Resenha: Escola de Vilões - Jen Calonha - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: Escola de Vilões - Jen Calonha

Resenha: Escola de Vilões - Jen Calonha

20/09/2017


Título: Escola de Vilões | Autor (a): Jen Calonha | Editora: Única | Páginas: 192 | Skoob.

Onde Comprar: Amazon | Saraiva.

Avaliação: ★★★★

Sinopse: Será que um vilão pode se recuperar? Gilly não se considera exatamente uma garota má... Porém, quando se tem cinco irmãos e irmãs mais novos, é preciso ser criativo para ajudar nas despesas. Ela é uma ladra muito boa, e disso tem certeza e pode se gabar. Até ser pega. Depois de roubar uma presilha, é sentenciada a passar três meses no Reformatório de Contos de Fadas – no qual os professores são aqueles antigos vilões que já conhecemos, como o grande Lobo Mau e a malvada Madrasta da Cinderela. Quando, porém, ela faz amizade com alguns estudantes, como Jax e Kayla, aprende que esse reformatório vai muito além de sua missão heroica. Há uma batalha ganhando forma e Gilly precisa descobrir: os vilões podem realmente mudar? Descubra o Lado B dos contos de fadas.

Mais um livro de releitura de contos de fadas, e claro que fiquei bem curiosa para ler esse, já que estamos falando sobre uma escola de vilões, sim, eu amo os vilões muito mais do que os mocinhos 
Gilly é uma garota que mora com seus pais e mais cinco irmãos mais novos para ajudar a cuidar, seu pai é sapateiro e sua mãe o ajuda como pode, mas desde que a fada madrinha de Cinderela resolver fazer os sapatinhos de cristal, o negócio da família piorou, já que quem fez o primeiro sapatinho de cristal foi o pai de Gilly.

Ela vive roubando dos mais favorecidos para ajudar seus pais em casa e principalmente para dar o que comer aos seus irmão mais novos, já que a situação está cada vez mais difícil, mas em um roubo desses, que ela pegou uma presilha para dar a sua irmã de aniversário, ela foi pegar pela guarda e como sentença foi mandada para Reformatório de Contos de Fadas (RCF), onde quem é a diretora é a malvada madrasta de Cinderela, fora os professores, que são os vilões de cada contos de fadas que conhecemos, como por exemplo o Loba Mau, a Rainha Má, etc.

Gilly chega lá bem contrariada, já que ela não queria ficar no Reformatório, mas ela acaba se enturmando com algumas pessoas de lá, como seu mais novo amigo Jax e a sua colega de quarto Kayla, e eles vão sempre estar junto para tudo, tanto nas aulas como fora delas, e vão acabar descobrindo que algo está acontecendo de errado dentro do Reformatório, e eles claro vão tentar saber o que é.
O livro é muito rápido na leitura, com uma edição gráfica muito boa, e com alguns diferenciais quando o Jornal de Encantadópolis vai para as pessoas lerem, e achei muito legal isso, pois podemos saber um pouco mais dos vilões que estão lecionando no Reformatório.

O livro é bem curtinho, então da para ler em um dia ou dois no máximo, gostei muito da leitura, o que mais me decepcionou foi saber que é mais um livro de série para acompanhar, vejo que quase não se faz mais livros únicos, e isso acaba me desanimando um pouco, mas nada tem a ver com a história do livro, que foi muito boa, leiam e venham aqui me dizer o que vocês acharam desse livro.

Um comentário:

  1. Eu amo esse livro ele te prende na leitura de um jeito tão gostoso
    eu não descansei enquanto não terminei ele
    amei a sua resenha

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!