Resenha: Correndo para você - Rachel Gibson - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: Correndo para você - Rachel Gibson

Resenha: Correndo para você - Rachel Gibson

26/06/2017


Título: Correndo Para Você | Autor (a): Rachel Gibson | Editora: Jardim de Livros | Páginas: 248 | Skoob.
Onde Comprar: Amazon.

Avaliação: ★★★★

Sinopse: Stella Leon é uma bela mulher. Aos vinte e oito anos ela já viveu muitas aventuras em Miami, onde vive e trabalha como garçonete. Brigas, sensualidade e rock'n roll fazem parte de sua rotina. Mas o que está prestes a acontecer colocará sua vida de pernas pro ar!
Um homem misterioso (e lindo) está à sua procura. Ele traz notícias de um passado que Stella não quer lembrar, e para onde não pretende voltar de jeito nenhum.
Por que ela deveria deixar tudo pra trás e ir com ele para o interior do Texas? Por algum motivo, Stella confia nele. Por alguma razão ela se sente totalmente quente perto dele...

Cortesia em parceria com a editora.

Se tem uma autora que me faz ficar apaixonada por seus romances e clichês deliciosos, está escritora é Rachel Gibson! Desde que li Sem clima para o amor, fiquei maravilhada com sua escrita envolvente, personagens quentes e trama romântica. Correndo para você é novo livro dá Rachel, publicado no Brasil pela Geração Editorial (pelo selo Jardim de Livros) e que faz parte da série que começou com Daisy está na cidade, além de complementar algumas lacunas deixa em Salve-me, apesar de completarem uns aos outros, são histórias únicas e podem ser lidas separadamente, o único que ainda não li foi o Daisy está na cidade, que será meu próximo alvo, afinal Rachel Gibson é uma das minhas autoras prediletas e quero ler tudo que está mulher escreve! 


Correndo para você nos apresenta Stella, que foi brevemente citada em Salve-me, na verdade os protagonista neste último voltam a aparecer em Correndo para você, por tanto se tiver a oportunidade de lê-lo será sensacional. Correndo para você tem todas as características marcantes dos livros da Rachel Gibson, além de alguns clichês típicos, mas a autora consegue nos fazer ama-los demais! Correndo para você é um livro ótimo, não tanto quanto outros dá autora, mas que tem seu brilho e charme único. Stella e Beau protagonizam um romance bem quente, acredito que foi o mais ousado que li da autora e claro muito delicioso! 


Rachel Gibson tem uma escrita tão surpreendente, gostosa e fluída que a leitura passa num instante, ficando muito difícil de dizer adeus aos personagens que tanto acabam cativando o leitor. Stella e Beau de início se estranham, mas acabam percebendo algo muito importante a respeito de si próprios e do que a relação deles significa, e é neste ponto que suspiro ainda mais nos romances de Rachel Gibson. 

Com muito bom humor, sensualidade e romance, Correndo para você  é uma leitura sem igual, envolvente e ao mesmo tempo intensa. Só um ponto que deixou a desejar, sei que a história principal é Stella e Beau, no entanto quando se conhecem ambos precisam fugir de um grupo de mafiosos que estão ao encalço deles, a impressão que tive quando li a sinopse e orelha era que isto seria o grande centro do livro mesmo com o romance, mas acabou que foi só um detalhe para colocar Stella e Beau no mesmo caminhou, ficou por isso mesmo, deixando um pouco de tanto faz como tanto fez, acredito que se os bandidos não tivessem no enredo não faria a menor diferença.


Enfim, gostei muito do livro principalmente a revelação romântica no final, sem dúvidas os leitores que amam chicklit devem apostar em Rachel e em seus livros encantadores! A respeito da edição, não tenho muito o que acrescentar, a diagramação é a mesma que encontramos nos demais livros, simples mas ótima para leitura, assim como a fonte confortável, as folhas são amareladas e a capa, particularmente gostei bastante, recomendo muito os livros da Rachel, principalmente se você quer uma leitura envolvente e apimentada! 
"- Você disse que não me amava.
- Eu sou um idiota. Pensei que o amor acontecesse como tiros ou uma explosão - ele afastou a fumaça com a mão. - Eu estava enganado. O amor acontece com um sorriso de cada vez. Um belo e tortuoso sorriso por vez. A cada vislumbre dos seus olhos. A cada toque da sua mão. A cada som da sua risada - ele se aproximou e segurou as mãos dela. - Eu sou um fuzileiro, e esperava que o amor fosse algo arrebatador e que me deixaria de quatro - ele sorriu e levou os dedos dela aos lábios. - Mas começou pequeno e suave. Doce. Como você."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!