Resenha: A Estrangeira - Chirlei Wandekoken - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: A Estrangeira - Chirlei Wandekoken

Resenha: A Estrangeira - Chirlei Wandekoken

18/11/2017


Título: A Estrangeira | Autor (a): Chirlei Wandekoken | Editora: Pedrazul | Páginas: 340 | Skoob.

Onde comprar: Amazon | Shoptime.

Sinopse: Na primeira metade do século XIX, Eliza se viu sozinha em uma terora tomada por facções rivais. Sem meios, à mercê de abusos, ela aceita se casar sem amor com um aristocrata e capitão do exército da Prússia, Joseph Dahmann. Porém, no dia do casamento, Joseph foi tirado do altar por soldados da facção austríaca, liderada pelo seu próprio irmão, o coronel Heinz Dahmann. Forçada pelo cunhado a viver em um cativeiro, assediada dia e noite, ela foge para a Inglaterra à procura de seus parentes. Mas, quando chega à Inglaterra, nada era como ela esperava. Não havia tia, nem tio e nem primos à sua espera. Somente uma velha cabana vazia na qual ela tiritava de frio. Em Londres, o nono conde de Northumberland, ou conde Hotspur como era conhecido, é chamado de volta a Alnwick Castle, no extremo norte da Inglaterra, pois o escudeiro de seu falecido pai havia morrido, e na cabana do velho rendeiro, uma estrangeira havia chegado.

Cortesia em parceria com a editora.

Primeiro livro da série O Quarteto do Norte, A Estrangeira é um romance histórico que mescla também o gênero de época portanto agradar a em cheio os leitores inclusive se você aprecia uma história repleta de paixão, sensualidade, segredos e intrigas. Este é o meu segundo contato com uma obra da autora Chirlei Wandekoken, eu li primeiramente A Ama Inglesa que apresenta a história de Leonora e em A Estrangeira, ela passa a ser uma personagem importante mesmo que no plano secundário já que a heroína da vez é a doce Eliza. 

Mas porque citar Leonora? Bem a jovem foi uma personagem que eu gostei muito e se você leu A Ama Inglesa vai adorar saber o rumo da história de Leonora e ficar ainda mais apaixonado por essa personagem tão forte destemida! 

Chirlei possui uma escrita madura e envolvente que facilmente leva seu leitor a mergulhar na atmosfera de Londres portanto toda magia dos séculos passados são muito bem retratados em A Estrangeira assim como sua história, esta obra é uma das melhores do gênero que eu já li, muito bem ambientada com personagens fortes e carismáticos, que também conta um romance cheio de paixão. Além da história de Eliza e Edward também conhecemos o casal Mary e Percy duas histórias de amor separadas por anos mas semelhantes e que se ligam com extrema desenvoltura e emoção. 


A estrangeira é um prato cheio para os leitores que buscam não apenas um romance mas também uma história que leva mistérios e conflitos de tirar o fôlego. Os ganchos entre os casais e até os demais volumes do Quarteto do Norte são curiosos e chamativos, terminei A Estrangeira com uma vontade louca de ler Fronteira da Paz e Um  Cocheiro em Paris que prometem ser tramas ainda mais intensas pois ao final da leitura de A Estrangeira temos uma prévia dos demais volumes da série o que deixa qualquer leitor  ansioso. 

Um detalhe interessante e que não posso deixar de fora desta resenha é que a cada abertura de capítulo temos trechos de obras literárias e que marcam ainda mais a leitura, que casam perfeitamente com o capítulo vigente. A edição publicada pela Pedrazul é ótima, gostei muito da qualidade do livro, tudo combinando perfeitamente com esta história tão boa que é A Estrangeira

Sammysam Rosa

Escrito por:

Sammy. Casada e apaixonada por livros. Gosto de literatura policial, suspense e terror. Típica pisciana, sonhadora e curiosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!