Resenha Premiada: Fascínio Egípcio 2 - Luciane Z - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha Premiada: Fascínio Egípcio 2 - Luciane Z

Resenha Premiada: Fascínio Egípcio 2 - Luciane Z

22/04/2016


Edição: 1
Editora: MODO
ISBN: 9788584050345
Ano: 2015
Páginas: 381
Avaliação:        
Onde Comprar: Amazon, Loja da editora
Sinopse: Após os nefastos acontecimentos que abalaram o Egito, o país se encontra em meio a uma guerra. O Faraó, muito debilitado, não tem condições de liderar o exército.
As ameaças de Rui fazem a princesa reagir. Ela se vê obrigada a levar seu filho pequeno à guerra. Suas preocupações ficam divididas entre a segurança de Horus e o que ouviu do deus Amon sobre Zeq. Procurando o sentido das palavras de Amon, ela se torna sua devota, assim a outrora descrente princesa agora coloca todas as suas esperanças no deus obscuro, crendo que de alguma forma ele venha a cumprir suas promessa e lhe devolva seu marido.
No decorrer da história, Naia é manipulada, Armais tem que aprender a lidar com o poder, o segredo do Faraó vem à tona e a princesa tem o esperado encontro com o sedutor deus Amon."
Em 2013, eu publiquei a resenha de um livro que chamou muito minha atenção, por conta de sua premissa, que trazia um tema que raramente encontramos, um romance que se passa no Egito, como aprecio bastante essa abordagem, fiquei curiosa para conhecer a obra da autora Luciane Z. Fascínio Egípcio é uma trama cheia de significado, que nos apresenta uma mitologia tão rica e fascinante, mas acima de tudo, a obra traz um romance de tirar o fôlego, daqueles que gostamos de acompanhar e sofrer junto. Sofri bastante com o desfecho do primeiro livro e fiquei ansiosa para saber qual seria o destino dos meus personagens queridos, agora finalmente, com o segundo livro lido e somente para deixar claro, é uma duologia, posso dizer que Fascínio Egípcio 2 trouxe mais maturidade a história, seus personagens cresceram, mesmo que ainda tenham uma leve escorregada em alguns assuntos e sentimentos, mas isto se deve ao orgulho que molda suas personalidades.

Começando exatamente do ponto que o volume um parou, acompanhados a dor de Naia e seu amor por Zeq sempre forte, mas a tristeza por lhe ter perdido, assombra a princesa, disposta a encontra-lo no plano espiritual, Naia decide seguir os ensinamentos e tradições do deus Amon, que lhe prometeu devolver o amado. Em meio ao drama da princesa, a guerra no Egito pelo trono contínua ainda mais perigosa. Rui está disposto a tudo para tomar o lugar de Hor e não medirá esforços para colocar seus planos em prática, mesmo que para isso tenha que sucumbir ainda mais para o mal. 

Com o desaparecimento de Zeq, o segredo do Faró acaba vindo a toma, mas seu novo sucessor terá que aprender a lidar com as responsabilidades, estaria ele pronto? Traições, segredos e batalhas, o Egito se encontra em uma situação complicada e seus representantes começam a sentir as influências externas que os levam a escolhas dolorosas.


Minha intenção é falar menos possível da trama, pois muita coisa é revelada neste segundo livro, fiquei surpresas com vários fatos ocultos neste livro, o segredo do Faraó me deixou perplexa, jamais desconfiei e bem, a verdade sobre Zeq também deixará o leitor impressionado, eu não esperava pelo retorno do príncipe, meu coração ficou na mão tamanha foi a emoção que o desenrolar dos fatos foram seguindo, se tem uma palavra que pode classificar Fascínio Egípcio 2 é: Surpreendente. O leitor ficará espantado com inúmeros fatos do enredo, a autora teceu muito bem as conclusões que ligam ambos os livros e sem dúvidas eu não esperava por isso e me surpreendi muito. Como mencionei acima, a trama nesta obra, se comparamos com o primeiro volume, está mais madura, houve um crescimento significante a respeito dos personagens, principalmente sobre Zeq, seu orgulho continua ali, mas vemos o quanto o príncipe mudou, não apenas ele, mas Naia e Armais também estão diferentes, com certeza o leitor sentirá essa mudança, fazendo com que a admiração pelos personagens fique maior ou menor, dependerá de quanto o mesmo lhe for querido. Entre eles, confesso que inúmeras vezes, Armais foi o personagem que mais me decepcionou, mas compreendo o que o levou a tomar algumas atitudes, principalmente em relação a aqueles que o ama. Zeq é o meu favorito, mas dentre os dois livros, gostei mais do modo como o príncipe foi moldado desse segundo livro, ele cresceu bastante, ficando mais humilde, deixando aquele lado egoísta de lado, passando a se importar com o que é realmente vale a pena, o amor de Naia e seus filhos.


