Tag: Lava Jato Literário

12/05/2016


A Ju do LiteRata, me convidou para responder junto com ela, a Tag literária, Lava Jato, uma das mais divertidas que respondi aqui no blog! Esta TAG foi criada pelo Yuri do Canal Livrada.; Só para não esquecer quem indicou a TAG foi o Victor ou a Carol do Our brave new Blog

Dilma – Um livro que é só decepção:

Ju Zanotti: Olhei para minha estante por alguns minutos tentando lembrar de algum livro que me decepcionou amargamente, não achei. Fui na minha estante do Skoob e me dei conta que sou boazinha demais com as notas das minhas leituras. Ai resolvi pensar na questão como um todo, dos livros que me decepcionaram poucos levaram notas ruim porque apesar de tudo eles eram bons, só eu que esperava demais. Então, decidi falar aqui de O que há de Estranho em mimda Gayle Forman, eu aprendi a gostar tanto da autora que assim que comecei a ler este livro levei um choque, não parecia ser a mesma escritora que me cativou. Porém, há uma explicação! O que há de Estranho em Mim foi o primeiro livro da autora e tenho para mim que ela estava aperfeiçoando a técnica de fazer eu me apaixonar por suas histórias. Enfim, o livro não é de todo ruim mas teria sido menos decepcionante se eu tivesse lido as especificações da contra capa.

Sammy: Eu poderia citar vários, como Nas Alturas, Noturno, Elena - A Filha da Princesa, mas como é apenas um e para não pensarem que estou pegando no pé da saga da princesa brasileira, já que sempre coloco esse livro, escolho Firewitch's - O Sétimo Espírito. Li em 2014 e foi uma das maiores decepções da minha vida literária, por mais que o autor tenha potencial, ele praticamente pegou uma história já pronta, no caso Harry Potter e mudou uma coisa ou outra, não é apenas uma simples inspiração, se fosse eu nem me importaria, mas era tudo, mas tudo igual a HP, originalidade é sim algo difícil para se trazer em um livro, mas você pegar a mesma formula de uma livro tão cultuado e criar o seu é um pouco demais, quando li, parecia apenas uma fanfic de Harry Potter, tamanha era a similaridade, e não um livro, tinha até mesmo seres iguais aos Dementadores, e não apenas nos poderes, mas nas descrições... Isto sem mencionar outros pontos idênticos a trama de J.K.

Lula – Um livro que você ganhou de um amigo:


Ju Zanotti: Easy foi o primeiro livro que me veio a mente. Eu sou perdidamente apaixonada por essa história e se tivesse tempo em meio a tantas leituras leria ele uma vez por ano. Ganhei ele da Ananda do quase extinto Caderno de Anotações, e isso me lembra que devo um livro para ela até hoje. Não lembro quando exatamente foi que ela me deu, mas acho que no máximo há uns 3 anos atrás. Easy não é apenas um New Adult como qualquer outro, ele me conquistou porque Tammara Webber foi fenomenal ao tratar de um assunto tão denso. Bom, sou suspeita para falar pois amo!



Sammy: Um Porto Seguro. Ganhei da minha cunhada de Natal, acho que de 2012 ou 2013, não estou recordada, mas ainda não saiu da estante, até estava na minha lista de presentes, mas sabe quando tempo vai passando, você vai vendo que o autor e seus livros não é exatamente o que você espera? É assim que eu sinto com os livros do Nick, tenho duas obras dele, mas não li, depois de tantas resenhas, algumas bem negativas e também pelo fato dele sempre usar o mesmo método nas histórias, acabou fazendo com que minha vontade de ler as obras acabasse. 





Sérgio Moro – Um livro que te prendeu muito rápido:   


Ju Zanotti: Quem acompanha o LiteRata sabe que um dos meus autores preferidos é Ken Follett,mas não dá para se comparar o antes e depois de Mundo Sem Fim, esse livro me fisgou de uma forma que eu não estava preparada e confesso que inicialmente fiquei com receio da leitura pois o livro (dividido em duas partes) é enorme. Porém, nem precisava me preocupar, ele me fisgou desde o primeiro parágrafo e não me largou até que eu chegasse ao fim.






