ter ganchos ótimos e curiosos, que fazem o leitor querer mais. 

Vale citar, que Sobrenatural - The Haunting of Sunshine girl, é baseada na série de Paige McKenzie no Youtube e após a leitura do livro, estou ansiosa para ver os vídeos! Enfim, antes de finalizar, quero falar um pouco sobre o trabalho editorial da Rocco, o livro faz parte do selo Fabrica 231 da editora. A diagramação é bem simples, mas perfeita para o livro, gostei da fonte escolhida, que é muito confortável para leitura e a revisão não tenho o que acrescentar, pois está ótima. A capa, como mencionei no início da resenha, é linda, traduz bem a essência de Sobrenatural e gostei bastante, uma das mais bonitas que tenho na estante. 

Para finalizar, recomendo a leitura de Sobrenatural - The Haunting of Sunshine girl, um livro com um suspense ótimo, que mesmo não tendo aquela carga intensa do terror, acabou me conquistando por completo e sendo o primeiro livro favorito deste ano. Estou ansiosa para ler os demais livros da série, afinal, este primeiro volume termina em uma cena crucial e necessito saber mais!

Sammysam Rosa

Escrito por:

Sammy. Casada e apaixonada por livros. Gosto de literatura policial, suspense e terror. Típica pisciana, sonhadora e curiosa.

10 comentários:

  1. Oi Sammy!

    OMG! Porque eu fui ler essa resenha... agora eu quero esse livro! kkkkkk
    Tbm adorei a capa e sinopse, mas confesso que sua resenha me deixou mais curiosa do que ambos... bem, bora colocar na lista de desejados! rsrsrsrsrs

    Bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Oi Sammy! Estou com vontade de ler esse livro a algum tempo, mas ainda não tive a oportunidade, que bom que gostou da leitura.

    http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá Sammy! Tudo bem? Espero que sim.
    Fiquei com vontade de ler esse livro agora.
    Também gosto de obras relacionadas ao sobrenatural e sua resenha me chamou a atenção para essa obra.
    Parabéns pela excelente resenha.
    Um grande abraço e até a próxima.
    >>Dhessy

    ResponderExcluir
  4. Adorei sua resenha! Bem clara e nos disse o que esperar do livro, de forma sutil e leve! Adorei a capa e vou procurar ler para saber mais, adoro suspenses que nos dão aquele friozinho na barriga!!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Sammy, tudo bem?
    Então, eu não sou (nada) chegada à enredos de suspense ou terror, e admito que me mantenho toda distante de fazer a leitura de Sobrenatural, porque, bem, não é um gênero que me chame a atenção ou mesmo que eu goste, rs, mas bom saber que a narrativa do livro é fluida e que, apesar de tudo, ele ainda é bem leve comparado à outros, isso até anima um pouco mais, talvez, rs. Legal você ressaltar sobre a protagonista ser uma boa personagem, meio que muitos de nós estão cansados de personagens que querem ser tudo mas acabam não fazendo nada, né? E essa capa é realmente chamativa, de qualquer forma, e deve mesmo atrair muitos leitores na livraria por si só. Enfim, ótima resenha!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sammy. Tudo bem?
    Devo dizer que a capa me deixou um pouco confusa, apesar de bonita eu não sabia muito o que esperar do livro e a sinopse me deixou bastante curiosa. No entanto, foi a sua resenha que me fez querer ler o livro já, ahahahha.
    O gênero YA também tem se tornado um dos meus preferidos, tenho lido inúmeros livros bons e as narrativas são tão dinâmicas que a gente só percebe o quanto leu mesmo quando acaba.
    Fiquei curiosa para saber de que forma a mãe de Sushine muda, ela é influenciada pelos fantasmas? Isso de a história ter também os vídeos é outra coisa que me deixa animada para ler, sempre que há outros elementos que completem a narrativa eu fico bastante animada.
    Sobre o terror/não terror eu sou bem tranquila, felizmente tenho a mente extremamente aberta quanto aos livros e sempre acabo gostando ou tirando ao bom da leitura. Dessa forma, mesmo tendo lido muito livro de suspense (daqueles de ficar aterrorizada mesmo) não dispenso de forma alguma um com esse aspecto mais brando.
    Adorei a resenha, destacou os principais pontos da trama.

    Um beijo!
    Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
  7. Oi Sammy!

    A sua resenha foi a primeira que li sobre esse livro e gostei bastante, ao ponto de adicioná-lo na minha lista de desejados. Além de parecer ter uma história bem construida e ser terror, a capa conseguiu chamar minha atenção. Espero conseguir adquirir ele logo.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu fiquei interessada nesse livro quando ele foi lançado, principalmente pela capa e pelo nome mas realmente achei que fosse ser mais pesado, que é uma coisa que eu gostaria, mas não é essencial. Eu vi seus comentários no grupo e fiquei mais interessada ainda porque realmente parece ser bom. Eu ainda tenho um pezinho com YA, mas acho que nao rola nenhum romance né? Então ok hahah
    Adoraria ler.

    beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi! Que capa incrível! Amei! Adorei a sinopse e sua resenha me deixou super interessada pela leitura. Eu também adoro literatura sobrenatural e com certeza esse livro vai entrar pra minha lista de desejados. Beijos.

    www.eicarolleia.com.br

    ResponderExcluir
  10. Aí sim eu leria sem ter muito medo kkkkkk
    Um livro com fantasmas e muito suspense, gostei, acho que vou incluir esse na minha lista!!
    Mas quero confessar algo, a capa não me atraiu muito não, acho que é porque não gosto de livros que tenham garotas em capas!!!


    Nathália Bastos// Biblioteca Lecture

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!