Resenha: Versos Sombrios - Bianca Carvalho

14/03/2016


Edição: 1
Editora: EraEclipse
Ano: 2012
Páginas: 290
Avaliação:    
Sinopse: A segunda carta de Lolla Dewitt é revelada, com seu último desejo para Cailey DeWitt.
Cailey tem o dom das palavras. Quando escreve, ela consegue transmitir sentimentos, se conectar com a história de qualquer pessoa e até curar corações partidos. Porém, seu dom pode se tornar um pouco mais obscuro que isso.
Lolla pede que ela envie uma de suas belas poesias a Jayce Hernandez, um detetive amargurado que perdeu a mulher amada e se afundou em escuridão. Por mais que Cailey não o visse com bons olhos, atendeu ao pedido da avó, e sua mensagem trouxe uma nova esperança para o policial.
Contudo, Jayce logo tem a oportunidade de retribuir a ajuda de Cailey, que se vê perseguida por um assassino perigoso, capaz de se comunicar telepaticamente com ela através de seus textos. Tentando se salvar de um homem obcecado, Cailey precisa contar com Jayce para proteger-se. Mas o que ela não contava era que os segredos que iria descobrir poderiam mudar sua vida para sempre.
Resenha livre de spoilers

Depois que conclui a leitura de Jardim de Escuridão, eu estava ansiosa para começar Versos Sombrios, afinal, Cailey foi uma das personagens que mais se destacou no primeiro livro da Trilogia das Cartas e uma história protagonizada por ela era o que me deixava curiosa. Não nego que assim como Jardim de Escuridão, Versos Sombrios cumpre o que promete, traz um enredo envolvente, bons personagens e muito mistério, na verdade, os segredos desse sendo volume foram melhores trabalhados se compararmos a Jardim de Escuridão, Bianca Carvalho me surpreendeu com estes mistérios, as pistas que foram deixadas levava a certas suposições, mas a surpresa foi ver que minhas teorias era bem diferentes e o real motivo de todo o livro foi de fato surpreendente, fiquei entusiasmada e contente por ver que neste caso não consegui descobrir os segredos antes de serem revelados, e na opinião, isto é muito importante quando se trata de uma obra que traz em um de seus elementos o gênero policial, já que o melhor é tentar descobrir tudo, mas se surpreender ao mesmo tempo, principalmente quando no caso o autor segue por uma linha que jamais imaginaríamos e é assim que foi em Versos Sombrios, Bianca Carvalho escondeu muito bem o desfecho deste enredo e de fato este ponto foi ótimo!

Finalmente a carta é entregue a segunda Dewitt. Cailey finalmente poderá conhecer seu destino profetizado por Lola. Antes de morrer, Lola escreveu três cartas, cada uma para uma neta e em suas palavras eventos que mudarão o destino de suas meninas, mas elas precisam seguir a risca cada detalhe para que no fim tudo entre nos eixos. Cailey estava ansiosa para saber quais seriam as palavras da avó para ela, esperava que estas lhe trouxessem luz e paz, principalmente depois que tudo que passou, mas a missão que Lola lhe reservou, deixou a jovem perturbada. Era preciso que Cailey escrevesse uma poesia para Jayce Hernandez, que assim como ela, sofreu um impacto grande na vida, Jayce estava amargando no próprio sofrimento, matando-se lentamente a cada remorso e culpa que sentia. Cailey não poderia acreditar que Jayce era sua missão, o tão esperado pedido da avó era para alguém que ela detestava. Jayce é um detetive que ajudou no caso do Assassino das Noivas, a qual Faith acabou auxiliando a polícia com suas premonições e o significado de suas flores, fora ela que profetizou um acontecimento doloroso que envolvia Jayce e este descontou toda frustração e ódio em Faith; Cailey não se sentia pronta para ajudar aquele que foi tão rude e maldoso com a irmã, mas seguiria as palavras de Lola, ainda havia esperanças que no fim, elas lhes revelassem o que tanto a jovem aguardava.

No entanto, o caminho que Cailey começa a percorrer esbarra com a de um maníaco, o Poeta Sombrio, que de alguma forma, possui uma estranha conectividade com a jovem, ambos compartilham do mesmo poder e paixão pela poesia, o Poeta está disposto a ter Cailey para si e até que ela esteja pronta, o Poeta fará muitas vitimas e a cada uma delas, revelará que Cailey foi a culpada, todo ódio, sangue e violência estão na mão da jovem Dewitt, ela foi a culpada e até que o Poeta Sombrio seja encontrado, a vida de Cailey passa a ser um inferno constante.