Sammy: Outra pergunta difícil, afinal, quando o livro é de suspense acaba me prendendo muito rápido, mas já que temos que escolher um, vou ficar com O Quarto Dia, que foi a minha leitura mais recente. Adoro os livros da Sarah, Os Três se tornou um dos meus favoritos e claro, em O Quarto Dia não seria diferente, praticamente devorei o livro quando chegou, a autora consegue me prender na sua narrativa, com seus personagens e seu terror psicológicos. 





Panelaço – Um livro que todo mundo gosta mas que você não consegue gostar:     


Ju Zanotti: Poderia citar um autor aqui, mas generalizar não vale (eu acho), mesmo porque li apenas um livro dele, então podem dizer que estou julgando. O fato é que não preciso ler mais nada de John Green depois de A Culpa é das Estrelas, não que eu deteste o livro, mas definitivamente não é essa coca-cola toda. Não consegui me conectar muito com a história, mas para compensar ela traz um dos personagens mais apaixonantes que tive o prazer de "conhecer", sim, estou falando do Augusto, acho que ele seja boa parte do motivo para esse meu desprazer com John Green.




Sammy: Hum, complicada também essa pergunta, mas vou escolher novamente um livro que li faz pouco tempo, Deixe-me Entrar, não é exatamente, que eu não tenha gostado, teve sim alguns pontos que me agradaram ao longo do livro, mas como um todo, Deixe-me Entrar é uma leitura regular, me incomodou muito a personalidade da personagem principal, além de outras situações de todo o enredo. Muitos leitores adoram esse livro, mas infelizmente, comigo não funcionou.





Eduardo Cunha – Um livro sobre criminosos: 

Ju Zanotti: Bom, a série Nobres Vigaristas, não se encaixa muito na definição de Eduardo Cunha, mas com certeza Locke Lamora sabe bem o que faz ao roubar das pessoas, fiquei até com dó de citá-lo aqui. O fato é que não leio muitos livros do estilo. Mas para amenizar minha culpa que tal escolher outro, um que o criminoso foi realmente odioso, mesmo não sendo um papel de destaque em meio a tudo que acontecia com o protagonista? É, acho uma boa ideia, então vou de Amaldiçoado, Joe Hill. Que livros senhores, para uma leitora que despensa suspense e terro Joe Hill conseguiu se tornar um dos meus autores favoritos!




Sammy: Bem, como não é especificado se pode um livro de ficção ou não, vou escolher Eu Vejo Kate, que conta a história de Nathan Bardel, um serial killer cruel e violento, que matou 12 mulheres. Ele foi julgado, condenado e morto, mas a história de Nathan, ainda vive pelas mãos de Kate, uma escritora obcecada por Bardel e que pretende escrever a biografia do assassino, mas Kate passa a ser o alvo de um novo criminoso, que segue o mesmo padrão de Nathan Bardel. Eu Vejo Kate é um romance policial de qualidade, forte até, precisei de um tempo depois desse livro, afinal, é uma história macabra, que tem traços até de horror, recomendo para quem gosta de romance policial, mas tenha um estômago forte, você vai precisar. 



Foro Privilegiado – Um livro acima do bem e do mal por alguma razão: 

Ju Zanotti: SEM OR! Que pergunta mais difícil. Passa vários livros pela minha cabeça nesse momento, por exemplo: Orgulho e Preconceito e Eu te Darei o Sol. Mas, resolvi citar o mais recente que li e que transpassou todas as barreiras do bem o do mal. Este livro é Precisamos Falar sobre o Kevin, apesar de ter alguns problemas com a narrativa no início terminei este livro e até hoje não consigo deixar de pensar em tudo, em todas as conjecturas que fiz sobre o livro. Ele é simplesmente o melhor livro que li na vida, mas tem muitos outros queridinhos.





