Resenha: O Exorcista - William Peter Blatty - Da imaginação à escrita Da imaginação à escrita: Resenha: O Exorcista - William Peter Blatty

Resenha: O Exorcista - William Peter Blatty

16/04/2018

O Exorcista

Título: O Exorcista | Autor (a): William Peter Blatty | Editora: Nova Fronteira | Páginas: 330 | Skoob.

Onde Comprar: Amazon.

Sinopse: "Um clássico do terror com mais de 13 milhões de cópias vendidas“. Impossível parar de ler. Poe e Mary Shelley reconheceriam [William Peter Blatty] como mais um integrante do limbo ambíguo entre o natural e o sobrenatural... De arrepiar.” – LifeUma obra que mudou a cultura pop para sempre, O exorcista é o livro que deu origem ao maior filme de terror do século XX. Quatro décadas após chocar o mundo inteiro, a obra-prima de William Peter Blatty permanece uma metáfora moderna para o combate entre a fé e o profano em forma de um dos romances mais macabros já escritos."

Eis um livro que eu estava ansiosa para conhecer: O Exorcista. Como adoro o gênero do terror minha curiosidade era grande para ler e consequentemente sentir medo com a obra de William Peter Blatty, no entanto todas as minhas expectativas foram por água a baixo... Não que O Exorcista seja um livro pouco interessante, a história até tem uns atrativos legais, mas não é exatamente uma obra que vai te fazer sentir medo ou tensão, mas horror. Sinceramente, considero O Exorcista um livro do gênero horror do que terror propriamente dito, há um certo ar de suspense ao longo da história mas nada que irá te fazer sentir aquele frio na espinha ou te fazer ficar paranoico olhando para todos os cantos procurando um fantasma ou entidade maligna. 

O Exorcista leva tanto, mas tanto horror que em muitas partes fiquei enojada com a leitura, além de ter notando que a história demora a ter um ritmo legal, a leitura é bem cansativa e não consegui simpatizar com os personagens, apenas sentir repulsa com tudo que era descrito na narrativa. Não me surpreende mais sentir um peixe fora d'água ao ver o quanto esse livro é elogiado e descrito como um terror muito assustador, capaz de te fazer ficar com as luzes acesas... Se você já leu outros livros de suspense e terror, e espera encontrar uma história para te aterrorizar à noite, sinto dizer que O Exorcista não cumpre esse papel, a história não remete medo, não deixa o leitor angustiado ou com os nervos a flor da pele, apenas enojado... 

No entanto, indico O Exorcista para os leitores que querem começar a ler livros de terror, pode soar um pouco contraditório, afinal logo acima afirmo que não o considero uma obra deste gênero, mas para quem nunca leu nada de suspense ou terror, obras como O Exorcista, que de certo modo não levam o gênero tão a fundo é uma boa opção, mas tenha estomago forte para encarar as cenas de horror (e não falo nem da cena clássica da personagem vomitado, há muitas outras um pouco mais tensas). Também temos um pouco de investigação policial na narrativa, por isso o mistério sobre como salvar a personagem principal é até um ponto interessante que me fez ficar um pouco mais envolvido na leitura, mas infelizmente não foi o suficiente para que O Exorcista me ganhasse como leitora, até porque eu esperava um livro de terror, que me desse um medo sem igual ou que me deixasse aflita durante a leitura, ao que infelizmente não aconteceu.

Sammysam Rosa

Escrito por:

Sammy. Casada e apaixonada por livros. Gosto de literatura policial, suspense e terror. Típica pisciana, sonhadora e curiosa.

4 comentários:

  1. Oi Sammy, gostei da tua sinceridade, eu tenho este livro, mas ainda não li. Me sinto assim com os livros do King, o pessoal enaltece tanto que eu, quando leio, não acho nada de tão espetacular. Joe Hill me deu medo com o livro "estrada da noite", me gelou o sangue em algumas cenas.
    Mas ainda assim, quero ler "O exorcista"
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivi!

      Eu amo King, mas concordo medo os livros dele não dão, também senti muito arrepio quando li A Estrada da Noite do Joe, um dos melhores livro que li do gênero e meu favorito do autor! Obrigada pelo elogio!

      Beijos!

      Excluir
  2. Comecei a ler livros de terror através de Stephen King e confesso que, como a moça do comentário acima, não tive medo algum, mas a cada resenha que leio de O Exorcista, fico num empasse: a sinopse me amedronta, contudo, opiniões como a sua me instigam a ler! Não sei como farei =(

    http://livrelendo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andrea!

      Em alguns livros também não costumo ter medo, foram poucos os livros que tive essa experiência e por isso busco tanto mais livros do gênero, pois quero sentir medo ao ler, rs. Bem, eu acredito que você deve ler e tirar a prova, quem sabe o livro não te agrade, mas como mencionei, não levei susto, eu esperava um livro mais forte digamos e como o horror é grande, fico um pouco complicado me agradar. Se ler depois me conta sua opinião!

      Beijos.

      Excluir

Antes de comentar, leia com atenção:

Comentários ofensivos não serão aceitos.

Para que você seja retribuído, comente decentemente sobre a postagem, coloque o link do seu blog/site no final do seu comentário.

Comentários com Seguindo, segue de volta e afins, serão excluídos e não irei retribuir!

Críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.


Obrigada e volte sempre!

Subir