Resenha: A Batalha dos Mortos - Rodrigo de Oliveira

12/08/2016


Edição: 1
Editora: Faro Editorial
ISBN: 9788562409226
Ano: 2014
Páginas: 310
Avaliação:    
Onde Comprar: Amazon
Sinopse: Ano 2018. À passagem de um planeta próximo da órbita da Terra, o que era para ser um dia de festa... Pessoas do mundo inteiro prepararam-se para um espetáculo astronômico mas o evento se transforma num pesadelo. Um dia após à maior aproximação do planeta, um imenso calor sobrevêm e 2/3 de todas as pessoas do mundo transformam-se em zumbis. Em São José dos Campos, um grupo cria um centro de refugiados para milhares de pessoas... eles reuniram condições de sobrevivência com água, alimentos e criaram uma grande fortaleza. Agora dedicam-se a encontrar outros focos de resistência e ajudar peregrinos do grande apocalipse. Eles não sabem, mas essa pode ser a maior comunidade de vivos na face da terra. No entanto, próximo a eles, uma outra resistência - perversa e potente -, também cresce. Um grande Comando do Exército é tomado por criminosos do presidio de segurança máxima de Taubaté. Eles resistiram aos zumbis, escravizaram outros humanos e, fortemente armados, se tornam uma ameaça letal à comunidade vizinha. Uma batalha está para acontecer. Um cerco para salvar vidas. E em meio a isso, inúmeras histórias de pessoas vivendo em situações-limite, muito além da sua imaginação. Livro II da série mais original sobre Zumbis desde The Walking Dead!

Resenha publicada originalmente no blog Leitura Maravilhosa, aonde fui convidada a resenhar A Batalha dos Mortos

Um ano após o incidente que condenou o mundo inteiro e trouxe o caos para a humanidade, Ivan e Estela conduzem com coragem a comunidade de sobreviventes que criaram em São José dos Campos. No entanto, os fantasmas do passado ainda rondam o casal e novos desafios ainda maiores e mais perigosos que uma horda de zumbis, paira face a face com o casal.

Isabel jamais achou que fosse conseguir ajuda, mas depois de passar pelo inferno nas mãos de um louco cruel chamado Emmanuel, ela enfim consegue sua tão sonhada liberdade ao ser resgatada por Ivan e seus companheiros. Mas a luta de Isabel para salvar a todos da fúria assassina de Emmanuel e seu bando está apenas para começar, só que ela não contava que para esse resgate, um preço muito alto teria que ser pago. Jezebel espera ansiosamente pela irmã Isabel, que prometeu ajuda-la a ser resgatada dos zumbis que a cerca, mas para isto é preciso sobreviver um pouco mais. Em um mundo onde a morte espreita a cada segundo, Ivan precisa tomar inúmeras decisões e essas escolhas cobram algo muito caro e que causarão inúmeros sofrimentos. 

Com ação de tirar o fôlego, A Batalha dos Mortos chega ainda mais tenso que seu antecessor. Nesta continuação de O Vale dos Mortos, o autor Rodrigo de Oliveira traz um enredo mais elaborado, detalhado e com mais violência. Se por um lado O Vale dos Mortos foi bom e apresentou elementos legais, sua continuação mostrou-se ainda melhor, com um ritmo mais intenso e carga emocional acentuada.  Sentimos tensão ao ler, algo que faltou no primeiro livro em minha opinião e finalmente respostas para muitas questões deixadas, até mesmo um parecer sobre o fenômeno zumbi ou desalmados como o cientista Oscar os classificou, foi explicado. Além disto, A Batalha dos Mortos revela um vilão ainda mais assustador que os zumbis, um ser tão maligno que com certeza mudará o rumo do enredo e aguardo ansiosa para saber como Rodrigo vai intercala-lo na história. 

A Batalha dos Mortos é um chamariz para todo fã do gênero de ação e zumbis, que traz uma história que cresceu muito e me deixou ainda mais interessada na série! Reunindo ótimas descrições e bons ganchos, Rodrigo de Oliveira traz uma obra de peso para a literatura.
Leia a degustação na Amazon

4 comentários:

  1. Oiii!!

    Eu não conhecia o livro e acredito que não faria muita questão pois não é meu estilo favorito .
    A sua resenha está muito bem escrita e mostrou bem sobre o enredo.
    Gostei!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Oi Sammy!
    Confesso que não curto muito zumbis. Apesar de estar começando a gostar de um filme ou outro sobre o tema, não sei se leria agora esse livro.
    Mas sua resenha está incrível, como sempre.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho horror de zumbis, e saber que esse enredo é mais detalhado e com mais violência me faz querer ler ainda menos... Não gosto nem de pensar na presença de um vilão mais assustador que os zumbis.

    ResponderExcluir
  4. Oi Sammy, li só um livro de zumbi na vida e para ser sincera ele era mais romance do que qualquer outra coisa. Mas tenho ouvido tantos elogios a esses livros e ao autor que fico curiosa com sua obra. Acho que livros desse estilo precisam ter certa tensão para segurar o leitor e pelo visto o autor acertou a mão ao incluir isso neste segundo livro. Pretendo ler, mas não sei quando vou ter oportunidade

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!