Resenha: Belgravia - Julian Fellowes - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: Belgravia - Julian Fellowes

Resenha: Belgravia - Julian Fellowes

05/09/2016

Edição: 1
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788551000076
Ano: 2016
Páginas: 432
Skoob
Avaliação:    
Onde Comprar: Amazon

Sinopse: Ambientada nos anos 1840, quando os altos escalões da sociedade londrina começam a conviver com a classe industrial emergente, e com um riquíssimo rol de personagens, a saga de Belgravia tem início na véspera da Batalha de Waterloo, em junho de 1815, no lendário baile oferecido em Bruxelas pela duquesa de Richmond em homenagem ao duque de Wellington.
Pouco antes de uma da manhã, os convidados são surpreendidos pela notícia de que Napoleão invadiu o país. O duque de Wellington precisa partir imediatamente com suas tropas. Muitos morrerão no campo de batalha ainda vestidos com os uniformes de gala.
No baile estão James e Anne Trenchard, um casal que fez fortuna com o comércio. Sua bela filha, Sophia, encanta os olhos de Edmund Bellasis, o herdeiro de uma das famílias mais proeminentes da Bretanha. Um único acontecimento nessa noite afetará drasticamente a vida de todos os envolvidos. Passados vinte e cinco anos, quando as duas famílias estão instaladas no recente bairro de Belgravia, as consequências daquele terrível episódio ainda são marcantes, e ficarão cada vez mais enredadas na intrincada teia de fofocas e intrigas que fervilham no interior das mansões da Belgrave Square.

Intrigas, traições, vingança, ambição e romance, características que marcam a história de Belgravia, um livro de época que traz um diferencial incrível, sem aquele típico clichê do gênero, a qual sinceramente me faz fugir de obras dessa temática, mas a trama de Julian Fellowes superou minhas expectativas e tive em mãos um livro intenso, envolvente e cativante. Esqueça donzelas a frente do seu tempo, apaixonadas por brutamontes grosseirões, em Belgravia teremos uma trama bem orquestrada, com ganchos ótimos e personagens cativantes, estes possuem papéis fundamentais na história, sendo tão importantes que completam nossa leitura.

Em meio a guerra, a jovem Sophia Trenchard, encontra o amor, Edmund Bellasis era tudo que ela poderia querer em seu futuro marido e não relutou em lhe entregar seu coração. No entanto, no baile duquesa de Richmond, a moça testemunha o fim de seu conto de fadas... Sophia sente-se traída, enganada e agora espera o fruto desse amor, mas como viver com essa nova realidade sem ser humilhada pela sociedade? O futuro de sua família e de seu nome esta em jogo e somente há uma única saída...


Anos mais tarde, os acontecimentos daquele fatídico baile começam a vir a tona e com ele, um escândalo que abalará toda Belgrave Square, mas será que os fatos realmente são verdadeiros, ou existe uma nova possibilidade para um final feliz? Em meio a ganância, a verdade prevalecerá! Nenhum segredo pode ficar para sempre enterrado e as ações de Sophia e Edmund terão consequências irreversíveis!

Apesar do romance ser presente na narrativa, o que realmente se destaca, é o segredo envolvendo Sophia e Edmund, em uma sociedade que presa o bons costumes e a castidade do lar, esse segredo jamais poderia vir a tona e a cada página, Julian vai nos presenteando com possibilidades impressionantes sobre isso, inúmeras vezes fiquei pensando qual seria a conclusão e não me passou pela cabeça alguns fatos envolvendo os personagens, o que torna esse segredo impressionante no final, principalmente por conta de uma revelação bombástica. Belgravia, tem aquela atmosfera gostosa de novela, mas como mencionei, sem aqueles típicos clichês, o modo como o autor descreve seus personagens e ambientes, tornam a leitura ainda mais fluída, você realmente se sente naquela época, torcendo para os personagens e até odiando alguns.


Belgravia nos mostra, que todas nossas ações tem consequências, mesmo que sejam boas, podem desencadear uma série de possibilidades, tanto positivas, quanto negativas, cabe a nós mesmo enfrenta-las e claro, nenhum segredo ficará oculto, um dia a verdade irá dar as caras. No entanto, por mais que a obra tenha sido uma boa leitura, que realmente me agradou e surpreendeu, em alguns momentos a fluidez foi se dissipando e acredito que algumas partes poderiam sim serem enxugadas para que a trama fosse mais dinâmica, mas não se deixe influenciar por este fator, afinal, Belgravia realmente é uma fascinante surpresa e nos momentos finais não consegui parar de ler, a genialidade do autor e de sua história é incrível, ouso dizer que Belgravia foi o melhor romance de época que tive o prazer de ler, a editora Intrínseca apostou em uma obra tão bem delineada, que qualquer leitor irá se encantar por essa história cheia de intrigas e escândalos, e com aquele toque magico de época.


