Resenha: Escuridão Total Sem Estrelas - Stephen King - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: Escuridão Total Sem Estrelas - Stephen King

Resenha: Escuridão Total Sem Estrelas - Stephen King

06/08/2017


Titulo: Escuridão Total Sem Estrelas | Autor(a): Stephen King | Editora: Suma de Letras | Páginas: 392.
Onde Comprar: Amazon |  Saraiva.

Avaliação: ★★★★★ ♥

Sinopse: Na ausência da luz, o mundo assume formas sombrias, distorcidas, tenebrosas. Em Escuridão total sem estrelas os crimes parecem inevitáveis; as punições, insuportáveis; as cumplicidades, misteriosas.
Em 1922, o agricultor Wilfred e o filho, Hank, precisam decidir do que é mais fácil abrir mão: das terras da família ou da esposa e mãe. No conto Gigante do volante, após ser estuprada por um estranho e deixada à beira da morte, Tess, uma autora de livros de mistério, elabora uma vingança que vai deixá-la cara a cara com um lado desconhecido de si mesma. Já em Extensão justa, Dave Streeter tem um câncer terminal e faz um pacto com um estranho vendedor. Mas será que para salvar a própria vida vale a pena destruir a de outra pessoa? E, em Um bom casamento, uma caixa na garagem pode dizer mais a Darcy Anderson sobre seu marido do que os vinte anos que eles passaram juntos.
Os personagens dos quatro contos de Stephen King passam por momentos de escuridão total, quando não existe nada — bom senso, piedade, justiça ou estrelas — para guiá-los. Suas histórias representam o modo como lidamos com o mundo e como o mundo lida conosco. São narrativas fortes e, cada uma a seu modo, profundamente chocantes. 

Quando vi esse lançamento do editora Suma, pensei comigo, tenho que ler, além de ser visualmente lindo o livro, todo preto, com o título em relevo e as bordas das folhas totalmente pretas, nunca tinha lido um livro de contos do mestre King, sim apesar de amar tudo o que ele escreve, (sou daquelas que gostaria de ter até a lista de supermercado do cara), ainda não tinha pego nenhum livro do tipo contos.

Como sempre King se saiu muito bem em todos os contos, que são quatro ao total e que simplesmente te mostra o que pode ser a escuridão total sem estrelas para alguém, em cada conto mostra como uma pessoa, pode ser egoísta, mesquinha, corajosa, e acima de tudo sempre fazer o que acha que é o certo, mesmo que para isso tenha que entrar primeiro nas trevas para depois ter sua luz no final do túnel.

Em 1922, temos um marido que está brigando com sua mulher por 100 acres de terra que ela herdou de seu pai e que ele não quer que ela venda e sim de para ele de bom grado, mas não é isso o que acontece e ele se vê em uma situação, junto de seu filho de 14 anos, que ele pensa em como poderia ter essas terras, sem brigar com sua mulher, mas será que para isso valeria tudo? Assassinato, mesquinharia, egoísmo? Será que alguma dessas coisas valeria mesmo a pena para se conseguir o que quer? É nisso que ele pensa e toma uma atitude trágica e n minha opinião estrema e que não necessitária, mas que para ele era a única maneira de ter o que quer, matar sua esposa seria a solução? Ou seria melhor tentar convencê-la naturalmente mesmo com muitas brigas, para descobrir o que ele realmente fez vai ter que ler o conto 1922.

Em Gigante do Volante uma escritora é violentamente estuprada e espancada, jogada dentro de uma tubulação como se estivesse morta, e o pior junto de mais outros dois corpos já em decomposição, se você estivesse no ligar dela, o que você faria? Depois de ir para casa você chamaria a polícia, mesmo que isso tudo se tornasse público e uma vergonha futura para você ou tentaria por si só saber quem era o seu violentador e fazer justiça com suas próprias mãos, é esse o dilema dela, e sua escuridão.

Confesso a vocês que esse conto foi o que mais mexeu comigo, pois a situação dela pode ser vivida por uma pessoa perto da gente ou até mesmo com a gente, (Deus me livre disso acontecer, ninguém merece passar por isso e tenho minhas conclusões o que se deve fazer com homens que violam uma mulher) e por isso ele é o mais forte, o que me deixou pensativa e se a escritora estaria certa ou não.

Em Extensão Justa, um banqueiro descobre que está com câncer terminal e que não ter mais o que se fazer além de uma quimioterapia apenas para tentar prolongar um pouco sua vida, é então que ele conhece um homem cuja função é vender extensões, do que você possa imaginar, desde altura até férias ou qualquer outra coisa, o bancária quer a extensão da vida, mas para isso ele terá que dizer quem mais ele odeia e trazer algo da pessoa para ele, ele pensa no seu melhor amigo bem de vida graças a sua ajuda, e que sempre teve uma certa inveja, será que vale tudo para se ter mais saúde, mesmo que para isso você tenha que prejudicar outra pessoa inocente? Até onde iriamos para ter o que queremos e principalmente se sabe que não vai passar de mais alguns meses e pode ter mais anos de vida? ´É isso que ele vai descobrir se vale a pena ou não.

Em Um Bom Casamento, temos um casamento duradouro de 27 anos, onde marido e mulher se dão muito bem e tem dois filhos lindos que tem tudo para se dar bem na vida, mas quando seu marido está viajando a negócios ela acaba descobrindo um esconderijo na garagem e descobre um terrível segredo dele, será que ela como sua mulher poderá perdoar tudo o que ele fez por mais perverso e terrível que seja esse segredo que guardou por tanto tempo?

Esse livro de contos mostra como cada escolha que uma pessoa faz, pode te levar para a escuridão total, onde nem o pensamento mais racional vai conseguir fazer com que mude de ideia, com que faça o que é o certo e não que você acha que é o certo, King me surpreendeu com esse livro, e simplesmente amei e com certeza é um dos meu favoritos lidos desse ano, como a mente humana é tão propensa a achar coisas certas, mesmo sendo egoísta com outras pessoas, mas também pode se tomar a decisão mais correta no momento em que se está vivendo.

O último conto foi o que menos gostei, mas isso não desmerece em nada as cinco estrelas desse livro, além da perfeição da editora com capa, e com a revisão, mestre King deu um show, mostrou que é bom mesmo no que mais saber fazer, escrever histórias sinistras para seus leitores poderem se deliciar com elas.

Camila Mazzetto

Escrito por:

Camila Sua verdadeira paixão está nos livros, blogueira de coração, amo livros de suspense e terror, mas devoro o que tiver pela frente.

3 comentários:

  1. Adoro os livros do King! E gosto mais ainda quando ele colocou esses contos maravilhosos juntos em um só livro!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  2. Admito que nunca li nada do autor, mas este livro de contos esta na minha lista de desejados já faz algum tempo, o que me chama a atenção, e a forma como ele consegue descrever estas estória de maneira tão real, fazendo com que infiltremos nesta trama, e acreditemos que estamos vivendo aquela sena. E impossível não sentir empatia por estas pessoas. Estou louca para ter este exemplar em mãos.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nosssa, amo esse autor! Leio tudo que é desse autor, é simplesmente fantástico! E após ler sua resenha, vou correndo comprar! Gostei de sua resenha ☻

    ResponderExcluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!