Resenha: Por Um Toque de Ouro - Carolina Munhóz - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: Por Um Toque de Ouro - Carolina Munhóz

Resenha: Por Um Toque de Ouro - Carolina Munhóz

23/12/2017


Título: Por Um Toque de Ouro | Autor (a): Carolina Munhóz | Editora: Fantástica Rocco | Páginas: 272 | Skoob.

Onde comprar: Amazon | Livraria da Folha.

Sinopse: Depois do bem-sucedido O Reino das vozes que não se calam – criado em parceria com a atriz Sophia Abrahão e desde o lançamento na lista dos mais vendidos de ficção nacional da Nielsen – a escritora Carolina Munhóz apresenta Por um toque de ouro, que abre a Trindade Leprechaun, sua primeira trilogia, inspirada nas lendas irlandesas. Ambientado na Dublin contemporânea e protagonizado por uma jovem ligada ao mundo fashion que descobre ser herdeira de uma rara linhagem de seres mágicos considerados guardiões de potes de ouro, Por um toque de ouro é um romance de fantasia urbano e contemporâneo.

Resenha publicada originalmente no blog Memento Mori, em que fui convidada para resenhar este livro.

Uma das partes mais difíceis de ser blogueira literária é escrever uma resenha de um livro que não te agradou, é bem difícil vir apontar ressalvas pois a opinião é muito pessoal e reflete demais em si mesmo. Sempre é uma saga escrever uma resenha assim pois fica difícil encontrar as palavras certas e Por um toque de ouro é exatamente este caso, eu gostaria muito de ter gostado do livro e da série como um todo, principalmente pelo fato de gostar muito da Carolina Munhóz que é uma fofa e simpática, mas infelizmente a leitura não foi como eu esperava.

Por um toque de ouro traz uma nova versão para a lenda dos Leprechaun, a construção desta mitologia na série é bem legal e deixa o leitor curioso em busca de respostas, mas alguns aspectos fracos no enredo acabam prejudicando a leitura ao longo deste livro, assim como dos demais da Trindade Leprechaun. A trama possui elementos previsíveis, um romance sem emoção e instantâneo (infelizmente isto segue em Por um toque de sorte e Por um toque de magia), os personagens além de pouco cativantes despertam mais raiva do que simpatia no leitor, principalmente a protagonista. Emily é egoísta, fútil e mimada, uma personagem muito grosseira e sem uma construção adequada, infelizmente os demais personagens levam o mesmo problema ficando difícil gostar, torcer ou até se apegar ao qualquer um deles, além é claro dos diálogos rasos e frases de efeito. Há pouco que tirar de proveito da leitura mesmo que a esta passe rápido já que os capítulos são curtos e a escrita da autora é fluida e bem simples, mas peca no desenvolvimento e aprofundamento, agora outro ponto que acaba incomodando bastante é a repetição das características dos personagens para evitar o uso dos nomes  deles, isto além de ser bastante incomodativo acaba deixando o enredo bastante confuso...

Enfim, Por um toque de ouro é um livro que pode agradar alguns leitores sim e por isso recomendo que você tire suas próprias conclusões, mas se você for leitor mais exigente não vá com tanta sede ao pote pôs o final deste arco-íris pode não ser tão colorido como você espera. Em relação à edição a editora Rocco está de parabéns, a capa é aveludada, a arte bem bonita e tem efeito no título do livro, além de uma boa diagramação, ornamentos nos capítulos, ou seja é um livro muito bonito que remete bem a proposta da história.

Sammysam Rosa

Escrito por:

Sammy. Casada e apaixonada por livros. Gosto de literatura policial, suspense e terror. Típica pisciana, sonhadora e curiosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!