Sammy: Os Três, por mais que muitos tenham odiado o livro e principalmente seu desfecho, para mim, a obra de Sarah Lotz foi sensacional, adorei o estilo da narrativa, que é por reportagens, entrevistas, e-mails, fóruns, a história em si e seus personagens, me agradaram demais, ainda pretendo reler esse livro, assim como O Quarto Dia, pois ambos tem ligação e digo, adorei a escolha da autora de ter feito um final em aberto, livre para o leitor tirar as suas próprias conclusões. 





João Santana – Um livro ruim apesar de toda a propaganda:


Ju Zanotti: Nesse momento só me vem a cabeça o livro Bruxos e Bruxas do James Patterson. Lembram da estratégia de marketing da Editora Novo Conceito, meu Deus, todo aquele estardalhaço me deixou louca pelo livro e levei o mair tombo quando li. Isso se chama expectativa meus caros. Só não coloquei ele como decepção porque eu definitivamente deveria ter pensado melhor antes de ir pela propaganda.




Sammy: O Demonologista! A propaganda da Darkside, de seus parceiros, foi sensacional, mas o livro é fraco, prometeu um terror que nunca aconteceu, prometeu uma história sensacional, mas não foi convincente, o final, um fiasco, somente não dei a pior nota ao livro, por conta da edição, que está linda, é um livro para decorar a estante, mas de enredo, fraco.






Tríplex dos Marinho – Um livro que não tem a atenção que merece:    

Ju Zanotti: A Extraordinária Viagem do Faquir Que Ficou Preso Em Um Armário Ikea, sim nome imenso né? Antes ele fosse tão notado como o seu título é grande. Pelo menos até onde eu sei poucas pessoas que conheço já ouviram falar, no Skoob há cerca de 285 leitores e 451 pessoas querendo ler, o que para você pode parecer muito mas para mim é mínimo. Este livro é tão cheio de graça, interessante e intrigante que deveria ser inevitável passar por ele sem querer ler.





Sammy: Pines. Acredito que a editora acabou demorando para trazer esse livro para o Brasil, poderia ter aproveitado mais quando a Fox anunciou a série (que aliais é ótima), para dar uma UP na divulgação, Pines é uma obra fantástica, cheia de mistério, suspense e ação, mas que na minha opinião não teve a atenção merecida, tanto que a segunda temporada a série, que com certeza vai falar dos eventos do segundo livro, está chegando neste mês e cadê a continuação? 




Aécio Neves – Um livro escrito sob o efeito de drogas:    

Ju Zanotti: Os Três, Sarah Lotz. Não me mate Sammy, eu não odeio o livro. Na verdade eu fui uma das poucas pessoas que adorou apesar de achar que o final deveria ser muito mais empolgante, mas ao que tudo indica isso é meio que uma característica da autora. Mas sério, ela devia estar bem chapada quando escreveu aquele livro. Ele é cheio de teorias de conspiração, teorias religiosas e temos até ETs pelo meio, então sério, foi uma mistura explosiva, muito bem desenvolvida, mas a autora não devia estar em sã consciência quando teve a ideia!




Sammy: Alice no País das Maravilhas. Foi o único que me veio em mente, ainda não li, confesso, mas tenho curiosidade. 









Delcídio do Amaral – Um livro que abriu caminho para outros livros: 

Ju Zanotti: Harry Potter e a Pedra Filosofal (Nossa, jura!). Apesar de ter lido alguns livros antes desse como por exemplo Jardim Secreto e História sem Fim, foi HP que despertou em mim a vontade de ler. Então valeu Rainha J. K Rowling por me transformar em uma consumista desenfreada por livros, te amo!








Sammy: Olha, não me lembro do meu primeiro livro, mas considero o Para tão Longo Amor como aquele que abriu caminho para outros livros, pois é a leitura mais antiga que eu me recordo. 