Como em Jardim de Escuridão, temos novamente um assassino e mais uma Dewitt envolvida, mas arrisco dizer que os momentos que Cailey passa foram mais intensos, por ser uma personagem até mais mais real, que traz qualidades e defeitos que tornam Cailey mais próxima do leitor, senti uma conectividade grande com ela, em vários momentos eu queria conforta-la, em outros ajuda-la a ver o quanto era imatura em alguns momentos, sem dúvidas, a jovem poetiza é uma personagem que o leitor sente a necessidade de cuidar, aconselhar, não que Cailey seja fraca, na verdade ela mostra muito de sua força, mas acredito que tudo pelo qual ela passou não apenas neste livro, mas também em Jardim de Escuridão, nos dá essa sensação de proteção em relação a ela. Mas por mais que eu tenha gostado muito de Versos Sombrios, assim como seu antecessor, eu tenho algumas ressalvas para comentar.

A escrita de Bianca Carvalho continua fluida e rapidamente somos envolvidos pelo enredo, as poesias tanto de Cailey, quanto do Poeta (que também estão presentes), são um charme a mais no enredo, entretanto, o romance em si, novamente foi apressado e abrupto demais, mesmo com as belas juras de amor e cenas mais sensuais, não consegui sentir apresso pelo casal de Versos Sombrios, até concordo que ambos possuem química e foram feitos um para o outro, mas seu relacionamento foi instantâneo, assim como o do Jardim de Escuridão, mas se formos deixar de lado este romance tão rápido, Versos Sombrios traz uma história que realmente cativa o leitor, seja por seus mistérios, que como mencionei no inicio da resenha, foi um dos pontos que mais gostei, assim como sua protagonista, ou seja, é um livro que o leitor sente gosto em acompanhar, envolve-se com facilidade e fica roendo as unhas quando o desfecho chega e todas as respostas são trazidas à tona.

No entanto, outro ponto que acabou me desagradando também, foi o final entre Cailey e seu algoz, o Poeta Sombrio, eu esperava mais momentos entre ambos, quando de fato se encontram, pois durante o enredo todo, a conexão que eles possuem é apenas metal, e quando se encontram, tudo acontece em um piscar de olhos, por mais que o segredo em si do Poeta tenha sido o elemento chave da história e uma das partes que mais gostei, pois realmente fui pega de surpresa e não consegui imaginar que o Poeta era de fato um personagem em especial, o destino entre ele e Cailey foi acelerado, principalmente o final do Poeta.

Enfim, apesar das ressalvas, Versos Sombrios mantem características similares a Jardim de Escuridão, chegando a ser até superior em alguns requisitos que o seu antecessor, é uma obra com muito a oferecer. Assim como aconteceu quando cheguei ao final de Jardim de Escuridão e fiquei tentada a começar imediatamente Versos Sombrios, agora que o segundo livro foi finalizado, estou querendo começar o quanto antes a leitura de Sabores Mortais, último livro da trilogia, que nos traz Tatiana, que para mim, foi a personagem com menos destaque, mas mesmo assim, deixa o leitor curioso para saber mais sobre ela, seu passado e qual é a mensagem de Lola para a última neta.

11 comentários:

  1. Eu já ouvi alguns comentários positivos a respeito dessas histórias, e fico curiosa diante de como poderá ser o desfecho. Sem contar que também acho que essa capa se destaca bastante. Como se trata de uma trilogia, não saberia como opinar sem ter lido os anteriores. Mas ainda espero conferir todos os livros e tê-los em minha estante ;)
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Olá, Sammy.
    Eu já tinha visto essa trilogia antes e me apaixonei pelas capas. Mas a sua é a primeira resenha que leio. Na verdade não sabia nem do que se tratava a história. Achei muito interessante isso das cartas. E que bom que o segundo livro chegou até a ser superior do que o primeiro em algumas partes. É uma trilogia que me interessa muito e assim que der eu vou ler.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oi tudo bem?
    A primeira coisa que chamou minha atenção foi a capa, achei belíssima. Gosto de livros que me envolvam, e já pela capa dá para se perceber que o livro tem um que de mistério. E nunca que passaria pela minha cabeça que é uma obra policial, pensei que era algo voltado para a fantasia. Gostei da sua resenha, expos pontos positivos e negativos, talvez eu procure as obras da autora no futuro, depois que diminuir minha pilha de leitura, haha. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá, eu ainda não conhecia o livro mas achei a capa muito parecida com o A Noiva Fantasma, mas enfim...
    Eu gostei bastante do enredo, histórias como essa sempre me instigam e a leitura parece fluir muito bem. Mas quando você mostrou esses pequenos detalhes que lhe desagradaram me deu uma freada (mas ainda quero muito ler o livro), é uma pena que o final tenha ficado dessa maneira, mas espero poder gostar da obra quando eu for ler, achei esse ar de mistério muito atraente.

