Resenha: A Garota Perfeita - Mary Kubica - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: A Garota Perfeita - Mary Kubica

Resenha: A Garota Perfeita - Mary Kubica

26/10/2016

Edição: 1
Editora: Planeta do Brasil
ISBN: 9788542206814
Ano: 2016
Páginas: 336
Skoob
Avaliação: 
Onde Comprar: Amazon

Sinopse: Mia, uma professora de arte de 25 anos, é filha do proeminente juiz James Dennett de Chicago. Quando ela resolve passar a noite com o desconhecido Colin Thatcher, após levar mais um bolo do seu namorado, uma sucessão de fatos transformam completamente sua vida.
Colin, o homem que conhece num bar, a sequestra e a confina numa isolada cabana, em meio a uma gelada fazenda em Minnesota. Mas, curiosamente, não manda nenhum pedido de resgate à familia da garota. O obstinado detetive Gabe Hoffman é convocado para tocar as investigações sobre o paradeiro de Mia. Encontrá-la vira a sua obsessão e ele não mede esforços para isso.
Quando a encontra, porém, a professora esté em choque e não consegue se lembrar de nada, nem como foi parar no seu gélido cativeiro, nem porque foi sequestrada ou mesmo quem foi o mandante. Conseguirá ela recobrar a memória e denunciar o verdadeiro vilão desta história?

Depois de um tempinho parado na estante, finalmente peguei A Garota Perfeita para ler, confesso que eu estava desanimada com o livro, quando foi anunciado, fiquei entusiasmada, a sinopse prometia um ótimo thriller, cheio de reviravoltas, tensão e mistério, e até que certo ponto, a reviravolta existe, mas as demais características que marcam um thriller psicológico, estavam em falta na obra. Assim que li algumas críticas sobre o livro, realmente bateu o desanimo, mas eu tinha que conferir por mim mesma e não que é A Garota Perfeita seja uma obra ruim, longe disso, apenas faltou mais emoção, mais adrenalina e tensão para que a história conseguisse de fato surpreender e envolver o seu leitor totalmente.

A Garota Perfeita, gira em torno de Mia, um jovem professora, filha do juiz mais importante da cidade e que passou por um trauma impactante, no entanto, Mia não se recorda de nenhum momento que passou em uma cabana isolada, afastada de todos e ao lado de seu sequestrador Colin Thatcher, a jovem nem ao mesmo recorda seu nome, para ela, é Chole e sua vida de antes é um completo breu. No entanto, o detetive Gabe Hoffman e Eve, mãe de Mia, estão dispostos a irem a fundo nessa história e descobrir o que de fato aconteceu naquela cabana e motivo do crime, mas será que a verdade libertará Mia de seu tormento? O que Colin fez com ela? Qual era sua motivação para o sequestro?


A obra de Mary Kubica, possui uma linha distinta e pouco usual nos livros, a qual temos passado e presente juntos, a vida de Mia antes e depois do sequestro, mas a protagonista não é a narradora, e nem mesmo temos uma narrativa em terceira pessoa, em A Garota Perfeita os fatos são narrados por Colin, Eve e Gabe, cada um, com uma visão interessante sobre Mia e aos eventos que sucederam ao seu desaparecimento e resgate. Sem dúvidas é um diferencial legal e chamativo, mas como descrevi acima, a trama peca em trazer pouca tensão, poucos momentos de ação e por mais que tenhamos o mistério sobre o motivo de Mia ser sequestrada e o que lhe aconteceu durante esse tempo e a razão por essas mudanças drásticas que a personagem é submetida, acaba ficando um atrativo sem emoção e até, um tanto superficial, afinal, a obra é foca muito em mostrar como Mia era, como seus pais são em relação a ela, além do suposto romance entre certos personagens, o que acaba tornando o thriller psicológico, extremamente brando e quase nulo; Claro que no final, temos uma reviravolta surpreendente, principalmente com a revelação do epílogo, mas durante a leitura toda, não senti que estava lendo um thriller, não havia suspense, ação ou um mistério que me deixasse sedenta por mais, o que acabou fazendo com que o livro não me atingisse totalmente, não fosse exatamente como imaginei que seria, pois gosto desse gênero principalmente por conta da adrenalina que sentimos ao ler, por sua tensão e suspense, algo que ficou em falta em A Garota Perfeita.


Só que não é apenas de ressalvas que esta resenha será composta, tenho citar que gostei muito da escrita da Mary, a autora escreve bem e suas palavras fluem, os capítulos tem bons ganchos e foi interessante esse apanhado entre os personagens, Colin, Eve e Gabe. Sem dúvidas a autora consegue nos fazer gostar de seus personagens e até mesmo sentir empatia pelo “vilão”, que tem um bom motivo para ter feito o que fez, mas a surpresa, fica mesmo a respeito de Mia, que é uma personagem peculiar, que vai deixar o leitor até mesmo revoltado com essa reviravolta que há no desfecho de A Garota Perfeita. Por tanto, apesar dos pontos citados, A Garota Perfeita é uma leitura para se levar em conta e pode sim a vir a agradar os leitores, mas confesso, que eu esperava muito mais.