Japonês da Federal – Um livro presente em vários momentos:



Ju Zanotti: Afff, já falei Harry Potter? Li o primeiro livro aos doze anos, no ano de lançamento aqui no Brasil, então acompanhei cada lançamento com a expectativa nas alturas, sofri por não aguentar e pegar spoiler na internet (Internet Discada, viu!), quis matar Rowling cada vez que ela dizia que um personagem teria que morrer e quando ela disse que Potter poderia ser um deles eu definitivamente surtei. Enfim, HP está na minha vida até hoje, então não consigo pensar em nenhum outro livro para citar!

Sammy: Harry Potter. Acompanhou toda a minha adolescência, cresci junto com os personagens e isto posso incluir também os filmes.

Jair Bolsonaro – Um livro que se aproveitou do momento:



Ju Zanotti: Um só? Consigo pensar em vários livros e de gêneros bem diversificados, podemos falar dos vampiros e lobisomens e dos livros eróticos, tem também aqueles autores que entraram na onda de um romance não tão HOT assim mas bem quente (New Adult). Mas para citar um vamos de Marcada da série House Of Night, que pegou carona com Crepúsculo e mesmo tendo suas diferenças tem o plot principal: Vampiros.

Sammy: Qualquer um do tema erótico. Não me levem a mal, mas depois de 50 tons, o gênero explodiu, há alguns livros bons, mas outros nem tanto, e muitos péssimos, mas junto como erótico, também voltou com tudo os romances de época... Sinceramente, estou bem saturada de ambos os gêneros, que continuam em grande evidência, cadê os suspenses, as fantasias, as aventuras? 

Condução Coercitiva – Um livro que você foi obrigado a ler:   


Ju Zanotti: Não quero entrar no mérito de livros clássicos que somos obrigados a ler na escola, então optei por falar aqui de O Eterno Barnes, recebi esse livro de parceria na época em que ainda fazia parceria com autores e, definitivamente foi difícil de ler, não consegui me conectar com a história e nem com a escrita do autor, me senti obrigada a terminá-lo por ter me comprometido. Mas acredito que o problema esteja no fato de ser um livro bastante reflexivo, talvez eu só não estivesse pronta para ele.







Sammy: Noturno. Li por conta do Book Tour que participei, ou seja, eu tinha que ler, mas queria não ter lido, um dos piores livros que já tive o desprazer de ler, trama confusa, sem nexo nenhum, quase abandonei, mas persisti, conclusão, livro péssimo.







***

Espero que vocês tenham gostado, a tag é muito legal e vou deixar em aberto para quem quiser responder!  Quais livros vocês citariam na tag? Comentem, sua opinião é muito importante! 

10 comentários:

  1. MEU DEUS EU TO MORRENDO DE RIR COM ESSA TAG SOCORRO!!!
    Já salvei aqui pra fazer.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Oi Sammy.

    Adorei a tag! Alguns livros que vocês citaram, eu li. Mas tenho vontade de ler os livros Um Porto Seguro, Amaldiçoado, Eu Vejo Kate e O Demonologista. Realmente preciso comprar esses livros para minha estante, mesmo sabendo que alguns contêm histórias fracas, eu tenho curiosidade.