Outro ponto a mencionar, ainda sobre os personagens, são os filhos do casal, que agora possuem uma importância maior na trama, gostei de vê-los tendo mais espaço para o leitor se aproximar deles, mas sem dúvidas, o que foi mais diferente e para mim é o ponto crucial no enredo e o que mais gostei, é a respeito da espiritualidade trata na história, não digo apenas a respeito dos deuses egípcios, mas sim, do Deus único, foi interessante ver a obra caminhando sobre esse lado, como reencarnações, espíritos bons e maus e suas influências perante as personagens, mas não pense que é algo que acaba forçando no enredo, longe disso, é tratado com naturalidade e passei a ficar curiosa, querendo mais.

No entanto, por mais que Fascínio Egípcio me tenha agradado bastante, há algumas situações no livro que preciso citar. A história possui um bom ritmo, mas o tempo da trama acaba passando rapidamente em poucos parágrafos, algo que pode acabar incomodando alguns leitores, particularmente eu até gosto, pois me faz ler mais, mas apesar disto, a escrita da Luciane envolve bastante, os ganchos nos capítulos são bons e tratam de deixar o leitor sedento cada vez mais. A revisão merece um pouco de atenção, encontrei palavras trocadas e erradas durante a leitura. Quanto a diagramação, há alguns pontos que eu gostei, como a fonte escolhida, que é confortável, as estátuas egípcias que abrem os capítulos, a capa ainda mais bonita que do livro anterior, mas outros elementos precisam também de um enfoque melhor, por tanto, fica a dica para editora.


Enfim, a duologia Fascínio Egípcio possui uma história muito boa, com personagens carismáticos, além de ação, romance e mistério, por mais que tenha cenas sensuais, não são vulgares e se encaixam bem com a proposta do livro. Recomendo a leitura, quem gosta do tema egípcio, com certeza vai apreciar bastante a leitura e para aqueles que procuram uma leitura diferente e empolgante, aconselho esta duologia.



Regulamento:
- O sorteio encerra no dia 08/05.
- A única regra obrigatória é comentar na resenha do livro Fascínio Egípcio 2, comentou e confirmou sua participação no formulário, você já está concorrendo.
- As demais opções no formulário são chances extras, que dão pontos a mais para quem as cumprir.
- Serão 3 ganhadores, cada um irá levar um kit com 7 marcadores, sendo um deles do livro Fascínio Egípcio (autografado) e seis diversos.
- O envio será feito em até 60 dias úteis.
- O resultado será posto na fanpage e no twitter, os nomes dos ganhadores ficaram no formulário.
- Os ganhadores deverão entrar em contato com o blog com seus dados completos para o envio do prêmio. Nosso e-mail: daimaginacaoaescrita@gmail.com Ou entre em contato pela nossa fanpage ou formulário de contato que está no blog.
- Os ganhadores que não entrarem em contato conosco em até 3 dias, perderão os prêmios e estes serão sorteados novamente.
- As chances extras dão pontos a mais aos ganhadores, mas ninguém é obrigado a cumpri-las, mas se fizer as chances de ganhar o prêmio serão maiores.
- Após o envio a responsabilidade fica a cargo dos correios, por tanto, não nos responsabilizamos por danos, extravios ou similares.
- Ao participar do sorteio, você concorda com o regulamento e não aceitaremos reclamações posteriores.

Sammysam Rosa

Escrito por:

Sammy. Casada e apaixonada por livros. Gosto de literatura policial, suspense e terror. Típica pisciana, sonhadora e curiosa.

5 comentários:

  1. Sammysam, adorei a resenha.
    Não li o primeiro livro, mas estou encantada com a história.
    Amo tudo que envolva mitologia e uma história que se passa no Egito é bem diferente.
    Mega curiosa.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  2. Bom, apesar de ter me interessado por alguns pontos, não vou querer ler o livro. Primeiro, pela revisão estar ruim, segundo, por ter cenas sensuais, que não curto, mesmo que não sejam vulgares. Mas que bom que no geral você curtiu a duologia, que considerou uma boa história e que os personagens são carismáticos e cresceram de um livro para o outro.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  3. Oi Sammy, sua linda, tudo bem?
    Também nunca li nada tendo como cenário o Egito e por isso mesmo fiquei interessada. Que bom saber sobre o amadurecimentos dos personagens e que o livro ainda traz mistério, romance e muita ação. Sendo tão empolgante assim, fica difícil resistir, risos... Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi amiga!!!
    Lembro que quando esse livro foi lançado fiquei tentada a comprar. Tenho um verdadeiro fascínio pelo Egito e suas mitologias, acho interessantíssimo.
    Pela capa eu já esperava ter cenas sensuais, que é algo que não me incomoda nem um pouquinho (sou leitora de livros eróticos, né, como é que vou me abalar? hahaha) e o fato de ter mistérios me deixou mega curiosa. Se um livro tem romance e mistério, já me ganha. hahaha
    Uma pena esses problemas de revisão, que infelizmente tem se tornado frequentes. Mas ao menos não tirou o brilho do livro, né?
    Vou participar do sorteio, amo marcadores! <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Obrigada dona Samantha, antes eu não dava muita coisa pela história mas agora fiquei querendo os livros. Culpa sua!
    A capa é realmente linda e isso é o que mais me chama a atenção, confesso. Eu gosto muito de mitologia egípcia (apesar de conhecer pouco) e acho demais a autora ter usado isso em seu romance.
    É ótimo saber que a história amadureceu, da uma animada boa.
    Beijo

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!