A respeito do trabalho editorial, a Planeta nos traz uma edição ótima, com diagramação e revisão boa, acredito que a capa faz jus ao livro e gostei muito, as folhas são amareladas e a fonte confortável. Sem mais, A Garota Perfeita é um livro que recomendo a cada um tirar as suas próprias considerações e apesar do livro não ter me agradado cem por cento, gostei de lê-lo, o desfecho foi algo que tomei como muito positivo e que vai surpreender o leitor.

11 comentários:

  1. Oii.. Eu também andei me decepcionando um pouco por esperar demais de alguns livros ultimamente, e te entendo perfeitamente. Geralmente o livro é bom, mas é q colocamos tanta expectativa em cima dele que quando ele não atinge elas acabamos ficando meio decepcionados com a leitura. Por isso é sempre bom ler resenhas verdadeiras como essa, que aí a gente já começa a ler sabendo o que esperar. Particularmente fiquei curiosa com o epílogo, deve acontecer algo realmente marcante para a historia.

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Confesso que estou bem curiosa para conferir essa obra desde o seu lançamento.
    A premissa é muito interessante e me intriga muito o que realmente aconteceu com Mia e quais os motivos do sequestrador para tal.
    Uma pena que você esperava mais e suas expectativas não foram alcançadas, mas é muito bom saber que a escrita da autora flui bem e que seus personagens conseguem nos cativar, até mesmo o vilão.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Fico bastante incomodada quando pego um livro desse gênero que peca em me deixar tensa, porque acho que esse é o principal objetivo da coisa toda. Lembrou a minha experiência com Antes de Dormir... "Salvar" um livro em um final, em um epílogo, para mim não conta. A história parece ser super interessante, mas acho que o ritmo não me agradaria muito :/



    Participe do sorteio de O ERRO no Instagram: @ourbravenewblog
    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Assim como você me empolguei quando o livro foi lançado e desanimei após ver umas críticas não muito positivas sobre a história.
    Adoro thriller psicológicos, mas se faltou emoção e tensão, acredito que acaba nem tendo muita graça, pois isso são algumas das características que fazem livros do gênero serem bons.
    Ainda assim, futuramente pretendo ler para tirar minhas próprias conclusões.
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Sammy.

    Que pena que o livro não atingiu aquele impacto que os livros do gênero Thriller costumam causar. Eu tenho expectativa pela leitura dele pois li uma resenha tão positiva dele que conseguiu aumentar minha curiosidade, além da sinopse. Ainda quero ler pois quero conhecer a história e a reviravolta surpreendente que você comentou.

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Eu odeio não ter minhas expectativas atendidas nas leituras, mas acontece. :(
    Eu adoro o gênero, então fico meio desanimada de saber que provavelmente vou desgostar de algumas coisas também. Então não sei se leria no momento, talvez quando tivesse tempo sobrando.
    Só fiquei curiosa para saber sobre esse desfecho! :O hahaha
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  7. Eu também esperava muito mais desse livro, até a revelação do epílogo eu já tinha descoberto muito antes, então não consegui me sentir satisfeita com a leitura. Realmente a gente espera algo diferente de um thriller, faltou mesmo tensão e emoção.

    ResponderExcluir
  8. Quem leu o livro lá no blog foi um dos colunistas e ele também me falou algumas coisas parecidas com o que você comenta na resenha, que ele esperava bem mais. Com o que ele me disse além do que colocou na resenha e com a sua resenha, eu acho que esse livro não é bem para quem é fã do estilo, talvez seja mais para quem quer começar por não ter essa 'falta de folego' durante a leitura.
    Me parece uma história interessante, e talvez a super divulgação tenha gerado mais expectativas do que a obra supre. Por esse motivo, eu não tenho vontade de ler...
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  9. Oi Sammy, sua linda, tudo bem?
    Eu também li algumas resenhas com opiniões iguais a sua. Que pena. Achei bem diferente termos três narradores e nenhum deles ser ela. O que me intriga é o título. Sabe, depois de ler sua resenha, acredito mais ainda que a resposta está nela. Quando a conhecermos, descobriremos quem fez isso com ela. Gostei muito da sua sinceridade e da resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Sammy, lendo sua resenha agora acredito que talvez eu não desgoste tanto do livro quanto esperava. O que está me travando para pegar esse livro para ler é o receio de ser voltado muito ao Thriller e eu não estou num momento prop´cio para esse tipo de livro. Acho que essa narrativa mais leve é exatamente o que preciso. Acho que esta narrativa diferente vai ser um dos pontos altos do livro, estou curiosa agora.

    ResponderExcluir
  11. Oiii, Sammy. Tudo bem?
    Eu tenho bastante vontade de ler esse livro, mas com sua resenha, fiquei um pouquinho desanimada hahahha. Mas é isso mesmo que você falou. Vou ler e tirar minhas próprias conclusões. O bom é que agora eu não irei com tanta sede ao pote hahahha
    E eu adoro essa capa. Quase comprei na feira do livro, mas resisti. Vou esperar para o final, pois geralmente há promoções hahahah
    Beijooos
    https://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!