Resenha: Um Amor, Um Café & Nova York - Augusto Alvarenga

15/05/2017


Edição: 1
Editora: D'Placido
ISBN: 9788584250370
Ano: 2014
Páginas: 168
Avaliação:  
Sinopse: Camila sempre teve um grande sonho: viver um grande amor, como um desses de cinema. Ela só não imaginava que teria isso e muito mais, logo que conheceu Guilherme. Na véspera do aniversário de 3 anos de namoro do casal, e do aniversário de 19 anos de Camila, Guilherme surge com uma surpresa que mudaria pra sempre o romance e a vida do casal: uma viagem de um mês para Nova York. O que ele não sabia é que esse era mais um dos grandes sonhos de Camila, que vai fazer de tudo para que essa seja a melhor viagem deles. Porém, Nova York possui brilhos demais. Poderia algum deles ofuscar o do casal?

No terceiro tema do desafio 12 meses literários, eu escolhi o romance Um amor, um café e Nova York do autor Augusto Alvarenga. A melhor maneira que posso classificar este livro em uma frase seria: Uma explosão de fofura e doçura! Um amor, um café e Nova York é um livro fofo, extremamente romântico e dramático, acredito que os leitores mais jovens irão apreciar muito está obra e com certeza irão se identificar com a Camila nossa protagonista. 


Os principais fatos que não me levaram justamente a gostar do livro é a melação e o drama em que os personagens vivem, a cada instante era uma torrente de lágrimas ou explosões de declarações de Camila sobre seu namorado, o Guilherme. Tudo sempre muito perfeito, muito lindo e maravilhoso, não que isto seja completamente ruim, não é, mas a impressão que fica é fantasiosa demais, forçada e instantânea, não que os acontecimentos vividos por Camila não possam de fato acontecer, mas parece tudo tão típico daqueles filmes de adolescentes das tardes da TV que mais clichê impossível (como é citado no próprio livro...). 

Não me levem a mal, eu até curto um clichê, desde que ele seja natural, que flui bem com a trama, mas em Um amor, um café e Nova York tudo parece surreal demais, perfeito demais, doce demais que chega a enjoar o leitor, fora o choro em quase metade do livro... O drama e o romance extremos presentes na narrativa foram os pontos que não conseguiram me convencer, não pareceu real, mas sim fantasioso demais. 

Camila está prestes a completar 19 anos e também 3 anos de namoro com Guilherme. Para surpreender a namorada, o jovem resolve realizar o sonho de Camila, levá-la para Nova York, uma viagem romântica para afirmar o amor que sentem um pelo outro. Em meio a tantos passeios e emoções, poderia haver algo que comprometesse o relacionamento do casal? 


A narrativa é em primeira pessoa por Camila que sempre ressalta as qualidades de Guilherme e o quanto o ama, como isto é repetido durante o livro todo acaba não passando uma impressão legal, pelo menos para mim foi deste modo, como se a jovem dependesse do namorado e seu amor possessivo demais, para uma jovem adulta, Camila se comporta exatamente como uma adolescente no auge do seu primeiro namorico... Eu gosto muito de livros Young Adult, mas infelizmente a obra de Augusto Alvarenga não conseguiu me cativar, é bonitinha e pode ser lida rapidamente, tendo pouco mais de 100 páginas Um amor, um café e Nova York é uma leitura legal, mas acredito que eu que não seja o tipo de leitora para este livro. 

Para quem gosta de romances açucarados, com muito drama, creio que Um amor, um café e Nova York será uma boa pedida. Infelizmente para mim o livro não funcionou, os personagens não me conquistaram e mesmo com o final em aberto em relação ao casal e uma decisão drástica envolvendo a protagonista, não acredito que irei continuar a leitura da série. 


Quanto a edição, o livro possuí páginas brancas, uma fonte confortável para leitura, boa margem e espaçamento, a revisão um primor e a capa muito legal, eu particularmente gostei da escolha da editora, o trabalho editorial ficou muito bom. Enfim, para os leitores que gostam de um romance fofíssimo e mega doce, Um amor, um café e Nova York com certeza vai te conquistar, apesar das críticas gostei sim de conhecer a obra do Augusto Alvarenga, uma pena que não tenha sido exatamente como o esperado, mas recomendo que se você tiver interesse tire suas próprias conclusões, quem sabe o livro não te surpreende. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!