Contando com 11 capítulos e 432 páginas, Belgravia é uma leitura que surpreendendo o leitor pela genialidade que Julian Fellowes conduziu seus personagens e suas histórias, tudo é bem amarrado e sem pontas soltas, é aquele típico livro que te cativa por sua ambientação e desenvolvimento. Para quem busca um livro que foge dos padrões comuns e que foca em sua história, segredos e reviravoltas, Belgravia com certeza será a melhor escolha, a editora Intríseca ainda nos brinda com uma edição impecável, a diagramação interna é simples, porém requintada, a capa combina perfeitamente com a trama e é aveludada, quanto a revisão, não encontrei um único erro e só tenho a dizer que quero mais Julian Fellowes que com sua escrita ótima e personagens bem planejados, ganha o leitor facilmente desde o primeiro capítulo!

Leia a degustação na Amazon

9 comentários:

  1. Ai meu Deus, parece até que estou vendo a minha querida história de Downton Abbey nas páginas de um livro. Pelo visto o autor é mesmo genial. Sei que não é a mesma história e nem a mesma época, mas lembra muito. Eu adoro obras que mesclam história, romance, drama e ficção. Belgravia já está no topo dos desejados!!!

    Bj, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Estou bastante curiosa para ler a obra e sua resenha só fez minha vontade aumentar.
    Fico feliz que a genialidade do autor torne a obra agradável e sem pontas soltas na trama.
    Gosto bastante de livros do gênero e faz um tempo que ando procurando algo que foge dos padrões comuns.
    Mal posso esperar para descobrir qual segredo existe entre as famílias.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei, adorei e adorei essa resenha, aliás a trama do livro. Não sou fã de romance, pelo fato de possuir o clichê, mas com a leitura da sua resenha, posso ver que a trama envolve mais do que isso. Fiquei bem curioso mesmo para saber que segredo é esse, e de como e porque dele ter abalado tanto à vida dos personagens, mas tenho certeza que só vou ter a resposta, quando eu ler ao livro.
    O Pequeno Leitor

    ResponderExcluir
  4. Já havia lido sobre o livro e fiquei gostei muito de vê-lo por aqui também! A quebra de padrões é algo que me conquista. Parabéns pela resenha e pelas fotos!

    BJs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá. Recentemente vi uma pessoa indicando este livro e gostei bastante da história dele. Fiquei interessada por saber o que a personagem fez em relação ao bebê e também que acontece no presente por culpa deles.
    Apesar do grande número de páginas, a leitura parece valer a pena.

    ResponderExcluir
  6. Oi Sammy!
    Estou encantada com a premissa deste livro, desde quando a Editora Intrínseca anunciou o lançamento.
    Gosto muito de romances históricos e saber que o livro é bem construído, sem deixar pontas soltas com segredos e reviravoltas só me deixa ainda mais empolgada para a leitura. Ele já está na minha lista de desejados e espero ter logo a oportunidade de ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Eu recebi o livro da editora, e vai ser a minha próxima leitura. Ainda bem, pois depois da sua resenha eu fiquei muito empolgada, é a primeira que eu leio do livro e já sei que vou gostar bastante da premissa. Gosto de romances de época, mas esse realmente parece ter aquele diferencial que cativa o leitor do início ao fim.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Sammy
    Não conhecia essa obra, mas como você disse que é surpreendente e a escrita da autora é maravilhosa, eu fiquei bastante curiosa. Porque o que vemos normalmente é um romance histórico mais envolvido com romance mesmo, esse pelo jeito tem mais que isso.
    Adorei.
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Oi Sammy, sua linda, tudo bem?
    OMG!!! Eu preciso ler esse livro, é uma das minhas próximas leituras. Eu não gostaria de estar no lugar dela, nossa, se entregar de corpo e alma a quem você confia, ama e de repente descobrir que foi traída!!! E agora? Eu fiquei curiosa sobre o segredo, a princípio, eu pensei que era o fruto do amor deles, mas depois, pela forma como escreveu, desconfio que ela pode ter feito alguma coisa, espero que não. Eu estou luca para ler!!! Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!