Resenha: Jogo de Sedução - Nora Roberts - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: Jogo de Sedução - Nora Roberts

Resenha: Jogo de Sedução - Nora Roberts

30/10/2017


Título: Jogo de Sedução | Autor (a): Nora Roberts | Editora: Harlequin Books | Páginas: 228 | Skoob


Onde comprar: Amazon | Americanas

Avaliação: ★★★★

Sinopse: Uma mulher forte, inteligente e audaciosa. Um homem cínico, intenso e cativante. Esta é receita ideal para um romance explosivo e inesquecível. Justin Blade sabia exatamente o que queria quando sentou na mesa de blackjack comandada por Serena MacGregor… e não era vencer o jogo. Dona de olhos hipnotizantes, ela penetrou sua mente como nenhuma outra mulher já havia conseguido. Mas será que esse relacionamento irá resistir quando todas as cartas forem colocadas na mesa?
 Cortesia em parceria com a editora.

Os MacGregors é uma série da Nora Roberts, relançada pela Harlequin nessa nova fase de livros de livraria.
A família que dá nome a coleção, ou melhor falando, o clã, é descendente de escoceses, atualmente composta por Daniel, sua esposa Anna e seus filhos Alan, Caine e Serena. Com um forte senso de união e lealdade, a família é divertida e nos conquista ao longo das páginas, principalmente o anfitrião, que é caricato e engraçadíssimo com sua mania de armar peças para seus filhos arranjarem seus pretendentes. No primeiro livro, Jogo de Sedução, o alvo é Serena e Justin Blade, dono de diversos hotéis-cassino e amigo de Daniel.

Serena trabalha como carteadora em um cruzeiro marítimo e Justin vai para este cruzeiro relaxar. Os dois se encontram numa mesa de blackjack e a atração mútua é instantânea. Numa constante batalha de egos personalidades e controle, os dois viverão uma calorosa paixão e encontrarão um no outro aquilo que nem sabiam que estavam procurando.

A história apesar de clichê e previsível é extremamente envolvente e gostosa de ler. O romance é quente mas não explícito, há cenas de sexo mas nada escandaloso ou que seja desnecessário à trama. Os personagens são interessantes e carismáticos, tanto Justin com seu jeito dominador e solitário, quanto Serena, alegre e centrada.

A autor ainda coloca uma situação problema vinda direta do passado do personagem, o que dá um tom de apreensão e deixa tudo mais interessante ao leitor. O final deixa um gostinho de quero mais e é bom ter o próximo volume em mãos.
A história é bem escrita, apesar de saber que a Nora Roberts é capaz de muito mais. É um livro satisfatório e que serve para relaxar. A edição da Harlequin e simples e encontrei vários errinhos bobos de revisão. A capa é linda e eu sou apaixonada por todas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!