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Olá meninas, tudo bem?
    Eu achei a tag bem divertida e concordei com a maior parte das escolhas que vocês fizeram.
    Eu não me decepcionei tanto com O que há de estranho em mim porque foi o meu primeiro contato com a autora, mas acho que por isso tenho adiado um pouco a leitura dos outros livros dela. Que decepção ler um livro que é exatamente a cópia de Harry Poter, sem originalidade nenhuma, já anotei o nome para passar longe da mina lista de leitura. Eu concordei com a Sammy eu evito ler os livros do Nicholas Sparks por achar que ele tem uma formula pronta, com a mesma base em todos e acaba ficando exaustivo. Os livros do Ken Follett são incríveis, ainda não li Mundo sem Fim, mas já está na minha lista de leituras. Os livros da Sarah Lotz também já estão na minha lista de leitura. Os livros na categoria João Santana eu concordo, ambos tiveram uma mega propaganda, prometeram e não atenderam as expectativas. Os livros do Harry Potter são meus queridinhos também e me acompanham desde a minha pré-adolescência.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá, Sammy.
    Adorei essa tag. Impossível não rir com os nomes hehe. Li poucos livros que vocês citaram. Só mesmo os Harry, ACEDE que também não gostei e Eu Vejo Kate. Os livros eróticos são bem Bolsonaros mesmo, só foi um fazer sucesso que surgiu um monte depois. Deixe-me entrar está na minha lista e espero gostar mais do que você.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi, morri de rir de ver essa TAG, esse pessoal é muito criativo mesmo, e tudo hoje vira tema de TAG Literária. Adorei a TAG em si e as respostas e acho que vou fazer no meu blog, já que está em alta. E de todos, eu também não consigo gostar de ACEDE e eu preciso urgentemente ler Harry Potter, pois simplesmente preciso,kkkkk.
    bjus

    ResponderExcluir
  6. Oi Sammy, tudo bem?

    Gostei bastante da TAG, super criativa... hauahusa. Desses livros eu li HP é claro, e mesmo eu não tendo crescido com os livros, só fui acompanhar muito depois, comecei pelos filmes, por causa de um trabalho no curso de inglês e os livros já tinham sido todos lançados... mas também foi uma série que abriu caminho para outro livros, além de ter despertado o meu amor por fanfic.

    Também já li "O Que Há de Estranho em Mim" e ao contrário da Ju eu gostei bastante, já sabia que era o primeiro livro da autora, mas mesmo assim ela conseguiu me envolver completamente... talvez por eu não ter gostado tanto de "Se Eu Ficar" e esse com certeza entraria no "Panelaço". Gosto muito de "A Culpa é das Estrelas", mas não acho tudo isso que muita gente fala, na verdade, eu gosto mais do John Green como pessoa do que como autor.

    Eu assisti a "Amaldiçoado" e nossa, o criminoso foi realmente odioso!! Tenho muita vontade de ler "Eu Vejo Kate", "Os Três", "A Extraordinária Viagem do Faquir Que Ficou Preso Em Um Armário Ikea" (eita nome gigante). Não curto muito os livros do Nicholas Sparks, mas amo os filmes baseado neles, e "Um Porto Seguro" é um dos meus filmes preferidos.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  7. Eu achei a tag muito divertida! Uma das melhores que eu já vi, rsrs. Eu acho tão estranho quando alguém diz que não gostou de A culpa é das estrelas, não que a pessoa não possa ter sua própria opinião, mas é estranho mesmo sabe? Porque eu amei a leitura, rsrs.
    Eu vejo kate está nos meus desejados, gosto muito de livros com serial killers! *-*
    beijos
    http://www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. O que há de estranho em mim foi um livro que amei! rs... Mesmo sendo o primeiro da Gayle, não me decepcionou. Easy é um livro que eu amo também, já Um Porto Seguro, nem tanto... entendo como você se sente quanto ao Nicholas, vou ler mais um livro dele agora, mas os três que já li não conseguiram me conquistar. Bruxos e Bruxas foi outro que gostei, mas odiei O Dom e não li mais nada da série até agora. o Eterno Barnes foi uma leitura bem difícil para mim também.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  9. kkkkkkkkkkkk Gente pelo amor de Deus!!! Essa foi a tag mais criativa que eu vi em todo mundo literário. Muuuuito legal E poxa...eu gostei de O que há de estranho em mim. Acho que vou fazer lá no meu blog. Adorei mesmo!!! Ainda mais nesse tempo que estamos vivendo no país.
    Bjss

    https://livrosemarshmallows.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. HAHAHAHAHA amei essa tag. Amei mesmo, super criativa e coerente. Curti a maioria das dicas, uma ou outra que nunca ouvi falar, mas a maioria se encaixa perfeitamente. Genial!
    Tô querendo ler OS TRÊS dessa lista toda. Obra muito vem falada aqui na blogosfera.

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!