    ResponderExcluir
  5. Não sei se foi só impressão minha, mas achei a trama bem confusa, talvez isto se deva a fato de eu não ter lido o livro anterior...
    Gosto desta ideia de cartas deixadas com pedidos, e mais ainda quando os pedidos são inesperados e levam à caminhos indesejados, mas precisos.
    Nem li e já gostei do Poeta Sombrio, não se porque, mas gostei da descrição de sua personalidade, misterioso e intrigante, acho que já gostei mais dele do que da menina, rsrs. Posso estar totalmente errada, afinal nem sei nada sobre a trilogia, mas foi minha primeira impressão.
    A capa é belíssima, parabéns à autora e editora!

    Beijo, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie, Sammysam! Eu já li Horas Noturnas da Bianca e gostei muito. Morro de vontade de ler essa trilogia, mesmo concordando que as vezes a autora dá uma acelerada em algumas partes. Assim que eu puder pretendo comprar.
    Aguardo a resenha do terceiro! Bjus
    Anna - Letras & Versos

    ResponderExcluir
  7. Oi Sammy,
    to bem animada pra começar a ler essa trilogia justamente por sua causa!
    Essa parte de romances rápidos desanima um pouco por eu não gostar disso, mas acho que da pra relevar. Pleo jeito em um assassinato em cada livro né? Já to até esperando a resenha do terceiro volume e você falando de um novo assassino e que a terceria irmã estará envolvida de alguma forma haha

    bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi Sammy!

    Menina, não posso deixar de falar que essa capa é idêntica a do livro A Noiva Fantasma, da DarkSide. Você já viu? Só muda a cor do cabelo da menina. rs
    Mas enfim, eu não sei se entendi muito bem o enredo dessa história. A avó passa uma missão para cada uma das netas, antes de morrer, é isso? Ela era um tipo de vidente?
    Assim, não é por nada não, mas se tem uma coisa que, para mim, consegue estragar um livro são esses romances que acontecem do nada. Já li um montão de livro com a história até bacana, mas é tanto "eu te amo" sem nem os personagens se conhecerem direito que eu acabo tirando umas duas estrelas.
    Nunca tinha ouvido falar da trilogia, mas parece ser até bacana pelo jeito que você fala, apesar das ressalvas. Vamos ver a resenha do terceiro livro pra ver se vale a leitura.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda não conhecia essa trilogia e ela parece ser maravilhosa! Tem suspense, um bom enredo, bons personagens, é tudo que prezo em uma obra. Apesar dos pontos fracos deve ser bem gostoso de ler.
    Obrigada pela dica!

    Beeijos, Erica Regina
    Blog Parado na Estante / Fanpage Parado na Estante

    ResponderExcluir
  10. Ei, tudo bem?
    Eu tenho muita curiosidade de ler essa trilogia, principalmente pelas capas, que são maravilhosas. Achei o enredo interessante e fiquei bem curiosa para saber qual a missão das cartas para cada personagem. Espero poder ler o livro em breve.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  11. Pois é Sammy, uma das caracteristicas de romances policiais é tentarmos identificar o e esclarecer os segredos, e apesar de não ser tão fã do genero tbm curto quando acabo surpreendida no final. Bom sabe tbm que a autora manteve e até melhorou a qualidade de sua escrita. Sammy não sabia sobre o que se tratava a narrativa mas definitivamente fiquei curiosa com essa trilogia (?) parece ser bem interessante, a premissa da história de Cailey me fez ficar atraída pela história. Só não gostei de saber que o romance foi abrupto demais, geralmente quando é assim acabo não me identificando com eles e isso se torna um ponto negativo da leitura

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!